sábado, 2 de fevereiro de 2013

Revista Exame: Imóvel virou bom negócio em 2013

A revista Exame, na edição de 6 de fevereiro de 2013, traz em sua série de reportagens "Onde Investir 2013 - Imóveis", uma extensa matéria sobre como a atividade de se comprar imóveis para alugar se tornou uma opção interessante de investimento em um cenário econômico marcado por baixas taxas de juros - o que se reflete em magros rendimentos das aplicações de renda fica.


O texto, que reproduzimos abaixo, em imagens digitalizadas, faz também uma análise sobre investimentos em fundos imobiliários, e dá dicas para quem quer comprar um imóvel em Miami - seja para investir ou para usar como casa de veraneio. 


Reprodução - Reportagem Revista Exame - Imóveis: Virou bom negócio

Clique nas imagens para vê-las em alta-resolução.





 
Imóveis x Renda Fixa


89 comentários:

  1. Do jeito que as coisas andam estranhas aqui no país, ficar muito difícil prever que um determinado tipo de investimento (seja ele qual for) se torne um bom negócio ou um mico.

    Não entendo muito do mercado imobiliário, mas minha opinião é que a fase de lucros dos investidores do setor deve desacelerar já a partir deste ano. Quem aproveitou "a baixa" ótimo, quem ficou de fora, dificilmente conseguirá retornos comparados ao passado recente.

    Ainda sobre as previsões de analistas financeiros, segue um link de 2011 com recomendações de carteiras de ações para 2012:

    http://g1.globo.com/jornal-da-globo/noticia/2011/12/analistas-falam-como-devera-ser-o-mercado-de-acoes-em-2012.html

    Veja que tentar adivinhar o que vai acontecer no mercado é muito complicado. Teve analista dizendo que a BOVESPA bateria os 77.000 pontos. Não chegou nem perto disso.

    Então, a mesma cautela deve ser utilizada para avaliar outros tipos de investimento "mais seguros" como o caso dos imóveis. Rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura.

    ResponderExcluir
  2. Sim, excelente investimento.

    Para alugar, você retira em bairros bons, 0,3% sobre o valor investido.

    Noooooooooooooossa, muito bom, como diz o ator do site

    http://www.canaldootario.com.br



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito divertido este site, vale a pena.

      Excluir
  3. Comprar pra alugar vale a pena? Eu acho que não. Na reportagem compararam o rendimento do aluguel com os fundos de renda fixa. Só esqueceram-se de comparar com a poupança, que também dá uma taxa de retorno de 6% a.a., além de ser livre de imposto de renda e com maior liquidez que os dois investimentos da reportagem.
    E no caso do Luiz Fernando, o engenheiro da matéria, ele adquiriu sua carteira de imóveis antes de 2007, que foi o período anterior a explosão imobiliária no Brasil. Por isso ele consegue uma taxa de retorno de 1% ao mês, que na verdade é como deveria ser calculado o aluguel de um imóvel, de tal forma que o investimento tenha retorno. Compra imóvel esperando vendê-lo em um futuro próximo por um valor mais alto, obtendo lucro, não é investimento é especulação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e tem mais se você compra para alugar:

      => 10 a 15% de taxa de administração da Imobiliária

      => Imposto de Renda

      => Gastos com reformas quando o inquilino sair: normalmente eles estragam e a imobiliária não está nem aí...bem ao estilo:

      TÔ NEM AÍ, TÔ NEM AÍ, NÃO VEM FALAR DOS SEUS PROBLEMAS QUE EU NÃO VOU OUVIR...

      Enfim, um excelente investimento para quem quer problemas e perder dinheiro.

      Excluir
    2. 10 a 15% de taxa de administração da Imobiliária

      Negocia bem que vc paga 5%.

      Imposto de Renda


      Use uma holding de administração patrimonial - vc vai pagar bem menos imposto.

      Gastos com reformas quando o inquilino sair: normalmente eles estragam e a imobiliária não está nem aí...bem ao estilo:

      TÔ NEM AÍ, TÔ NEM AÍ, NÃO VEM FALAR DOS SEUS PROBLEMAS QUE EU NÃO VOU OUVIR...


      Questão contratual. Faça um contrato bem especificado, com fotos de todos os ambientes, e coloque pintura nova, e exija pintura nova na entrega.

      E: aluguel está subindo na média do IGP-M - o maior índice do mercado.

      Excluir
    3. Kássia, alguns pontos:

      1. nenhuma imobiliária cobra 5% para administrar imóveis.

      2. veja os gastos para você criar uma holding para pagar menos impostos, exceto se você tiver vários imóveis, se tiver poucos não compensa.

      3. quanto ao contrato, infelizmente um bom contrato não resolve. O problema está na falta de respeito, e nos problemas até você entrar com um processo na justiça.

      Veja só o caso dos imóveis na planta. A cobrança de corretagem é ilegal, mas muitas imobiliárias e construtoras cobram.

      Ainda bem que vários compradores estão ficando alertas e entrando na Justiça.

      O comprador de imóveis no Brasil é prejudicado de várias maneiras.

      Excluir
    4. Se vc tiver três imóveis e juntar em uma única imobiliária eles derrubam para 5%. É só procurar q vc vai achar.

      Os custos da holding são uns 500 reais por mês. Se vc tiver uma rendad de uns 5K de aluguel já vale a pena.

      Excluir
    5. Tá fácil comprar 3 imóveis! É só juntar R$1.500.000,00 que você compra. Muito fácil, afinal, um milhão e meio virou troco de pinga no mercado imobiliário.

      Excluir
    6. Um apartamento de 2 quartos está dando uns R$ 2.5000 de aluguel.

      http://www.wimoveis.com.br/imovel/aluguel-apartamento-brasilia-df-2-quartos-ccsw-03-342153

      O preço de cada apartamento para compra hoje é de aproximadamente R$ 720.000

      http://www.wimoveis.com.br/imovel/venda-apartamento-brasilia-df-2-quartos-ccsw-03-711852

      O preço total de dois apartamento será R$ 1.420.000

      Renderá pela poupança antiga, já que esta pessoa já tem dinheiro R$ 7.100 ao mês

      No entanto, se ela resolver alugar:

      R$ 2.500 - 10% (imobiliária) = R$ 2.250

      R$ 2.250 - 15% (imposto de renda) = R$ 1.912

      Como são 2 apartamentos, R$ 1.912 x 2 = R$ 3.825

      Agora compare:

      Rendimento na poupança = R$ 7.100

      Rendimento de aluguel = R$ 3.825

      Com base nos FATOS provei que NÃO compensa comprar para alugar.

      Se alguém discordar, fique à vontade, mas por favor, apresente FATOS.

      Excluir
    7. Discordo!!!

      2250*2 = 4500 que está na faixa de imposto de 27,5%. É ainda menor o rendimento líquido. Desconte o Imposto de Renda adequadamente seu analfabeto matemático-tributário (just kidding), rsss.

      O rendimento da poupança nova é de 0,42%+TR que dá 5964, ainda assim muito bom.

      Excluir
    8. O rapaz do Manrratam coneqtiom garantiu que a Bolsa iria para 200.000 pontos
      e falou de um tal de indice de cimento por capita - Tudo conversa fiada para inflar bolhas.

      Excluir
  4. Comprar imóvel atualmente é um péssimo investimento. Seja porque se compra na alta dos preços, seja por outros problemas, tais como:

    = preços exorbitantes

    = tamanhos minúsculos dos cômodos

    = pagamento de juros altíssimos para financiamentos bancários (mais da metade do valor pago da parcela é para pagamento de juros, e não para abater o saldo devedor)

    = propagandas enganosas: as construtoras fazem unidades decoradas lindas, mas o acabamento efetivamente entregue é de qualidade inferior

    = problemas com atrasos na entrega dos imóveis

    = problemas contratuais: em vários contratos, o comprador tem mais deveres do que a construtora, revelando um desequilíbrio contratual, que somente é resolvido entrando com ação na justiça

    = pagamento de taxas indevidas, como taxas de corretagem, taxas SATI, taxas de interveniência, tudo lesando você comprador.

    = compra de imóvel na planta mais caro que imóveis que já estão prontos

    = pagamento de INCC que reajusta muito o seu saldo devedor, inviabilizando financiamento no futuro

    Maiores esclarecimentos, entre em sites confiáveis, tais como:

    www.reclameaqui.com.br

    www.amspa.com.br

    www.abmh.com.br

    obrasatrasadas.blogspot.com

    E não deixe de consultar o site do Tribunal de Justiça do seu Estado e de outros estados onde a construtora e a imobiliária vendem imóveis.

    www.tjsp.jus.br

    www.tjrj.jus.br

    www.tjmg.jus.br

    www.tjdft.jus.br

    www.tjpe.jus.br

    E não deixe de conversar com amigos que já compraram imóveis e principalmente com pessoas que compraram imóveis da mesma construtora e imobiliária que você pretende comprar.

    Infelizmente, verá que a realidade no Brasil é muito triste.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse sujeito, acho que é um tal de Henrique, pelo jeito quando ele ve uma senteça judicial sobre taxa de corretagem deve ter orgasmos múltiplos...não é possível!!! Ele faz um spam com uma 500 mensagens dessa em cada post..kkkk....bom, cada um com sua fantasia sexual né...mas essa parece bem estranha...kkkk

      Excluir
    2. Ao menos ele está fazendo um serviço em defesa dos compradores de imóveis, que estão sendo alertados sobre a cobrança de taxas abusivas.

      Excluir
    3. Só que ele não deveria fazer spam no blog dos outros.

      Eu sugiro para ele que crie um blog sobre o assunto, e vá postando as sentenças judiciais e as conclusões sobre o assunto.

      Se ele criar um blog (é grátis : www.blogger.com) sobre esse assunto, eu prometo que coloco na área de recomendação aqui do Politica e Economia, aí toda hora que ele colocar um artigo novo vai aparecer na área lateral aí com a nova sentença e a novidae sobre o assunto.

      Agora, ficar fazendo spam com sentença aqui nos comentários não dá.

      Portanto, senhor henrique, crie um blog gratis no blogger e vá enumerando todas as sentenças sobre isso.

      Quando tiver o url do blog poste aqui que eu coloco na área de recomendações aqui do Politica e Economia, ok?

      Excluir
    4. Mas porque você aestá afirmando em seu artigo que as decisões são prejudiciais aos compradores, Kássia?

      Por que você está alterando a verdade dos fatos?

      Você tem algum interesse pessoal nisso, só pode.

      Excluir
  5. Vamos ver se neste espaço "democratico" ela vai apagar de novo....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu apago mesmo pois vc está fazendo spam, já que postou isso no link abaixo:

      http://www.politicaeconomia.com/2013/01/bolha-imobiliaria-no-brasil-e-possivel.html?showComment=1359593347218#c1978641411039162936

      E eu já respondi embaixo. E está lá publicado.

      Então se quiser fazer spam, vai fazer em outro site.

      Excluir
    2. Afinal de contas, quem está falando a verdade, você ou o tal de Henrique?

      Excluir
    3. Eu nem acompanho mais esse assunto. Teve uma decisão do STJ, eu publiquei o artigo e pronto. Quem quer entrar na justiça, gastar dinheiro com advogado, e não receber nunca, pois o STJ já decidiu que está correto o procedimento das construtoras, que entre, e perca seu tempo e dinheiro. Eu uso meu tempo com coisas produtivas. Mas cada um na sua, né? O sujeito parece que tem uma tara por esse assunto, deveria criar um blog e ficar postando esse monte de sentença judicial que ele pelo jeito fica pesquisando o dia inteiro.kkk

      Excluir
    4. Sugiro ao senhor Henrique (ou sei lá quem) que esteja postando sobre sentenças judiciais relativas a taxa de corretagem, que crie um Blog gratuito (www.blogger.com) sobre esse assunto, e, ao invés de ficar fazendo spam, publique no blog.

      Quando tiver o url, me passe o url que irei colocar na área de recomendações.

      Kisses.

      Excluir
    5. Eu entrei com um processo destes e ganhei, e não gastei com advogado. Até 20 salários mínimos não precisa de advogado.

      Eu preciso contratar advogado para reclamar?

      DEPENDE. Para as causas de valor até 20 (vinte) salários mínimos NÃO é necessário. Acima desse valor, é SIM obrigatória a presença do advogado. Se você não possui recursos para pagar, procure a Defensoria Pública ou a Assistência Judiciária das Faculdades de Direito.

      Fonte
      http://www.tjdft.jus.br/cidadaos/juizados-especiais/saiba-sobre/juizados-civeis

      Excluir
    6. A exame continua vendida para as construtoras. Quanto mais artigos deste tipo aparecem, mais me convenço de que existe bolha.

      Negócio bom não precisa fazer propaganda, as pessoas vão atrás e fazem.

      Excluir
    7. Cadê esta decisão do STJ, de que o procedimento das construtoras está correto?

      Informe o número da decisão, data, julgador, ou então cole a ementa.

      Excluir
  6. O simples fato da poupança pagar mais do que o rendimento de aluguel enterra qualquer argumento a favor da compra de imóveis neste momento. Não é o momento para comprar, muito menos para investimento, e pior ainda se for alugar. Infelizmente a imprensa trata o leitor brasileiro como um Homer Jay Simpson.

    ResponderExcluir
  7. O seguinte resultado dá uma idéia do risco de comprar imóvel na alta. Supondo inflação zero e taxa de juros anual J. Se o preço do imóvel for reduzido, multiplicado por um fator (1 – F), imediatamente após o contrato de financiamento (tabela PRICE), a dívida permanecerá maior do que o valor do imóvel durante K anos, de acordo com a seguinte expressão:

    K = LOG(F * (1 + J) ** N + (1 – F)) / LOG(1 + J)

    Note J é a taxa de juros que corrige a dívida. Essa taxa de juros é da ordem de 12% para financiamentos fora do MCMV e da ordem de 6% para os financiamentos do MCMV.

    Para J = 0.12, N = 30 anos:

    K = 12 anos se preço cair 10%, F = 0.10

    K = 15 anos se preço cair 15%, F = 0.15

    K = 17 anos se preço cair 20%, F = 0.20

    UPDATE 29 de maio de 2012

    Para J = 0.06, N = 30 anos:

    K = 7 anos se preço cair 10%, F = 0.10

    K = 10 anos se preço cair 15%, F = 0.15

    K = 17 anos se preço cair 30%, F = 0.30

    UPDATE 5 de junho de 2012

    Para J = 0.06, N = 35 anos:

    K = 9 anos se preço cair 10%, F = 0.10

    K = 12 anos se preço cair 15%, F = 0.15

    K = 19 anos se preço cair 30%, F = 0.30

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Resumindo: não é hora de comprar imóveis.

      Excluir
  8. Os descontos estão da ordem de 20%, PORTANTO a dívida vai ficar MAIOR do que o valor do imóvel pelos próximos 15 anos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ainda bem que eu não cai no conto de corretor

      Excluir
    2. Muito melhor comprar diretamente do proprietário.

      Excluir
  9. Aqui não tem espaço pra argumentação, aqui é puramente matemática

    Aluguel médio = 0.35%
    Após impostos = 0.29%
    Após taxa de corretagem média = 0.28%
    Após custos eventuais de anuncio, imóvel parado, reforma de fachada, gastos extraordinários = 0.22%

    Poupança = 0.45% liquido de impostos

    O QUE VOCE PREFERE? 0.22% COM RISCO DE INADIMPLENCIA DE INQUILINO, RISCO DE GASTOS EXTRAORDINARIOS E SEM LIQUIDEZ ALGUMA OU 0.45% COM RISCO MENOR, SEM GASTOS EXTRAS E LIQUIDEZ IMEDIATA DO PRINCIPAL?

    Sem mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu prefiro comprar um imóvel, porque eu sou muito inteligente.

      Sou ixxxxxxxperto.

      Excluir
  10. Kassia,
    Abra sua mente e análise os fatos sem resiliencia.

    Acho que você é corretora. Comece a poupar, dias difíceis virão para seu ramo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você acha?
      Eu tenho certeza que a Kássia é corretora de imóveis.
      Nenhum investidor perderia tanto tempo para criar um blog de política e economia, mas que na verdade só trata do mercado imobiliário, defende como unhas e dentes uma valorização exponencial dos imóveis, usa palavras humilhantes para quem não compra casa própria, defende a compra de imóveis novos e é contra imóveis usados. Todos elementos de um corretor de imóveis que trabalha com lançamentos. Onde será que a Kássia trabalha? Mgarzon, Lopes Royal, Emplavi, Paulooctavio?

      Excluir
  11. integrantes do bolha: andrei zs: um cara com mania de perseguição , se acha e não é metade do que se acha , um barangueiro de primeira , cachaceiro e mal resolvido profissionalmente , neto da sni , da ditadura , egoista e bem babaca;
    roseina: uma mulher que cresceu em boa familia(em termos de respeito familiar e valores) , mas com auto-estima baixa , casou com o feinho inteligente , e , por vir de familia rica e de construtores(filha de pedreiro) , vendeu dois barracos na favela a preço de banana e não consegue comprr nem um na favela de onde veio; se acha a pascholek , mas é a gisele bundchen da favela;
    marcelo do cafafentinho: um fracassado que , embora seja dentista , não consegue comprar nem um barraco no subúrbio... lamentável...
    anonyus: herdou uma herança do avô banqueiro , mas vive falido e contando miséria; um fracassado comedor de vagaba.. quer ser feliz , torra tudo em las vegas seu amante de gringo!
    Seu madrogas: queria ser poeta e se acha engraçado , mas graças a deus suas piadas sem graça desacreditam o site! continue assim , fazendo poesias e tentando ser engraçado...
    mrj: um cara inteligente; sem mais... o unico realmente bolhudo sensato;
    silas coul , cirilo e coretor: pessoas que tentaram salvar seu patrimonio , mas sabem que a bolha vai ferrar com eles;
    tia kássia , ky , etc...uma mulher que não aplicou seu dinheiro da melçhor maneira , MAS , não tem medo de arriscar , e isso é louvável...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kássia, faça me um favor: pare de criticar as pessoas de outros blogs, isso só demonstra sua imaturidade em conviver com quem pensa diferente de você. Você deveria ser um pouco mais madura e criar artigos melhores, ao invés de criar artigos com único objetivo de falar mal de participantes de outros blogs.

      Há tantas matérias interessante relativas a imóveis, sobretudo de utilidade pública, a respeito de associações de compradores, planilhas de cálculos de reajuste de INCC, como se prevenir de contratos abusivos, cobranças indevidas, como analisar a qualidade do acabamento das construtoras.

      São muitos temas importantes e úteis, mas você perde tempo falando mal de outros blogs.

      Parece vizinha solteira falando mal da vizinha bem casada.

      Excluir
  12. ixi... Esse ai vai levar pedrada!

    Faltou este 'Anonimo' falar de si proprio!! Deve sair cada coisa!

    Kkkassia, olha o que estao falando do Noroeste:

    http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2013/02/03/com-metro-quadrado-mais-caro-que-jardins-novo-bairro-de-brasilia-e-inaugurado-com-lama-e-problemas-de-infraestrutura.htm

    Esta com o em SP: estao vendendo predios com infra-estrutura a concluir no futuro
    (avenida, rodoanel, metro)! É otimo pra quem vende, porque antecipa isso nos preços, mas quem compra vai pagar pelo pioneirismo!

    ResponderExcluir
  13. Hahaha, eu me amarro no Henrique. A revolta dele com a taxa de corretagem paga pelo comprador é tão grande que ele faz questão de lembrar a todo instante, que acabei aprendendo mais sobre o assunto.

    Por conta disso, vou conseguir fazer uma amiga minha reaver uns 20 mil reais. rss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na realidade o que você fez foi fazer sua amiga gastar dinheiro com advogado e perder tempo sem necessidade.

      Excluir
    2. Kássia, os honorários são no máximo 20% sobre o valor.

      Se você pagou R$ 20.000 de corretagem, pagará R$ 4.000 ao advogado, e R$ 16.000 você ganha de volta. Já dá para fazer os armários da cozinha.

      E se o valor da causa for de até 20 salários mínimos, nem advogado precisa.

      E não é perda de tempo não, a cada dia que passa mais juízes estão dando ganho de causa aos consumidores. Basta dar uma olhada nas decisões mais recentes dos Tribunais.

      Mas independente disto, é uma prática que deve ser denunciada no Ministério Público, para entrar com ação civil pública.

      Excluir
    3. Você acha mesmo que vc assina um contrato de compra de 100.000 reais, e depois vai no judiciário e conseque obrigar a empresa a te devolver 16.000 reais? Rs..rs..kkk

      Aprende uma coisa: o advogado vai ganhar os 4k de cara, e vc vai ficar com a esperança de receber os 16k.

      Quando aparecer alguém que recebeu o dinheiro vcs postem aqui. Em tempo: até agora, os advogados que trabalham nessa área já venderam bastante serviços, mas NENHUM consumidor viu a cor do dinheiro. E nem vai ver!

      De qualquer forma, quem quiser tentar a sorte e torrar dinheiro com causas perdidas, fique à vontade.

      Excluir
    4. O advogado não leva de cara R$ 4.000.

      Você paga uma taxa simbólica de uns R$ 200 para entrar com o processo.

      Os ditos R$ 4.000 somente são pagos no momento da condenação, ou seja, ao final do processo.

      E não se trata de sorte, há muitas e muitas decisões a favor dos consumidores. Confira as sentenças e acórdãos nos Tribunais.

      Excluir
  14. Visitante Carioca,
    Boa tarde, eu comprei apartamento recentemente e vi esta discussão toda que ainda não entendi. Que tipo de processo é este?
    Como você chegou no valor de 20 mil reais?
    Aguardo mais informações.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em 99,9% dos casos, quem contrata um corretor de imóveis é quem quer vender um imóvel. O corretor fica a disposição de oferecer e convencer compradores de que seu imóvel é bom e tudo mais e realizar o negócio.

      Quem fica com a responsabilidade de pagar por este serviço da corretagem, ou seja, do convencimento de venda e de preparar e disponibilizar a papelada para venda do imóvel é o VENDEDOR do IMÓVEL.

      No entanto, na maioria dos lançamentos, quando a pessoa vai pagar o "sinal" da compra do imóvel ela tem que emitir de 3 a 4 cheques. Um deles é nominativo ao corretor de imóveis, ou seja, o comprador que acaba pagando a comissão do corretor que é de obrigação do vendedor. Neste caso o vendedor é a construtora ou incorporadora, o corretor apenas presta um serviço para eles. Eles não são funcionários da construtora/incorporadora.

      Essa comissão é de no mínimo 6% do valor do imóvel. Logo, num imóvel de R$300 mil, o corretor recebe R$18 mil do comprador indevidamente ( só é devido pelo comprador caso O COMPRADOR tenha chamado o corretor para encontrar para ele um imóvel "assim e assado", o que não é mto comum no mercado).

      Logo, se você comprou um imóvel na planta, verifique quanto foi pago a título de abatimento do saldo devedor do imóvel e qual foi o valor que vc pagou de cheques. A diferença, provavelmente é que foi "desviado" a título de corretagem ou de taxa SATI (outra cobrança que pode ser legal ou não, mas na maioria das vezes é cobrada irregularmente, ou seja, ilegalmente).

      Caso isso tenha ocorrido, isto é, vc pagou a comissão do corretor, entre educadamente em contato com o corretor e/ou a imobiliária pedindo a devolução (prefira entrar em contato por e-mail. Provavelmente (probabilidade >0.999999999) eles não devolverão. Guarde o e-mail deles como fonte de provas para entrar na justiça e reaver os valores cobrados indevidamente.

      Excluir
    2. Essa comissão é de no mínimo 6% do valor do imóvel. Logo, num imóvel de R$300 mil, o corretor recebe R$18 mil do comprador indevidamente ( só é devido pelo comprador caso O COMPRADOR tenha chamado o corretor para encontrar para ele um imóvel "assim e assado", o que não é mto comum no mercado).

      Negativo. Se estiver especificado que aquele valor é comissão não há nada na lei que obrigue que esta deve ser paga pela empresa vendedora.

      Basta ler os artigos 722 a 729 do Código Civil:

      http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/2002/L10406.htm


      Ou seja, não tem nada na lei que obrigue a taxa de corretagem ser paga pelo vendedor. pode ser paga pelo comprador.

      Portanto, a situação da taxa de corretagem paga pelo comprador não tem nada de ilegal.

      Excluir
    3. http://www.sitedoscorretores.com.br/facilidades/quem_paga_comissao_do_corretor.php

      Excluir
    4. Segundo o advogado dos compradores do imóvel, Marcelo de Andrade Tapai, especialista em direito imobiliário, essas taxas, muitas vezes, estão escondidas no momento da negociação e o comprador só toma ciência depois de fechado o negócio. “A despesa com corretagem que a construtora cobra é ilegal porque, mesmo que existam corretores no local, quem os contratou foi a incorporadora, que por sua vez deve assumir os custos com seus funcionários ou terceirizados.”

      Ainda de acordo com Tapai, a ilegalidade da cobrança da taxa de corretagem parte da ideia de que quem contrata é quem deve pagar pelo serviço. Sendo assim, as despesas próprias como comissão do corretor, comissão do gerente de vendas e os gastos com serviços gerais da empresa não devem ser passadas de “forma dissimulada” aos consumidores.

      Para o advogado Tapai, tanto a cobrança da taxa quanto a maneira que ela é feita é ilegal. “A Ordem dos Advogados do Brasil já se posicionou contra essa prática, porque a interessada em checar as informações sobre os clientes é a empresa (de quem vende), além disso, a escolha do advogado deve ficar a critério dos compradores”, diz. A taxa Sati é cobrada de forma variável de acordo com o valor do imóvel. “A ilegalidade se encontra no momento em que as empresas cobram preços diferentes para o mesmo serviço”, explica Tapai.

      Excluir
    5. ^^ É óbvio que esse advogado vai falar isso, afinal, ele quer vender o serviço dele ao consumidor.

      Qual é a situação? O consumidor ve um apto anunciado por R$ 100.000 reais. Ele decide comprar e paga os R$ 100.000 reais.

      Só que ele paga em um cheque de R$ 94.000 para o dono do imóvel, e outro cheque de R$ 6.000 para o corretor.

      Aí os advogado fala assim: me contrate que eu vou entrar com uma ação para vc receber de volta os R$ 6.000 que pagou para o corretor.

      Ou seja, ele está apelando para o lado "espertinho" do consumidor, que aceitou pagar R$ 100.000 reais em um imóvel, e, depois de fechado o negócio, quer receber R$ 12.000 de volta!?

      O advogado fala que ele vai receber os R$ 12.000 de volta, e para isso, basta contratar (e pagar) os serviços dele.

      Aí o consumidor "espertinho", que pagou R$ 100.000 reais no imóvel, paga mais R$ 5.000 para o advogado, que vende a ele a esperança de receber R$ 12.000 de volta.

      E ele vai ficar sonhando em receber os R$ 12.000 de volta. Até agora ninguém recebeu nada, mas tem muito anúncio na Internet, muita gente vendendo a esperança.

      Excluir
    6. Kássia, senhorita, vc que é a paladina defensora da transparência sabe muito bem que quem paga a comissão do corretor é QUEM CONTRATOU O SERVIÇO DO CORRETOR.

      Se você está num lançamento e quer desovar as vendas, quem é que vai contratar os serviços do corretor: o vendedor ou o comprador?

      Pra que eu contrataria um corretor enquanto comprador?

      "Senhor corretor, eu quero um imóvel na planta que tenha 85 m² de área útil, quero uma planta em losango, com espaço gourmet em decoração rococó, e com uma porta igual a do apartamento do Totó da novela Passione."


      Quantas pessoas contratam corretores para encontrar o imóvel que eles querem? Quase ninguém.

      A corretagem é devida por quem contrata os serviços. E quem contrata o serviço de corretagem num lançamento imobiliário não é o comprador em 99,9% dos casos.

      Excluir
    7. Henriqueeeeeeeeeeeeeeeeeeeee. Cadê você? rssss

      Excluir
    8. Quem paga a comissão do corretor de imóveis?
      -Comissão de Corretor de imóvel?
      -Pagar Comissão de Corretores de imóveis

      O mais importante para quem esta comprando um imóvel é saber o PREÇO DE VENDA, pois a comissão não pode ser acrescida sobre o valor que o imóvel é ofertado.

      A regra citada anteriormente só poderá ser modificada, quando existir um acordo ou autorização expressa permitindo ao corretor de imóveis cobrar do comprador acréscimos ou fixar valores adicionais ao preço da venda do imóvel, pelos serviços prestados na operação de compra e venda.

      Portanto de maneira geral o comprador não precisa se preocupar em pagar mais do que o que figura nos anúncios de jornais, sites, placas, faixas, ou outro veiculo qualquer que anuncie o imóvel, pois o valor da comissão será repassado ao corretor de imóveis pelo vendedor do imóvel ou pelo próprio comprador com autorização do vendedor, sem gerar valores superiores aos anunciados.

      Portanto sempre que um corretor for lhe oferecer um imóvel, isto ocorrerá sem que o comprador precise pagar mais do que o anunciado pelo corretor ou empresa imobiliária ( salvo acordo em contrário).

      O preço publicado nos anúncios servirá para que o vendedor receba o valor da venda do imóvel e repasse um percentual para o corretor ou empresa imobiliária.

      Muitas vezes para que o comprador\vendedor do imóvel possa ter o nome do corretor de imóveis vinculado a operação, ou para que o profissional corretor de imóveis tenha seus direitos assegurados, ou ainda para gerar uma operação menos burocrática, usa-se efetuar um pagamento do valor que o dono do imóvel tem para receber e do valor que o corretor receberá como comissão na mesma operação. Nestes casos o comprador paga o valor total do imóvel adquirido, em dois pagamentos um destinado ao dono do imóvel e outro destinado ao corretor de imóveis por determinação do próprio dono do imóvel. Faz-se isto para que fique evidenciado exatamente quanto o dono recebe pela venda do imóvel e quanto o Corretor recebe pela sua prestação de serviços, sempre garantindo a manutenção do preço anunciado do imóvel para os compradores ou consumidores.

      Veja a seguinte situação:

      - Se o comprador pagar pela compra de um imóvel R$ 100.000,00
      ( Cem Mil Reais ), que tenha sido vendido por um corretor de imóveis ou empresa imobiliária, parte deste pagamento será destinada ao corretor de imóveis nos percentuais ou valores fixados pelo CRECI ou em alguns casos específicos fixados livremente entre as partes, em conformidade com o que estabelecer a lei e o código civil.
      Sendo assim, o pagamento da comissão poderá ser efetuado de duas formas, conforme abaixo:

      Forma 1
      - Na situação descrita acima, caso a comissão cobrada seja de 6%
      ( Seis por cento ) o comprador poderá pagar R$ 100.000,00 diretamente ao proprietário e o vendedor se encarregará de pagar a comissão ao Corretor de imóveis, desta maneira o comprador não pagou nada além do que foi ofertado nos anúncios, ou seja nada a mais do que os R$ 100.000,00 ( cem mil Reais) anunciados.

      Foma 2
      - Também na situação descrita acima, caso a comissão cobrada seja os mesmos 6% ( Seis por cento ) o comprador poderá pagar
      R$ 94.000,00 diretamente ao proprietário e por determinação expressa do dono do imóvel, pagar os R$ 6.000,00, diretamente ao Corretor de imóveis. Nestas condições, o comprador não pagará nada além do que foi ofertado nos anúncios, ou seja, nada a mais do que os R$ 100.000,00 ( cem mil Reais) anunciados pelo Corretor de imóveis. ( obs: observar o que o código civil fala a respeito).

      Consulte os artigos 722 a 727 do código civil para um maior entendimento

      Fonte: http://www.sitedoscorretores.com.br/facilidades/quem_paga_comissao_do_corretor.php

      Excluir
    9. Bom, vc sabe que na vida real o que ocorre é o imóvel custar e ser anunciado por 100 k, e o comprador pagar 106 k, pelo menos aqui no Rio.

      De todo modo, e a taxa SATI, querida?

      Excluir
    10. Bom, se ocorrer isso, ou seja, anuncio por R$ 100.000 e no final obrigarem o comprador pagar R$ 106 mil, aí sim cabe a ação judicial (caso haja prova de que o anúncio era de R$ 100.000).

      Ocorre que não é isso que acontece. O que acontece são imóveis anunciados a R$ 100.000 e negociados a R$ 100.000. Só que o comprador paga R$ 94.000 para o dono do imóvel e R$ 6.000 para o corretor. Nada de errado nisso. O comprador aceitou pagar R$ 100.000 e pagou R$ 100.000.

      Aí chega uma advogado e apela para o espírito "espertinho" do comprador, e vende a esperança de que ele vai receber R$ 12.000 de volta. O comprador "espertinho" paga para o advogado fazer a ação, e o advogado fica feliz com os honorários, e o comprador com a esperança (e só isso, pois até agora nenhum consumidor embolsou R$ 1 real dessas ações, mas tem muito advogado vendendo esperança por aí...ah...isso tem).

      Excluir
    11. Quem paga a corretagem é quem vende o imóvel:

      a) apartamento na planta => quem paga é a construtora

      b) apartamento usado => quem paga é o vendedor

      O grande problema é que algumas construtoras estão repassando indevidamente a obrigação de pagar a corretagem aos compradores, e isto é ilegal.

      Procure o Ministério Público do seu Estado e denuncie!

      Excluir
    12. Kássia, querida, se o imóvel é anunciado por 100 mil o imóvel deveria ter a nota registrada com 100 mil reais.

      Se o cara PAGA por 100 mil e recebe uma nota com valor REGISTRADO de 94 mil, quando da valorização do imóvel ele terá de pagar IR sobre X-94 mil e não sobre X-100 mil, onde X é o valor novo após valorização.

      Você acha que não há nada de errado em o cara pagar 100 mil por um bem que custa 94 mil? Claro que há, para efeitos fiscais principalmente.

      Imagina se vc vai nas Casas Bahia comprar armários para enfeitar seu bolhudinho e é anunciado na televisão que vale 8 mil reais e quando chega lá vc descobre que a nota de venda para você foi emitida por R$7520. Cadê os 480 restantes? Ah, é comissão do vendedor.

      Mas pera lá, quem tem que pagar essa comissão é as Casas Bahia e não o Comprador. Ao fazer isso, as Casas Bahia está dando uma cambalhota fiscal para pagar menos imposto, já que não há entrada nos recebíveis dela. No caso do imóvel é mais danoso, porque o vendedor ESTÁ SONEGANDO impostos se o comprador que paga a corretagem. E o comprador está assumindo o ônus do imposto que deveria ser de quem está vendendo o bem.

      Excluir
    13. Visitante, deixa eu te contar minha história. Um dia eu fui em um stand de vendas, e conversa vai e vem, e comprei um imóvel.

      O anúncio era de R$ 280.000 mais ou menos. Em todos os emails que eu recebi do corretor, vinha sempre o valor R$ 280.000, sempre.

      Nem este corretor, nem nenhum outro corretor me avisou nada de corretagem. E olha que foram meses olhando apartamento.

      E somente na hora de pagar, acho que a entrada foi uns R$ 20.000, me avisam que eu deveria dar 5 cheques.

      E questionei: mas para que mais de um cheque? A entrada não é R$ 20.000.

      O corretor respondeu: sim, mas é para facilitar.

      Estranhei aquilo, achei muito estranho, mas paguei.

      E agora descobri a realidade. Eu estava pagando a corretagem diretamente ao vendedor.

      O que era de responsabilidade da construtora, foi repassado para mim.

      Oras, não contratei nenhum corretor para procurar apartamento. Eu fui atrás do imóvel.

      Grande falta de respeito destas imobiliárias que fazem isto, e das construtoras.

      O alerta está feito.

      Excluir
    14. Eu acho engraçado a Kassia defender os corretores de imóveis com unhas e dentes. Ainda mais pra quem está investindo no mercado imobiliário como ela mesmo diz que está fazendo. Penso que, como investidora do mercado imobiliário, ela deveria se posicionar a favor dela mesma, afinal iria economizar um bom dinheiro em taxas de corretagem.
      Mas o pior de tudo é ter que pagar 6% a alguém que não fex absolutamente nada para o empreendimento. Acha-se normal pagar 6% pra um cidadão que fez um cursinho online mequetrefe de corretor, enquanto os custos de engenharia não chegam a 3% do valor da obra. E convenhamos, um engenheiro, além de ter mais responsabilidades, teve que ralar muito mais estudando.

      Excluir
    15. Primeiro: se a Kássia fosse somente uma investidora, não estaria perdendo tempo fazendo um blog destes. Exceto se ela for uma desocupada na vida.

      Segundo: se ela realmente tivesse comprado somente dois imóveis, estaria quietinha aguardando a valorização. Quando o cara fala pra todo mundo que é pegador, é porque não está pegando ninguém. O mesmo se aplica aos negócios.

      Terceiro: se a Kássia fosse investidora, ela não estaria nunca defendendo a cobrança da taxa de corretagem quando imóvel é vendido na planta. Ao contrário, estaria indignada e já teria entrado na justiça para reaver os valores pagos indevidamente, em dobro.

      Quarto: não faria um artigo defendendo claramente aumento de juros para financiamentos de imóveis antigos e facilitação de imóveis na planta.

      Conclusão: a Kássia é corretora de imóveis e trabalha em uma imobiliária que vende imóveis na planta.

      Bingo!

      Excluir
    16. Kássia Tavares, respondendo ao seu comentário de 03 de fevereiro de 2013, às 19:19:

      Quem tem o "espírito espertinho" são construtoras e corretores de imóveis, que não informam na sua publicidade a cobrança da corretagem. Tal aviso somente é feito quando o comprador fecha o negócio, e não durante a negociação.

      E de acordo com o Código de Defesa do Consumidor, a propaganda deve ser clara, sobretudo em relação ao PREÇO do imóvel, e nos termos do parágrafo 3° do art. 37, é propaganda enganosa, pois se omite a informação de que será cobrada a corretagem.

      Espertinhas estas empresas, né?

      LEI Nº 8.078, DE 11 DE SETEMBRO DE 1990.
      Dispõe sobre a proteção do consumidor e dá outras providências.

      CAPÍTULO V
      Das Práticas Comerciais
      SEÇÃO II
      Da Oferta

      Art. 30. Toda informação ou publicidade, suficientemente precisa, veiculada por qualquer forma ou meio de comunicação com relação a produtos e serviços oferecidos ou apresentados, obriga o fornecedor que a fizer veicular ou dela se utilizar e integra o contrato que vier a ser celebrado.

      Art. 31. A oferta e apresentação de produtos ou serviços devem assegurar informações corretas, claras, precisas, ostensivas e em língua portuguesa sobre suas características, qualidades, quantidade, composição, preço, garantia, prazos de validade e origem, entre outros dados, bem como sobre os riscos que apresentam à saúde e segurança dos consumidores.

      SEÇÃO III
      Da Publicidade

      Art. 37. É proibida toda publicidade enganosa ou abusiva.

      § 1° É enganosa qualquer modalidade de informação ou comunicação de caráter publicitário, inteira ou parcialmente falsa, ou, por qualquer outro modo, mesmo por omissão, capaz de induzir em erro o consumidor a respeito da natureza, características, qualidade, quantidade, propriedades, origem, preço e quaisquer outros dados sobre produtos e serviços.

      § 3° Para os efeitos deste código, a publicidade é enganosa por omissão quando deixar de informar sobre dado essencial do produto ou serviço.

      Excluir
  15. Mais um artigo sobre corretagem?

    http://www.politicaeconomia.com/2013/02/quem-paga-comissao-do-corretor-de.html


    ResponderExcluir
  16. Sou doméstica e vou também investir em imóveis, pois tá barato rpa caramba e vai subir ainda mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  17. Respostas
    1. Aqui na Samambaia tá um absurdo, uns apartamento véi podre por mais de 200 mil. Tão achando que, que isso aqui é bairro de rico? Ainda mais com as boca de fumo que tem aqui perto. Dá 6 hora da tarde, todo mundo em casa.

      Excluir
  18. http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2013/02/03/com-metro-quadrado-mais-caro-que-jardins-novo-bairro-de-brasilia-e-inaugurado-com-lama-e-problemas-de-infraestrutura.htm

    Mais caro que Jardins, novo bairro de Brasília é inaugurado com lama e problemas de infraestrutura

    JBAlmeida 11 horas atrás
    Brasília é a terra da ilusão!! Quase todos (principalmente servidores públicos) tentam mostrar que estão bem financeiramente (vários bens, mansões, carros, etc.), mas na verdade estão afundados em altíssimas dívidas e longos financiamentos! É tudo fantasia lá, não se deixem enganar. Por isso vivem pedindo altos aumentos salariais para o governo!
    Responder0Denunciar

    Copacarioca 14 horas atrás
    Isso é um absurdo!. E vejam que o fato ocorreu na capital do país...
    Responder0Denunciar

    RominhoFerrari 17 horas atrás
    O metro de lavagem de dinheiro mais vantajoso do Brasil!
    Responder0Denunciar

    Alface20 17 horas atrás
    O melhor de tudo é que de 5 moradores, os dois entrevistados são funcionários públicos. Salário baixo, né!?
    Responder0Denunciar

    Bebeto2011 19 horas atrás
    Morar em Brasilia....!!!! Só louco por $$$$
    Responder0Denunciar

    Fernando Santos 19 horas atrás
    Pessoal, fiquem de olho nos contratos de contrutoras. Estamos sendo feitos de palhaços.
    Responder0Denunciar

    Mauzão 19 horas atrás
    Somente mesmo no Brasil para acontecer essas coisas. Gente incompetente e incapaz de realizar um projeto decente, com planejamento sério e de cumprir obrigações. Só conhecem a lei do ganha ganha. Nos Estados Unidos quando o governo cria um novo bairro, toda a infraestrutura é feita antes de se inciar as obras de edificações, além do quê as construtoras tem por obrigação realizar boa parte desta infraestrutura, mantendo os padrões de qualidade, segurança e limpeza do bairro, sob pena de terem de arcar com pesadas multas, além de outras punições. Porém, o que chama atenção é o fato de o Noroeste ser um bairro de classe alta com uma das metragens mais caras do Brasil. Imagina só como deve ser a infraestrutura de um novo bairro de subúrbio pobre.
    Responder3Denunciar

    duarte-macedo 19 horas atrás
    URBANISTA- PAISAGISTAS - SOCIAIS E MUITOS OUTROS SÃO CONTRATADOS - EUA - ANTES DE QQUER AÇÃO. NO BRASIL - SÓ LAVAGEM DE DINHEIRO.
    2Denunciar

    duarte-macedo 19 horas atrás
    é o retrato FIEL do Brasil - LAMA E CARO . DILMA - VC TAMBÉM É LAMA.
    Responder1Denunciar

    Fernando Leal 20 horas atrás
    KKKKKKKKKKKKK não precisa falar nada né... como tem otário nesse mundo...
    Responder1Denunciar

    JBAlmeida 20 horas atrás
    Brasília é o retrato "in loco" do Brasil. Não preciso falar mais nada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Noroeste era uma promessa.

      O Noroeste é uma fria!

      Aviso aos compradores de imóveis no Setor Noroeste: faça o distrato agora ou cale-se por 35 anos.

      Excluir
    2. Com certeza já é uma fria: já é o bairro com metro quadrado médio mais caro de brasilia. Imagine se fosse quente....

      Excluir
    3. Pois é, pagaram R$ 11.000 no metro quadrado para morar no meio da lama. Imagina a madame saindo de casa para comprar pão?

      Desculpa, nem padaria tem.

      E as crianças vão brincar onde?

      Tem os stands de vendas para brincar, mato. Dá para brincar de escoteiro mirim e fazer excursão no mato.

      Mas se o comprador fosse mais inteligente, teria comprado pelos mesmos R$ 11.000 um apartamento na Asa Sul, Asa Norte ou Sudoeste, com tudo pronto.

      Mas vai ter que esperar no mínimo uns 10 anos para o bairro virar algo que preste.

      Esta espera sim, é quente.

      Excluir
    4. Kássia, console as pessoas que compraram apartamentos de você. Eles devem estar muito felizes com esta notícia.

      http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2013/02/03/com-metro-quadrado-mais-caro-que-jardins-novo-bairro-de-brasilia-e-inaugurado-com-lama-e-problemas-de-infraestrutura.htm

      E não esqueça de ver os comentários.

      Excluir
  19. Tia Kassia, você não ia vender seus imóveis em 2013? Não era o pico? Mudou de idéia?

    ResponderExcluir
  20. Este comentário é perfeito:

    Vinícius Monteiro

    Muitos investitolos compraram para especular; o Noroeste entra para historia com o primeiro bairro a estourar a BOLHA. Conhecidos que compraram por 12 k / m2, hoje nao consegue vender por 8 k/m2; o que é um valor ainda muito alto. Agora em 2013 varios apartamentos serão entregues, aumetando ainda mais a oferta. Verdadeiro Mico na Mão; apenas um bananense tipico acredita nos contos dos corretores. Agora é sentar e armagurar as perdas.. cuidado com A Bolha Imobiliaria formada em algumas cidades do Brasil.

    http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2013/02/03/com-metro-quadrado-mais-caro-que-jardins-novo-bairro-de-brasilia-e-inaugurado-com-lama-e-problemas-de-infraestrutura.htm#comentarios

    ResponderExcluir
  21. Exame: Compra de imóvel para revenda é prejuízo certo
    Simulações feitas pelo escritório Turci Advogados mostram, na ponta do lápis, quanto gasta quem compra e revende um mesmo imóvel e o impacto das despesas no lucro.

    O processo de compra e venda de um imóvel residencial conta com mais de dez custos que o encarecem e corroem os lucros do proprietário. Portanto, quem deseja ganhar dinheiro com a compra e venda de imóveis precisa estar atento a essas despesas para avaliar a viabilidade e a real vantagem do negócio. Especialmente se a intenção é comprar o imóvel na planta e revendê-lo na hora da entrega das chaves, o processo é ainda mais custoso.

    A simulação a seguir foi feita por Carlos Eduardo Fujita, sócio do escritório Turci Advogados. Nela são mostrados os custos da compra de um imóvel de 400.000 reais revendido por 500.000 reais na cidade de São Paulo.

    ResponderExcluir
  22. Kássia já está a muitas horas quieta. Aposto com vocês que lá vem um novo "artigo" falando sobre o FIPE-ZAP de Janeiro em 3,2,1....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza ela está tramando algo. Ontem ela ficou caladinha e fez o artigo sobre corretagem, mas estranhamente mudou a data de 03 para 01 de fevereiro.

      Qual será o próximo artigo?

      Moradores do Noroeste estão satisfeitos em viver em clima de Faroeste e estão felizes de viver no meio da natureza e muito mato.

      Excluir
  23. esse anonimo ai cria causo que so vendo!!!!!

    generaliza mais feirante. cara voce tem que aprender que não são todas as imobiliárias e copnstrutoras que praticam isso. nunca vi, em 10 anos de carreira, numa negociação como a sua que descreveu acima, dar 20 mil de sinal e 5 cheques???? hahahahahahaahaha voce infelizmente caiu no conto do vigario e não pesquisou a indole, tradição e forma de negocio da construtora que voce negociou, por isso caiu nessa, e MERECEU!!! nunca vi alguem investir mais de 200 mil e nem ao menos pesquisar sobre quem está investindo!!!!!! o sinal é sempre em cheque - NÃO CHEQUES - ou TED.
    reflita cara!!! voce se deu mal, por que voce errou!!!!
    em todas as atividades, inclusive na sua, existem empresas e pessoas sérias e honestas e as canalhas. infelizmente no seu caso voce escolheu uma canalha para negociar um imovel de 300.000 mil reais.
    seus argumentos são muito válidos, seu problema, que eu acho deva ser também mental, é achar que todo mundo trabalha desta forma que diz.

    ResponderExcluir
  24. ah para constar meu nome é José Cláudio, publiquei o comentário acima e sou Corretor.

    ResponderExcluir
  25. Quanta revolta José Cláudio, você está apelando dizendo que o anônimo tem problema mental. Suas observações são válidas ao dizer que o anônimo errou, afinal de contas ele deveria ter pesquisado o nome da imobiliária no Procon e na Justiça antes de fechar negócio, além de ter contratado um advogado para ver se estava tudo correto.

    Creio que ele não teve intenção de se referir a todas as construtoras, mas construtoras em sentido genérico.

    Assim como ele pode ter generalizado ao dizer "construtoras", você perdeu a razão ao dizer que ele tem problema mental. Com esta singela afirmação você perde a sua argumentação, corretor José Cláudio.

    Por curiosidade, você trabalha em qual imobiliária?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sou autonomo!! trabalho no paraná. tenho sócios em nosso escritório. nosso forte não pe residencial e sim rural. mas temos alguns clientes residenciais e negociamos esporadicamente.

      Excluir
  26. José Cláudio, tenho uma péssima informação a lhe dar. Você falou que em 10 anos você nunca viu negociação de entrada de imóvel com 5 cheques. Pois fique você sabendo que existe isto sim. Confira as reclamações a seguir no site reclameaqui:

    http://www.reclameaqui.com.br/1226510/lopes-imoveis/insatisfcao-total-de-compra/

    http://www.reclameaqui.com.br/4147455/lopes-imoveis/cobranca-errada-falta-de-retorno-falta-de-respeito-com-o-cli/

    http://www.reclameaqui.com.br/2595415/lopes-imoveis/cai-no-tr-u-que-da-sati-lopes/

    Pela leitura das reclamações acima, e tantas outras que estão na internet e nos Tribunais, você verá que há empresas (algumas ou várias ou sei lá quantas) que cobram CHEQUES.

    Cheques sim, e não cheque, e entenda o porque:

    Ao invés da construtora cobrar um cheque, e somente um, como você mesmo diz, de sinal, e depois, internamente, repassar os valores para corretores, coordenadores de vendas, para supervisores e outros, eles cobram estes valores já separados dos compradores.

    Portanto, o erro não está no comprador, mas na prática de algumas empresas (pode ser uma ou várias), mas trata-se de prática que está atingindo vários estados do Brasil, portanto prejudicando muitos compradores.

    ResponderExcluir
  27. Corretores de imóveis realmente são figuraças! O cara entra no meio do bonde e sai falando bobagem e ainda ridiculariza quem está reclamando legitimamente um direito. Corretor de imóveis, saiba de uma coisa, a cobrança que está em questão aqui é ilegal, saiba bem disto.

    Leia isto aqui antes de acusar os outros:

    A cobrança indevida da taxa de corretagem não lesa somente o consumidor, mas o próprio fisco. Diante das irregularidades cometidas por construtoras e das reclamações feitas pelos consumidores, o Ministério Público (MP) do Estado de São Paulo e a Receita Federal estão responsabilizando as construtoras pelo pagamento da taxa de corretagem nas vendas de imóveis. O MP abriu inquéritos para investigar a cobrança pelas corretoras que fazem a intermediação dos negócios imobiliários.

    A taxa, de acordo com o órgão, deve ser paga pelas construtoras, e não pelos consumidores. A Receita Federal, por sua vez, passou a autuar as empresas de construção e engenharia sob o argumento de que deveriam recolher contribuição previdenciária e Imposto de Renda (IR) sobre esses valores. As autuações já somam mais de R$ 10 milhões.

    De acordo com Leandro Pacífico, advogado da Associação Brasileira dos Mutuários da Habitação (ABMH), o caso pode ser encarado até como venda casada. “Mas esse é apenas um dos problemas que aparecem no contrato. Outro exemplo comum é a construtora prever até três datas para a entrega das chaves, O que é proibido. É sempre bom o consumidor consultar um advogado antes”, sugere.

    ResponderExcluir
  28. Ao corretor que comentou lá em cima.

    Cara, se você é honesto e sério, te dou os meus parabéns. É desta forma que todos os da sua profissão, como a minha também, deveriam agir. Mas como você mora no Brasil, você sabe que tem gente desonesta em todas as profissões, e não é porque existe uma reclamação aqui que estão dizendo que todos são desonestos. A pessoa está reclamando de uma situação que aconteceu com ela e ponto final. Não leve para o lado pessoal.

    E tenho que concordar com quem reclamou, e tem toda razão em reclamar, porque as pessoas no Brasil são ignorantes (no sentido do desconhecimento dos seus direitos) e por isso várias empresas, sejam elas do ramo da construção civil, automobilístico, telefonia, televisão a cabo, deitam e rolam.

    Chegou a hora de acabar com essa bagunça, e para isto as pessoas tem o direito de mostrar seu descontentamento, de abrir os olhos de outras que estes problemas existem e alertar para que outras pessoas não caiam em propagandas enganosas.

    Se existe alguém QUE SE DEU MAL, não foi porque MERECEU, mas porque atrás disto existe um profissional ou um empresário DESONESTO.

    Ainda bem que você falou o seu nome, pois eu nunca compraria um imóvel de alguém como você que emite este tipo de comentário.

    ResponderExcluir
  29. lembre-se ignorancia por falta de conhecimento da lei não é passível d eargumento, haja vista que se um criminoso pratioca um determinado crime e alega desconhecimento da lei, tal alegação não é levada em consideração pela justiça. a lei está em sites publicos federais, para que todos leiam.

    o cara se ferrou e merecidamente, por que ao realizar um investimento de 300.000 MIL REAIS, não pesquisou sobre a empresa e outros aspectos jurídicos. na minha construtora os sinais são todos em um ÚNICO CHEQUE, justamente que paga a corretagem somos nós. NUNCAAAA NA MINHA VIDA, EM EMPRESAS SÉRIAS DO RAMO, VI UMA NEGOCIAÇÃO ENVOLVENDO INÚMEROS CHEQUES.

    o metro quadrado no brasil está alto, mas ainda sim não é dos mais altos do mundo, nenhuma cidade do brasil está entre as 100 mais caras. a bolha vai estourar? claro que sim. quando? ninguem pode afirmar.

    o mercado imobiliario no brasil, não corresponde a 7% do PIB.

    que a taxa de corretagem é ilegal isso é. porém fica a dica, de quem estpa no mercado há muito tempo, trabalha com isso há anos, nunca negocie sinal em amis de um cheque, sempre negocie de preferencia em TED bancário. veja todas as cláusulas contratuais e pesquise sobre a índole, seriedade, know-how, tradição da construtora ou imobiliária que negocie.

    o cara generalizou. e isso é absurdo. não permito isso jamais!!! pois como já disse e volto a repetir, nem todas, NEM TODAS AS EMPRESAS TRABALHAM DESTA FORMA QUE VOCÊS ESTÃO ALEGANDO!!!! COMO EM TODAS AS PROFISSÕES, INCLUSIVE NA DE VOCÊS, EXISTEM AS HONESTAS, AS SÉRIAS E AS CANALHAS TRAMBIQUEIRAS. INFELIZMENTE VOCÊ PEGOIU PELA FRENTE UMA TRAMBIQUEIRA, DESONESTA E ISTO LHE CAUSOU PREJUÍZO, QUE EM SE TRATANDO DE 300 MILHA É MUITO GRANDE!

    peço-lhe descupas, em nome de todos os corretores e consultores de negócios imbiliários, pois apesar de tudo isso que dizem, e concordo, EM PARTES, se não fossemos nós, muitas famílias brasileiras, dificilmente realizariam o sonho da casa própria!!!

    fui meio raivoso, eu sei, mas defendo minha profissão, como defenderia meus filhos. a taxa de corretagem, é ilegal e nem todas as construtoras e imobiliárias trabalham desta forma. nunca pedi mais de 1 cheque para um cliente.

    ANONIMO, quando for argumentar sobre fatos ocorridos com vossa pessoas, seja em qualquer aspecto d esua vida, não generalize. assim voce degrine a imagem d epessoas que estão no ramo, trabalhando todos os dias, debaixo de chuva e sol.

    não entrei no bonde andando não. li todos os comentários desde lá de cima.


    JOSE CLÁUDIO - CORRETOR DE IMÓVEIS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não se trata de alegar desconhecimento de lei, Senhor José Cláudio, trata-se de não informar o consumidor na hora da compra a respeito desta cobrança, e esta informação deve ocorrer em todos os momentos, ou seja, desde a primeira propaganda até a formalização do contrato.

      E conforme muitos casos, nas propagandas esta informação (cobrança de corretagem), que é de suma importância, não é repassada ao comprador.

      É da essência da atividade do corretor de imóveis a aproximação entre o proprietário do imóvel que está à venda e o possível comprador.

      Qualquer que seja a forma pela qual o corretor de imóveis habilitou-se a fazer essa aproximação - contratado pela incorporadora ou de forma autônoma -, o seu comportamento está sujeito, agora, às regras estabelecidas no Código de Defesa do Consumidor.

      A mais importante delas diz respeito à obrigação de de prestar informações completas, exatas e claras sobre o imóvel ofertecido à venda, bem como sobre outros fatores que possam influenciar a vontade do interessado na compra.

      Essa regra está contida no art. 6º , III, do CDC, que estabelece, entre os direitos básicos do consumidor, "a informação adequada e clara sobre os diferentes produtos e serviços, com especificação correta de quantidade, características, composição e preço, bem como sobre os riscos que apresentem".

      Leia mais: http://jus.com.br/revista/texto/742/o-codigo-de-defesa-do-consumidor-e-o-corretor-de-imoveis#ixzz2KmiLkkk6

      Excluir
  30. não me importa se voce compraria comigo ou não. um cliente a menos não me faz falta.

    sei de tudo isso, corretagem e bla bla bla....ocorre que generalizar é descabível, além de alegarem isso e com razão estão falando mal de corretores. mas eu sei que mesmo falando mal, voces compram e vão continuar comrpando, pois me digam quem quer morar de aluguel? ou então se mudar do brasil? SEM CHANCE.

    ocorre que devem pesquisar, analisar onde irão investir tanto dinheiro!!!

    em 10 anos de profissão, nunca cobrei mais de um único cheque, prefiro em TED. hoje sou autonomo mas tenho escritorio. nosso forte é rural, mas temos clientes residenciais e negociamos esporadicamente. mas sempre foi assim. conheço construtoras que não cobram taxa de corretagem, e não são poucas!!!

    generalizar é inadimissível. vou defender minha profissão, como defenderia meus filhos, graças a ela que hoje tenho tudo que almejei, trabalho esforço e dedicação e acima de tudo honestidade!!!!!!

    cxlaro que existem pilantras e picaretas, os famosos MANDRAKES, mas em qual profissão não existe?????

    eu sei que a taxa é ilegal, mas alegar desdconhecimento da lei é descabível também.

    antes de generalizar, se informe. o mercado imobiliário é uma crescente. haverá bolha??? claro que sim. mas ainda vai demorar, não temos o m² mais caro do mundo e nem uma única cidade que seja, entre as 100 mais caras.

    graças a nós que muitas pessoas tem condições de realizar o sonho da casa própria e sair do aluguel.

    ResponderExcluir
  31. e levo pro lado, quando falam de minha profissão. ja disse isso!!!!

    acho que generalizar, por um fato ocorrido não pe dos mais elegantes. voce deveria falar mal de quem negociou com voce.

    não todas as empresas que trabalham desta forma, e não todas as imobiliárias e construtoras que cobram corretagem do cliente. antes de investir ou comprar, basta apenas pesquisar.

    o cara começou a falar da corretagem ai o negócio já virou sobre se é bom ou não inbvestir em imóveis no brasil, da bolha e etc...

    se é bom ou não, somente quem investe de verdade pode afirmar, conheço casos de cliente que possuem 35 67 casas aptos. terrenos e sitios/chacaras/pousadas. como clientes que possuem 3 4 imoveis. eles estão satisfeitos com os rendimentos, e não analiso números, analiso caso concreto.

    todo investimento desde que bem feito, gerará lucros, como sempre será arriscado, mas renderá algo. se é grande ou não, quem investe pode afirmar. já vi clientes investirem na bolsa e no segundo mes perderem absolutamente tudo, foi bem arquitetado, com consultor e tudo mais, mas teve azar e faltou visão.

    a argumentação de voces são válidas, e isso me ajuda, pois também quero acabar com os canalhas. corretagem é ilegal. por isso anets de investir ou comprar, verifique a forma d enegociação e pesquise sobre quem voce está investindo ou comprando, assim evitará danos futuros.

    todos os comentários acima foram escritos por mim, José Cláudio.

    abraços!!!!

    ResponderExcluir

Observação: comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões) ou conteúdo ofensivo, racista, homofóbico ou de teor neonazista ou fascista (e outras aberrações do tipo) serão apagados sem prévio aviso.