sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Preços dos imóveis em trajetória de aceleração

A divulgação do indicador de valorização imobiliária FIPE-ZAP relativo ao mês de julho de 2013 mostrou uma variação de 1,1% no preço anunciado dos imóveis - índice acima da inflação. Entretanto, a trajetória de valorização imobiliária tem diferentes nuances nas diversas regiões metropolitanas. Vamos analisá-las, pois elas trazem realidades distintas, a maioria boa.


São Paulo - especuladores felizes



Em São Paulo, por exemplo, o FIPE-ZAP mostrou uma valorização robusta de 1,36%, sendo o mês de julho o quarto consecutivo que traz boas notícias para investidores, especulares, corretores, construtoras e incorporadoras, e, consequentemente, péssimas notícias para aqueles que esperam na bolha há quatro anos.

Rio de Janeiro - investidores em festa, bolhotas deprimidos


Mas se Sampa agradou aos especuladores, o que se poderá dizer do Rio de Janeiro, que valorizou nada menos que 1,5% em julho - mês de férias escolares, diga-se de passagem! A Cidade Maravilhosa também está no seu terceiro mês de aceleração da valorização.


O gráfico a seguir mostra a trajetória dos indicadores de São Paulo, Rio de Janeiro e o Nacional ao longo do tempo, em que fica claro que o mês de julho é um ponto de inflexão no processo de valorização com derivada segunda positiva (os menos versados no Cálculo Diferencial não precisam se sentirem inferiorizados, ok? Eu explico: derivada segunda positiva significa que os preços dos imóveis estão subido mais rapidamente, agora), confira que beleza:

Brasília - quem te viu, quem te vê!

E o mercado do Distrito Federal parece que começa a despertar do marasmo. Felizmente, para quem entendeu o que estava acontecendo há uns três anos e migrou seus investimentos especulativos no mercado imobiliário acabou se dando bem, já que Sampa e Rio deram bem mais lucro nesse período, pois Brasília realmente decepcionou. Crise é a palavra. Mas "crise" é também "oportunidade, e o fato é que hoje Brasília está barata, especialmente alguns bairros como o Noroeste. Vai continuar barato? Acho que não, até mesmo porque já é o quarto mês seguido de aceleração, e há uma clara elevação nos preços em curso em Brasília, o que corrobora o Fipe-ZAP, veja:


Curitiba - casa [alugada] de ferreiro tem espeto de pau. Rá! Rá! Rá!

Estou com inveja dos especuladores curitibanos. Não é em Curitiba que o proprietário de certo site sobre bolha imobiliária mora - de aluguel? Esperando os preços caírem desde 2010, e levando muita gente na conversa desde então? Pois é, né? É precisamente em Curitiba que já temos quatro meses consecutivos de valorização mensal acima de 3%. Repito: quatro meses consecutivos de valorização mensal acima de 3%, sendo que no último mês "decepcionou": 3,7%.

Conclusão

Meu querido leitor, que acredita em bolha imobiliária ou não. Não importa o que você acredita. O que importa é Sua Excelência o Fato. O fato é que dizemos neste site há mais de dois anos: "quem não comprar imóvel agora, vai pagar mais caro no futuro!". Pois bem, quem não comprou imóvel no Brasil sempre pagou mais caro. O corolário nunca foi tão verdadeiro, portanto, não se esqueça: se você não comprar um imóvel hoje, com a mais absoluta das certezas, você pagará mais, tanto em termos reais quanto nominais, no futuro. Mais desenhado que isso, impossível. Rê, Rê!

168 comentários:

  1. Respostas
    1. Porque não está vendendo NADA. E consequência disto é a falta de artigos recentes a respeito do sucesso do mercado imobiliário.

      Atualmente, notícia é devolução de imóveis, estagnação de preços, aumento do número de reclamações contra construtoras, ações judiciais, seja por atraso nas obras, qualidade ruim, cobrança de taxas indevidas.

      Os sites de reclamações, Procons e Tribunais de Justiça estão infestados de ações relacionadas a imobiliárias e construtoras, que demonstram que várias empresas fingem desconhecer o Código de Defesa do Consumidor.

      Excluir
    2. Não poderia haver melhor volta para essa porcaria. Fora a matéria com o famigerado índice FIPE-ZAP, o primeiro comentário não poderia ser de ninguém mais que nosso troll profissional Senso Cri-crítico, que aliás provavelmente deve ser o responsável por este Blog. Bem vindo de volta indivíduo(s) de caráter questionável.

      Excluir
    3. Vou te dizer senso antes de saber sua profissão (algo entre aspone, puxa-saco e adulador digital do PT), eu admito que eu fica revoltado com as suas colocações, cara eu ficava pensando, como alguém pode ser tão pulha.

      Agora, pra mim você é apenas um lambe botas.

      Para quem dá ouvidos as provocações do nosso amigo, deem uma procurada no Google, o esperto aí já é conhecido em vários Blogs, sempre com o mesma atuação, fazendo o trabalho de aspone digital do PT e desrespeitando todo mundo.

      Como você gosta de falar senso, vai pegar umas cocotas, já que você trabalha pouco como funcionário público e ainda ganha pilhas de dinheiro.

      Excluir
    4. Até pesquisando sobre mim você já está? Obrigado pela audiência... rs...

      Excluir
    5. É o tempo livre que a Kássia tem. Sem negócios para fechar, o tempo livre é bom para isto, pesquisar sobre os outros e escrever neste blog.

      Excluir
  2. muitos negocios. estou sem tempo. mercado esta bom, e precos subindo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esses três meses de ausência foram suficientes para carregar as suas baterias. Você voltou com a estupidez total.
      Parabéns!

      Excluir
    2. Repare que a ausência é por trabalho. Ela jamais tira férias, viaja ou se diverte. A vida dela é trabalho, afinal, tá difícil vender 1 imóvel por mês. No caso dela, foram necessários 3 meses pra realizar uma venda.

      Excluir
    3. Voltei depois de muitos negócios e lucros. E os bolhotas continuam na mesma: esperando o milagre acontecer, bravinhos quando lhe dizem os fatos. Ou seja, continuam rendendo muitas risadas...kkk

      Excluir
    4. Lucros onde? As vendas estão em franca decadência, zero. As risadas aqui também são muitas pelo desespero de pessoas como você.

      Excluir
    5. Como é que vai a tal da Zona Noroeste, com aqueles edifícios desertos?

      Excluir
    6. O Setor Noroeste está uma maravilha, os preços já caíram de 12 mil para 8 mil reais e está muita gente com raiva de morar ali. Mato, poeira, escuridão, falta de iluminação pública, uma grande aberração imobiliária. E tinha gente que tentava convencer que em 2014 um apartamento ali sairia por 20 mil o metro quadrado. Quem comprou aguardando valorização de 20% ao ano, como fizeram muitos investidores, se deram muito mal mesmo.

      Excluir
    7. Que bom que você conseguiu realizar muito bons negócios com a ínfima parcela da população brasileira capaz de adquirir um imóvel nestes preços estratosféricos. Fico deveras feliz por você, pois já que estamos num jogo onde dinheiro e vidas são infinitas todos os felizes especuladores mencionados no seu texto vão comprar e vender até ficarem bilionários! Boa sorte com o Fipe-Zap! Continue ensinando como se faz para ele subir e torça para muitos lerem ^^

      Excluir
  3. Não concordo com o texto... Para fazer uma afirmação dessa "se você não comprar um imóvel hoje, com a mais absoluta das certezas, você pagará mais, tanto em termos reais quanto nominais, no futuro" deve-se no mínimo, colocar os argumentos que a fazem acreditar nisso... O texto é vazio e se embasa apenas em um índice que não reflete nem de longe a realidade dos mercados e muito menos da economia... Diante do cenário atual e do que prevê para um futuro próximo, é bem maior a probabilidade de termos queda de preços em vários mercados e não só o imobiliário... Seu texto não traduz a realidade, não argumenta a favor do que prega e tem muito mais um caráter bélico contra aqueles que acreditam em bolha...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na realidade não é um caráter bélico, é de ridicularização mesmo.

      Excluir
    2. minha querida de onde vc tirou estes dados? acompanho o mercado imobiliario e os precos ja cairam uns 30% de 3 anos para ca. nao vi valorizacao alguma como a senhora afirma.

      Excluir
    3. Pensei que depois deste período reflexão voltaria pelo menos com idéias novas, mas é a mesma ladainha de sempre, o índice FIPE-ZAP.

      Não muda, é sempre a mesma coisa, mas mesmo assim é sempre divertido. Apesar do conteúdo fantasioso, os comentários são impagáveis.

      Excluir
  4. Puxa, estava com saudades do blog! Estamos sem bons humoristas no Brasil! Você com certeza é uma raridade!

    Obrigado por voltar!

    ResponderExcluir
  5. Parafraseando MEGADETH:

    Peace sells... but who is buying?

    Imóveis caríssimos sendo vendidos... mas quem está comprando? Ou melhor quem está REALMENTE PAGANDO?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem está pagando? Ora, o financiamento bancário de 8,5% ao ano com TR 0%, com dinheiro que vem das cadernetas das velhinhas. Se você tem dinheiro na poupança, está financiando a compra dos outros.

      Excluir
    2. HAHA... parece a Regina Casé falando naquele comercial do cartão da Caixa. A Senhora só esqueceu de dizer em quantos anos o espertão aí vai ficar com esse ótimo financiamento! Ainda bem que estamos em um país em pleno desenvolvimento, com crescimento de 10% ao ano!

      Excluir
    3. O financiamento imobiliário é corrigido pela TR que está 0%.

      Só 6 primeiros meses de 2015 os imóveis já subiram em média 6%.

      Imóveis prontos subiram mais, e, em regiões nobres, mais ainda.

      Quem tem financiamento imobiliário, está pagando 8,5% ao ano e mais nada em um bem que está se valorizando ao ritmo de 10 ou 12%.

      Não tem melhor negócio, hoje, que pegar um financiamento imobiliário para imóveis abaixo de 500 mil.

      O segundo melhor negócio hoje é pegar financiamento imobiliário para imóveis acima de 500 mil.

      Repito, para ser bem clara:

      Não tem melhor negócio, hoje, que pegar um financiamento imobiliário para imóveis abaixo de 500 mil.

      O segundo melhor negócio hoje é pegar financiamento imobiliário para imóveis acima de 500 mil.


      Excluir
    4. 2015?
      Tá prevendo o futuro?
      Além disso desinformada. A TR já saiu de zero e está começando a escalada.

      Excluir
    5. Quanto desespero, tentar empurrar financiamento caríssimo para as pessoas, para comprar imóveis de péssima qualidade. A partir de agora, construtoras e corretores vão ter que abaixar os preços, senão não vai vender nada, realidade presente desde 2012.

      Excluir
    6. Cara Kassia, com SELIC igual ou superior a 8,5% aa teremos TR escalada.
      A expectativa (infelizmente) é que a SELIC feche 2013 em 9,25% aa.

      Fonte: "http://economia.uol.com.br/noticias/reuters/2013/07/01/economistas-elevam-projecao-de-selic-a-925-em-2013-e-reduzem-pib.htm"

      Graças aos protestos de julho, criatividade contábil do governo, empresas "X", etc. Creio que quem receberá a TR agora são os donos das cadernetas de poupança...

      Boa sorte nas vendas, vai precisar.
      Sem mais.
      Bruno

      Excluir
  6. Me sinto compelido a concordar com a seguinte assertiva por vc levantada: "Não importa o que você acredita. O que importa é Sua Excelência o Fato".
    Então vamos aos Fatos:
    http://construcaomercado.pini.com.br/negocios-incorporacao-construcao/145/artigo293394-1.aspx

    http://www.em.com.br/app/noticia/economia/2013/08/04/internas_economia,431080/piora-das-condicoes-economicas-ja-mexe-nos-mercados-de-imoveis-e-de-veiculos.shtml

    http://clippingmp.planejamento.gov.br/cadastros/noticias/2013/8/7/direcional-vive-seu-pior-momento-em-incorporacao

    Sem mais meritíssimo....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não entendo porque os bolhotas ficam desesperados para postar artigos que falam de situações específicas de desvalorização. O FIPE-ZAP traduz o comportamento geral do mercado, e quem está no mercado sabe que há valorização real neste momento.

      Excluir
    2. A única coisa que o fipe zap traduz é o sonho do proprietário. Chega na hora da vida real o desconto é de 30% kkkkk

      Excluir
    3. Bolhota feliz com muito orgulho, sem dívida e sem enganação de apartamento ruim, pequeno e longe do centro. Morando bem pagando aluguel de menos de 0,3% ao mês. Feliz da vida.

      Excluir
    4. Eu também sou um bolhota feliz. Não caí na idiotice de comprar apartamento em cidade satélite, renovei agora meu aluguel na Asa Norte, pago 2 mil por um apartamento de 3 quartos com elevador e garagem, a 10 minutos do meu trabalho. Se eu fosse comprar este mesmo apartamento, eu ia pagar de prestação mais de 5 mil reais. Todo mês guardo os 3 mil, e ainda evito pagar 500 de taxa extra de reforma do prédio, que é pago pelo proprietário.

      Excluir
  7. Kássia, qual sua opinião sobre os recentes protestos que estão acontecendo no país? Assim como a Dilma você acha que como o país está ótimo, a população estaria protestando por melhorias apenas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Achei ótimos os protestes, já que a popularidade do governo petralha despencou , e eles vão perder a eleição em 2014.

      Excluir
    2. E as construtoras e imobiliárias também estão perdendo muitos negócios. 2014 vai ser um ano fantástico: COPA e o ano com maior queda nos preços dos imóveis.

      Excluir
    3. Kássia, então vc deve concordar com a seguinte opinião:

      http://www.youtube.com/watch?v=zYO63L4k5kM&feature=youtu.be

      E se concordar, vai concordar também que, da forma que as coisas estão acontecendo, o setor imobiliário não ficará imune da crise... muito pelo contrário. Correto?

      Excluir
    4. Desculpe pelos erros de português na mensagem acima.

      Excluir
    5. Kássia, então vc deve concordar com a seguinte opinião:

      http://www.youtube.com/watch?v=zYO63L4k5kM&feature=youtu.be

      E se concordar, vai concordar também que, da forma que as coisas estão acontecendo, o setor imobiliário não ficará imune da crise... muito pelo contrário. Correto?


      O Sachida é um ótimo economista, muito preparado, com conhecimento e etc.

      Na realidade já estamos em crise, desde 2011, por absoluta incompetência do governo petralha.

      ocorre que o país não é só o governo petralha. O brasil tem uma iniciativa privada forte, que compensa a incompetência do governo, que só atrapalha.

      então os imóveis vão continuar a se valorizar em termos reais. Se tivesse um governo melhor, se valorizariam ainda mais.

      Excluir
    6. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      O fortíssimo setor imobiliário tem 50% de suas empresas em queda de 20% ou mais na bovespa. Neste ano, somente 2 de 20 empresas estão com as ações em alta, e mesmo assim alta inferior a 5%. Há empresas que ja perderam 80% de valor de mercado. São praticamente umas OGX da vida. Em que mundo você vive?

      Excluir
  8. Suas análises são inteligentes, porém são baseadas no indice FIPE-ZAP, que não é oficial e que não apresenta os descontos que têm sido oferecidos sobre os preços anunuciados, para a efetivação das vendas. Acho que o mais correto para as suas análises seria utilizar o IVG-R, que é do Banco Central. Abs

    ResponderExcluir
  9. Imóvel nunca desvaloriza > http://omelete.uol.com.br/cinema/casa-de-curtindo-vida-adoidado-esta-venda-por-us-15-milhao/#.UgTdYNJ_53c?utm_source=omelete&utm_medium=facebook&utm_term=curtindo-a-vida-adoidado&utm_content=curtindo-a-vida-adoidado&utm_campaign=curtindo-a-vida-adoidado

    Se uma casa como essa, em um país MUITO melhor que o Brasil vem caindo de preço, porque aqui, com esse lixos que estão sendo construídos não pode acontecer o mesmo??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso. espera cair aqui no Brasil também.

      Excluir
    2. Espera não. Já estão caindo, basta você ligar para os anúncios e verá as promoções.

      Excluir
  10. Sem dúvida nenhuma, é bom ver este forum de volta, apesar de não concordar em nada que a proprietária deste blog fala, deve-se respeitar o fato dela abrir espaço para diversas opiniões. E é muito divertido as discussões.

    ResponderExcluir
  11. Que bom que você voltou, sentimos sua falta! Poste mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou sem tempo para postar muito. Muito trabalho, muitos negócios.

      Excluir
    2. Négocios?
      Verdade, muitos dis-tra-tos.

      Excluir
    3. Muitos distratos para cuidar?

      Excluir
  12. Kássia, e o professor?! Acertou em suas previsões?

    http://www.politicaeconomia.com/2012/10/imoveis-vao-subir-no-minimo-10-nos.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quase né? ele falou em 10%, e deu 6%.

      Excluir
    2. HAHAHA... E sua previsão do PIB de 2013? Ainda acha que dá 4,5%? Dá tempo ainda hein... vamos torcer aqui!!!

      Excluir
    3. Não, acho que o PIB 2013 vem na casa dos 2%.

      Excluir
  13. Hilário pensar que algo sobe para sempre!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hilário é sonhar com bolhas há 4 anos, e os imóveis triplicarem de preço no período.

      Excluir
    2. hilario e seu desespero. vendas em franca queda e vc achando que pode converser alguem por meio deste site.

      Excluir
    3. Verdade.

      Meu notebook de 2008 também triplicou de preço neste período. Meu carro 2011 subiu 23,4%.

      Não apareceram compradores AINDA, mas é questão de tempo.

      Viva o Brasil! Terra das oportunidades!

      Excluir
    4. Exemplo infeliz. Não se pode comparar bens de consumo com ativos!!

      Excluir
    5. Ativos? Pensei que estivéssemos falando de imóveis

      Excluir
  14. Eua - melhor país do mundo

    ResponderExcluir
  15. Oi Kássia, acesso o site rival há bastante tempo e não comprei imóveis por medo da bolha. Mas agora está mais caro, não sei o que fazer. Eles garantem que a queda virá, e você garante o contrário, isso confunde... Um amigo meu falou que Londres ou Moscou tem um m2 que custa 4 vezes mais que nas cidades mais caras do Brasil, pensando por esse lado ainda pode subir muito aqui. Mas por outro lado esses lançamentos de péssima qualidade das grandes construtoras não podem valer tanto, já que os imóveis são minúsculos e com problemas. O que você sugere?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Continue poupando.

      Excluir
    2. Se você continuar a poupar, a distância financeira para o imóvel que vc vai aumentar ainda mais, já que a poupança está perdendo da inflação, e o imóvel ganhando. Então, quanto mais você poupa, mas distante fica do seu imóvel.
      A melhor opção HOJE para quem quer um imóvel, é comprar um pronto, e pegando um financiamento imobiliário que está maravilhoso. para imóveis até 500 mil reais consegue taxas de juros anuais de 8.2% e mais TR que está 0%.
      Uma vez que vc contrata o financianento, TODOS os meses o saldo devedor CAI, em termos NOMIAIS. ou seja, o valor que vc deve CAI TODO mês.
      Enquanto imóvel que vc comprou vai se valorizar todo mês.

      Hoje a sugestão não é outra: COMPRAR IMÓVEL PRONTO. (Na planta não está valendo a pena pois os preços estão elevados e o INCC muito alto).

      Então o que eu sugiro é comprar um imóvel pronto, preferenciamente com financiamento (que é melhor inclusive que pagar a vista). Ficar tranquilo com seu imóvel. E, assim, poder visitar o bolhaimobiliaria de vez em quando vendo seu imóvel subindo de preços, e o povo lá sonhando com queda...kkkkk

      Excluir
    3. Distância financeira do que se não valoriza mais?
      Fipe-zap não é indicador de nada, é uma aberração estatística.

      Poupe seu dinheiro, os imóveis desvalorizarão nominalmente e ainda serão afetados pela inflação.

      Mentira, tá cheio de gente já reclamando que a prestação está subindo.

      Tem que ser muito idiota pra relacionar o termo "poupe" com a aplicação "caderneta de poupança" rssssssss

      Excluir
    4. Não só se valoriza, com a curva de valorização está se acelerando, e bate qualquer aplicação de renda fixa. Repito: quem deixar para comprar depois imóvel, vai pagar mais caro, se é que vai conseguir pagar. Os bolhotas prometem queda de preços há 4 anos, e até agora os preços só subiram. Tinha gente "respeitada" no bolha imobiliaria, como o tal do Mrk, que falava que cientificamente os preços começariam a cair no 2º semestre de 2012.
      O negócio ficou tão ridículo apra eles, que nem aparecem mais por lá. O Mrk deve estar atarefado com a compra ou reforma do imóvel dele...deve ter desistido de esperar cair..kkkk

      Excluir
    5. Fipe-zap, o amigo imginário da tia Kássia!

      E começaram a cair mesmo. Os únicos lugares onde os preços não caíram foram o fipe-zap e a sua cabeça. Enquanto o creci indica queda de 20% nos preços neste ano, o fipe zap indica alta de 6% rsssssssssssssssssssss

      Eu prefiro acreditar no que diz o relatório de negociações. Se você prefere acreditar num anúncio da internet, é problema seu rssss

      Saudações ao grande Mrk e suas excelentes análises. Acertou mais de 70% do que previu.

      Excluir
    6. Excelente negócio, segundo o FIPE-ZAP.
      http://vejabrasil.abril.com.br/brasilia/materia/a-espera-do-futuro-119

      Parabéns pelo seu investimento e sua crença nesta aberração estatística.

      Excluir
    7. Não é investimento, é negócio.

      Excluir
    8. A conversa de corretor esta passando do limite tia Kassia, primeiro tem que comprar os imóveis acima de 500K, além disso é melhor comprar pronto porque na planta não vale a pena, poxa pelo menos disfarça.

      Ninguém sabe que as construtoras e incorporadoras estão desesperadas para fazer caixa, ou seja, vender os imóveis do estoque que na sua maioria situam-se na faixa acima de 500K, kkkk!

      Mas eu fiquei com uma dúvida, não estava 100% vendido na planta?

      Excluir
    9. Ou seja, de acordo com a Kassia, não importa se o imóvel é uma porcaria, se é do tamanho de uma lata de sardinha, se ele fica na periferia da periferia ao lado da linha do trem, se ele custa menos ou mais de 500k, o importante é você entrar em um financiamento, a vista nem pensar, uma vez que isso pode envolver aqueles horrorosos descontos.

      Poxa gente, ela trabalha por comissão, tenham um pouco de consideração, estão reclamando do que, já viu a TR, o tempo de financiamento, até 35 anos, o que que são 3, 4 milhões em 35 anos, passa que é um pulinho.

      Excluir
    10. A TR a partir de agora vai só subir e os financiamentos que já são caros, vão ficar impossíveis de se pagar. Economistas conscientes orientam clientes a não comprar imóveis neste momento. Palavras de Mauro Halfeld, respeitado economista da CBN. Se até ele que acreditava que não havia bolha, já está dizendo isto, xiiiiiiiiiii.

      Excluir
    11. A TR ficou acima de 0% em julho. Sabe quanto? 0,0209...kkk. Em agosto já voltou para 0%. Mas inacreditavelmente, tem "jente" que quer a TR acima de 0%!!
      Esses espécimes, além de desinformados, são ignorantes não só em economia, como em política, também. Se conhecessem um pingo de economia, saberiam que em função do multiplicador monetário da poupança, a quantidade de pessoas que está endividada em TR é dezenas de vezes maior que a que estão poupando em TR. Então o que um governo populista como esse que temos vai fazer? Vai aumentar a TR para beneficiar a minoria que poupando em TR, ou vai mantê-la em zero ou próximo disso para beneficiar a MAIORIA que está endividada em TR (o povo do Minha Casa Minha Vida e a "crasse C")? Ganha um pirulito o bolhota que acertar a resposta...kkkkkk

      Excluir
    12. A TR é igual o INCC. Falam que é pouquinho, pouquinho, mas ao longo de vários anos ela faz de uma bolinha um balão.

      TR dia 07.08 deu 0,0473
      TR dia 12.08 deu 0,0373
      TR dia 13.08 deu 0,0540

      Se um apartamento comprado com reajuste pelo INCC aumenta e muito durante as obras, que não dá nem 3 anos, imagina essa TR aí em 35 anos?

      Você pode enganar outras pessoas, mas não me engana.

      Excluir
  16. Returning from the ashes!!!!

    Kasseta, e aí, demorou 3 meses pra vender o Jardim das Perdizes todo?

    Que coisa, se fosse há 2 anos venderia no mesmo fim de semana. Ah, esqueci, é que ainda tá muito barato.

    ResponderExcluir
  17. Boa tarde Kassia. Gostaria de tirar uma dúvida. Recebo frequentemente e-mails de corretores oferecendo imóveis em Águas Claras. Tenho respondido oferecendo 30% menos do que o anunciado. Para minha surpresa, eles aceitam negociar nesses valores!! Não tenho interesse em comprar nesse momento (qualquer anencéfalo pode perceber a queda nos preços), mas fico curioso. Quais dados,além do FIPEZAP,você usa para pautar suas afirmações? Sou economista e não vejo nas análises econômicas nacional e internacional, balanços das empresas, cotações de fundos ou desempenho das construtoras no IBOVESPA,renda do trabalhador, dados que suportem a afirmação de que os preços vão subir. Sendo assim, gostaria que apresentasse argumentos técnicos (não achismos)para suas afirmações. Aguardo sua réplica para iniciarmos o debate.
    Att,

    José Martins

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o bc usa o fipezap para subsidiar decisoes de politica monetaria.

      Excluir
    2. Relatório do BC no qual usa o FIPE-ZAP para subsidiar suas decisões sobre Política Monetária:

      http://www.politicaeconomia.com/2012/03/relatorio-do-bc-usa-o-indice-fipe-zap.html

      Excluir
    3. Política moentária? Agora o BC usa o fipe-zapt-pluft pra decidir sobre a moeda corrente nacional em circulação? Que hilária a sua afirmação rsssssssss ainda bem que você voltou.

      Excluir
    4. exato! como esta no relatorio de inflacao do bc que esta no link acima.

      Excluir
    5. Não. Relatório de inflação nada tem a ver com política monetária. O BC identifica este índice no relatório tão somente porque não há outros índices para acompanhar evolução de preços. AGORA RECENTEMENTE é que foi criado o IVG-R. Além disso, eles não seriam tão amadores de usar índices de anúncios de sites na internet como auxiliares no processo de decisão de nível de oferta de moeda na economia. Raciocine pelo menos uma vez na vida. Sem mais.

      Excluir
    6. Política Monetária trata de inflação, que é objeto do Relatório de Inflação, que usa o FIPE-ZAP para analisar um segmento da economia, que é o mercado imobiliário. Nesse relatório o BC mostra como os dados do FIPE-ZAP foram usados para subsidiar a decisão de política monetária.

      Excluir
    7. O Relatório é de 2012, e está aqui:

      http://www.bcb.gov.br/pec/appron/apres/Anthero_Meirelles_REF_21-3-2012.pdf

      Em sua página quinze, o BC afirma que "observa-se sinais de acomodação no mercado imobiliário, com a redução na quantidade de contratações e nos preços dos imóveis". Os preços dos imóveis são apontados como "acomodação" em decorrência do FIPE-ZAP.

      Esse relatório é do início de 2012, quando o BC justificada os motivos pelos quais não estava aumentando os juros, e a "acomodação dos preços imobiliários", que foi averiguada pelo FIPE-ZAP, é exatamente um dos motivos que levou ao BC não subir os juros.

      Nos relatórios posteriores de inflação o índice FIPE-ZAP novamente foi usado mostrando que o BC usa esse índice para avaliar a evolução dos preços do mercado imobiliário.

      Excluir
    8. Não importa o relatório, filha. O que importa é que fipe-zap não mede nada real. Tanto é verdade que o BACEN criou um índice próprio. Se por algum tempo eles usaram, foi por não existir nada melhor no mercado. Não importa o fipe-zap constar de relatório do bacen. Eles sabem que não serve de nada, não fosse assim não haveria necessidade de criar o IVG-R.

      Mas, contudo, se vc quer continuar acreditando no índice, vai lá e reajusta o metro quadrado do seu AP do setor noroeste. Vai continuar encalhado rs

      Excluir
    9. O BC continua a usar o FIPE-ZAP, mesmo depois do IVR-R.

      Na realidade, o que realmente não importa é a sua opinião. Não sei porque vocês querem tanto discutir o mercado.

      Isso não tem o que discutir. Quem acredita em bolha, que o preço está elevado, basta esperar os preços caírem.

      Quem não acredita, basta comprar um apto.

      Eu já coloquei a minha opinião baseada em fatos: os preços não só não vão cair, como vão subir, e, inclusive, os preços estão se acelerando.

      Quem não acredita no FIPE-ZAP, basta desconsiderá-lo e pronto. Só lembrando que quem o descosiderarou nos últimos 4 anos e SE FODEU! kkkkkkk

      Então a decisão é sua. A minha opinião, repito, baseada em fatos, é a de que os preços vão subir e o financiamento imobiliário está ridiculamente barato. E quem pode, deve aproveitar essa oportunidade.

      Excluir
    10. Quem não acreditou no FINGE-ZAP se deu foi muito bem, porque os preços se estagnaram e entraram em queda desde 2012, com valores menores entre 20 a 30%. Portanto, quem aguardou se deu foi muito bem, ao invés de amargar reajuste do INCC, teve foi um belo desconto no apartamento. E não precisa usar termos do tipo SE FOD...é muito feio para a dona de uma imobiliária do porte da sua, Dona.

      E mais o financiamento imobiliário não está ridiculamente barato, está caríssimo, mais uma prova que não compensa financiar.

      Fique com seus apartamentos encalhados. Daqui uns 10 anos você encontrará compradores.

      Excluir
    11. Coitada. Vai morrer abraçada aos diversos imóveis que comprou financiado. Ou melhor, nem eles terá.

      Fipe-zap não é usado pelo BC para cuidar de política monetária. Se está no relatório ou não, não interessa, é apenas um detalhe. Quem está mesmo se fodendo é que reajusta os valores tendo como base este índice. Se fode por não vender o imóvel, se fode por ter que oferecer desconto e se fode porque perde o custo de oportunidade do dinheiro parado e dos gastos. ;)

      Excluir
    12. logo se vê que você não entende nada de mercado imobiliário. Nunca deve ter comprado nem uma garagem.
      O processo é inverso ao que você acredita. Os proprietários reajustam seus preços com base em inputs de demanda e oferta. E esses reajustes são medidos pelo FIPE-ZAP.
      Na realidade, quem tem um mínimo de vivência no mercado imobiliário, sabe que 100% dos proprietários e compradores sequer ouviram falar do FIPE-ZAP. um número muito próximo de 100% dos corretores de imóveis também jamais soube da existência do FIPE-ZAP.
      Portanto, ao acreditar que existem proprietários que "reajustam preços com base nesse índice" você demonstra o tamanho da sua falta de conhecimento no assunto - o verdadeiro motivo pelo qual é um bolhota recalcado e invejoso.
      Outro traço interessante desses bolhotas, é que eles são uns bostas, uns duros, que vivem de aluguel, não tem um gato para puxar pelo rabo, vivem economizando centavos sonhando com quedas de preços de imóveis, e acham que podem dar conselhos a investidores, corretores e especuladores imobiliários. Como são idiotas! kkkk De tão idiotas, são cômicos.
      Aliás, assistir ao show de ranço e inveja desses bolhotas é, além de divertido, uma aula de sociologia.kkkk

      Excluir
    13. Se quase 100% não sabem o que é o fipe-zap, significa que ele NÃO É PARÂMETRO DE VALORIZAÇÃO de nada ligado o setor imobiliário. Coitada, você cai na própria armadilha que instala rssssss

      Os constantes aumentos de preço deste site significam então que todos foram convencidos de que valoriza. Aí todo mês reajustam os preços, NÃO VENDEM e acham que o bem valorizou kkkkkkkkkkkkk

      Resumindo: você é uma pobre coitada, está com os imóveis encalhados e usa este pequeno espaço pra montar um mundo paralelo em que parece rica rsssss

      E quem disse que eu sou bolhota? Pobre coitada de você rsssssss

      Excluir
    14. ^^ Analfabetismo funcional em estado bruto! kkkkkk
      É evidente que eu sujeito desse aí só pode acreditar em bolha imobiliária mesmo e em profetas. kkkk
      Nem vou tentar desenhar para você, amigo, pois não tem jeito mesmo. Você é um caso perdido, mas ilustra bem o nível "telectual" dos bolhotas: é abaixo de 0..
      São analfabetos funcionais: simplesmente não têm capacidade de compreensão de frases simples.
      Não é nem questão de falta de conhecimento de economia ou matemática financeira, coisas básicas como crédito e lei de oferta e demanda. Não!
      O problema é mais básico: os bolhotas são ANALFABETOS FUNCIONAIS, como 75% da população brasileira.
      Com esse nível, querem comprar imóveis? kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    15. Você que é analfabética minha filha. Não sabe matemática. Se em 2009 o metro quadrado era 4.000, subiu para 5.000 em 2010, depois subiu para 6.500 em 2011, depois baixou para 5.000 em 2012 e agora em 2013 está em 4.500, isto é queda de preços.

      E você ainda tenta enganar quem falando que os preços estão subindo?

      Prove-me que os preços estão subindo em Águas Claras, prova, vai.

      Excluir
  18. Esse é seu argumento?? Ainda que use, qual peso é dado a esse índice nas discussões? Você sabe? Conhece o processo decisório do BC?
    Me perdoe pelo incômodo, mas se essa declaração (não é um argumento) é tudo que tem a oferecer ao debate, creio que sua crença no mercado imobiliário seja a mesma que conduz milhares a Meca todo ano. Tão somente a fé, e fé não se discute.
    Att,

    José Martins

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. de onde vc tirou q eu estou querendo "debater". debate e para quem tem duvidas. eu nao tenho duvidas. eu tenho certeza: os imoveis vao subir de preco. todos os dados relativos ao mercado imbiliario convergem: fipe-zap, ivg-r, bis/yale, irbi. isso sao fatos. e tecnica, que vc desconhece, entao fica ai fazendo perguntinhas para ver se aprende alguma coisa. aprenda uma coisa: eu nao estou aqui para te ensinar nada. ok? aqui eu emito minhad opinioes, todas fundamentadas.

      Excluir
    2. Como você fala que vai subir se de 2011 para cá os imóveis desvalorizaram 30%, em um mercado que você mesma falava que era sólido e crescente? Se o mercado é sólido, porque promoções? E porque tem tanta gente devolvendo apartamentos? Tantos processos na justiça por atrasos nas obras, por qualidades duvidosas? Tantos distratos por gente que não consegue pagar financiamento, tantos prejuízos contábeis nas grandes construtoras e prejuízos das grandes imobiliárias brasileiras?

      Não adianta tentar mentir, a realidade todos já conhecem, não vai ser seus sitezinho que vai convencer ninguém a entrar num péssimo negócio.

      Excluir
  19. Kássia Tavares, você acredita na TelexFree?

    ResponderExcluir
  20. Eu acho muito estranho que o FipeZap mensure apenas o preço anunciado. A FIPE é uma instituição de respeito. Se fosse uma metodologia errada, duvido que eles fossem prosseguir com esse índice. Alguém já viu alguma justificativa de algum economista da FIPE sobre isso? abs a todos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A justificativa é simples: o coordenador do finge-zap é parente do presidente da rjz cyrela. Pesquise o assunto.

      Excluir
    2. A justificativa é simples: todos os índices de preços, qualquer que seja o preço, alimentos, carros, imóveis, serviços e etc, são todos, invariavelmente, de preços anunciados.
      Mas por algum motivo que escapa à lógica, os bolotas só acham que o de imóveis está errado.
      Mesmo o FIPE-ZAP tendo sido confirmado por todos os demais indicadores de preços do mercado imobiliário, como ITBI e IVG-R.
      Os bolotas vão morrer pagando aluguel, sonhando com preços mais baixos, invejando quem comprou ou tem imóvel, e tentando se auto-enganar falando que o índice de preço está errado. Que vidinha mais medíocre desses bolotas, não?

      Excluir
    3. Interessante. É verdade, para os outros índices, os institutos de pequisa mandam pesquisadores para levantar os preços dos produtos nos supermercados... portanto, preços anunciados. Acho que o único "porém" é que no caso de imóveis, tenho a impressão que geralmente há um desconto entre o preço anunciado e o efetivamente pago. Por isso, o ideal seria qu a FIPE colocasse um "deflator" no valor médio de imóveis (e.g.: Valor médio do m2 = 90% do valor médio anunciado). Faz sentido?

      Quanto a bolhas, ainda acho cedo para dizer que estamos numa bolha. Pode acontecer um desaquecimento em cidades com muita oferta(SP, Rio), mas no resto do Brasil, os preços devem continuar subindo, principalmente por conta dos eventos esportivos de 2014 e 2016.

      abs!!

      Excluir
    4. o fipe-zap mede a derivada do preco, e nao o preco. logo, o deflator, como é constante, tem derivada 0, o que mostra que se for colocado deflator nos precos , o indicador fipe-zap nao mudara nada.

      Excluir
    5. Interessante, não sabia disso. Obrigado.

      Excluir
    6. Bla, bla, bla, bla, bla. e Mais bla, bla, bla, bla.

      Seguido de uma ótima oportunidade no setor noroeste, 100% vendido na planta, mas que por sorte calhou de haver um distrato, são 2 quartos, 43 m, espaço kids, face norte, em uma região valorizada, tudo isso por parcelas que começam em 534 reais, visite o decora com projeto exclusivo da Patricia não sei das quantas.

      Excluir
    7. Aposto que são aqueles apartamentos em cima de prédio comercial.

      Excluir
  21. Tia KY, voce ja pensou o q vai fazer c/ o blog quando a bolha estourar??? Vai vender o dominio para pagar as prestacoes dos muquifos que voce comprou???? MWAHAUAHUAHUHA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ué? Mas já não tinha estourado?

      Excluir
    2. Já estourou, só que a REDE GLOBO ainda não falou, mas já estourou. Quedas nas vendas em massa.

      Excluir
    3. Então temos a bolha jabuticaba no Brasil: ela estoura, mas os preços sobem....kkkkkkkkkk

      Excluir
    4. Sobe onde minha filha? Me dê um exemplo de bairro em Distrito Federal que o metro quadrado subiu. Onde?

      Excluir
  22. Bom, vou contar o meu caso na prática!
    Sempre esperei os preços baixarem, mas isso de 2009 pra cá não aconteceu.
    Então resolvi procurar um imóvel bem localizado, aqui em Campinas, abaixo de R$ 400 mil, com preço/m2 abaixo de 5 mil, com pelo menos 75 m2, com pelo menos 2 quartos e com armários.
    Depois de um mês de busca, achei uns 3 imóveis nessas condições. Comprei por R$ 360 mil, um ape de 80 m2 em um bairro muito bem localizado!
    Em resumo, acho que o mercado sempre está aberto para boas oportunidades. Este é o preço justo, basta procurar, pelo menos essa é a realidade aqui em Campinas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kássia,
      Você acha que fiz um bom negócio???

      Excluir
    2. Quem comprou imóvel em valor de mercado nos últimos 5 anos fez ótimos negócios. Invariavelmente os imóveis valorizaram, e se você fosse comprar depois, pagaria mais caro.
      É o que vai acontecer com quem está esperando preço de imóveis cair para comprar. Vão se dar mal, como já se deram mal nos últimos 5 anos.
      Aí eles ficam bravinhos com quem diz a verdade para eles..kkk

      Excluir
    3. MENTIRA. Os imóveis valorizaram somente até 2009. De 2009 para cá foi uma valorização artificial para atrair as piabinhas. Tanto é que nos preços atuais não sai negócio e as construtoras estão voltando a vender pelos preços de 2009.

      Quem se deu mal foi quem comprou, porque hoje pagaria 30% mais barato do que ano passado.

      Deixa de influenciar as pessoas, os imóveis ainda vão cair ainda mais de preço.

      Excluir
    4. É verdade. O Papai Noel vai trazer imóveis 30% mais baratos em 2013 para todos aqueles que colocarem o sapatinho na janela, com feijãozinho dentro, e o bilhetinho também, pedido isso. Pode acreditar! Vai com fé!
      kkk

      Excluir
    5. Esses bolhotas acham que apenas afirmar que os preços vão cair, fará com que os preços caiam!
      Eles não entendem que os preços são fenômenos econômicos, e não de comunicação.

      Excluir
    6. Chega a ser engraçado ver o seu desespero. Como você não tem mais argumentos, agora fala em Papai Noel.

      Excluir
  23. Elaborem: "exame.abril.com.br/revista-voce-sa/edicoes/182/noticias/sera-o-fim-dos-precos-absurdos"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estranho... sem comentários sobre o artigo acima...

      Excluir
  24. Falando um pouco sobre o fipe-zap, nota-se uma convergência de interesses entre 3 personagens. O portal Zap, pertencente ao grupo O Globo, o coordenador do índice, senhor Eduardo Zylberstajn, e o senhor Rogério Jonas Zylbersztajn, presidente da RJZ Cyrela. É notório que estas duas pessoas devem ser parentes e nada mais interessante para os veículos Globo de comunicação ganharem dinheiro construindo uma aberração estatística como o fipe-zap que se só registra valorizações. Assim todos se animam a especular com imóveis e pagarem uma pequena quantia para anunciar neste site.

    Portanto, está mais que comprovado que este índice não atende a nada além dos interesses dos grupos que o controlam.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bingo! Matou a charada!
      Kkkkkkkkkkkkkkk.
      Quanta imaginação.

      Excluir
  25. Já que a Kassia gosta tanto do FIPE-ZAP gostaria que ela explicasse como alguém pode levar a sério um índice em que imóveis iguais, as vezes o mesmo só que vendidos por imobiliárias diferentes, são anunciados pelos mais diversos valores. Vejam estes exemplos abaixo todos do mesmo empreendimento e é apenas um 1 prédio:

    Primeiro os com 2 quartos e 66m:
    Este esta anunciado por 760k
    http://www.zap.com.br/imoveis/oferta/Apartamento-Padrao-2-quartos-venda-SAO-PAULO-VL-MADALENA-RUA-FRADIQUE-COUTINHO/ID-3850152
    Este por 850k
    http://www.zap.com.br/imoveis/oferta/Apartamento-Padrao-2-quartos-venda-SAO-PAULO-VL-MADALENA-RUA-FRADIQUE-COUTINHO/ID-4673501
    Este por 914k
    http://www.zap.com.br/imoveis/oferta/Apartamento-Padrao-2-quartos-venda-SAO-PAULO-VL-MADALENA-RUA-FRADIQUE-COUTINHO/ID-4099625
    Abaixo mais do mesmo agora por 981k
    http://www.zap.com.br/imoveis/oferta/Apartamento-Padrao-2-quartos-venda-SAO-PAULO-VL-MADALENA-RUA-FRADIQUE-COUTINHO/ID-4625222

    Agora os de 3 quartos, com variadas metragens, apesar de todos apresentarem a mesma metragem, prática comum da corretagem. Vou colocar apenas alguns porque são muitos:
    Primeiro 1.300k
    http://www.zap.com.br/imoveis/oferta/Apartamento-Padrao-3-quartos-venda-SAO-PAULO-VL-MADALENA-RUA-FRADIQUE-COUTINHO/ID-4682959
    Agora 1.700k
    http://www.zap.com.br/imoveis/oferta/Apartamento-Padrao-3-quartos-venda-SAO-PAULO-VL-MADALENA-/ID-4438324
    Mais um por 1.850k
    http://www.zap.com.br/imoveis/oferta/Apartamento-Padrao-3-quartos-venda-SAO-PAULO-VL-MADALENA-RUA-FRADIQUE-COUTINHO/ID-3267150
    Por último 1.950k
    http://www.zap.com.br/imoveis/oferta/Apartamento-Padrao-3-quartos-venda-SAO-PAULO-VL-MADALENA-RUA-FRADIQUE-COUTINHO/ID-4115082

    Aqui esta ao anuncia da gafisa para quem quiser conferir se trata-se do mesmo imóvel:
    http://www.gafisa.com.br/imoveis/sp/sao-paulo/mosaico#18

    Alguns destes de 3 quartos relatam ser cobertura, nestes encontrei anúncios que vão de 1.570k a 1.950k, com variação de cerca de 20%, entre os que não são de cobertura encontrei apartamentos de 1.300k a 1.700k, com variação de 17%. Nos de 2 quartos, todos com 66m, houve variações de 760 a 981k, com uma variação de 22% no preço.

    Apartamentos iguais em todos os aspectos, no mesmo prédio, anunciados por valores que apresentam uma variação de pelo menos 22%. Todas estas bizarrices foram usadas para calcular o índice FIPE-ZAP, o mesmo absurdo poderia ser encontrado ao pesquisar inúmeros empreendimentos.

    Este índice não tem metodologia nenhuma, é apenas um aglomerado de preço do qual se retira uma média, e apenas isso, não é incomum o vendedor colocar 3, 4 e até mais anúncios todos com valores diferentes, e todos entram no cálculo, ou seja, é uma média que compreende desde o valor que o proprietária aceitaria vender o imóvel até o valor que ele sonha em vender o imóvel, o resultado é este índice escabroso, completamente fora da realidade econômica do brasileiro. Repare que este é apenas um dos vieses deste índice, existem inúmeros outros.

    No final este índice esta mais para uma estratégia para de venda de imóveis do que índice para o setor.

    Mais um comentário pertinente em ralação aos anúncios, notem que este prédio tem 32 apartamentos, a obra terminou há 1 ano, só no zap temos pelo menos 18 apartamentos diferentes, fora os que estão na mão da gafisa, soma-se ainda que há proprietários tentando repassar o apartamento por 760k e proprietários tentando vender por 980k apartamentos iguais. Percebe-se o verdadeiro sucesso que o empreendimento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido, em SP um apto totalmente face sul será de 20% a 25% mais barato que outro no mesmo prédio e no mesmo andar que seja face norte. A diferença é que o face sul não bate sol nunca, e no face norte bate sol o dia inteiro. Resultado: o face sul é uma geladeira, enquanto o face norte é um apto agradável. Some-se a isso diferenças de andar e você terá alterações ainda maiores nisso.
      De mais a mais, eu já expliquei e repito: o FIPE-ZAP não mede o preço, mas a derivada do preço em respeito ao tempo, logo são irrelevantes os valores absolutos que são pedidos nos aptos. O que importa é a variação dos preços.
      Mas não adianta. Bolhota não vai entender isso nunca!

      Excluir
    2. O amigo aí de cima com certeza nunca foi a um lançamento. Se fosse, perceberia que um imóvel no primeiro andar tem um preço muito diferente dos andares de cima.

      Excluir
    3. Deus me livre ir a um lançamento de apartamento. Deve ser um show de mentiras, principalmente com aqueles papos de que está tudo vendido no primeiro dia.

      Excluir
    4. Então continua com a sua ignorância de que imóveis de um mesmo condomínio têm que ter preços idênticos.

      Excluir
  26. Kássia, parabéns, aprendeu a definição de derivada! Já pode fazer cálculo I. Só que você não entendeu ainda que os valores importam sim. Como o anônimo mais acima explicou, existe um amontoado de anúncios para o mesmo imóvel, cada um com valor diferente. Isso invalida a tentativa de usar uma taxa de variação no tempo. Se houvesse um anúncio apenas, com um único valor, estaria ok (não, eles não retiram todos os anúncios repetidos, e mesmo que o fizessem, qual seria o valor que usariam como representativo daquele imóvel? A média?! hahaha).

    Mas obrigado por ter voltado! Poste sempre!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido, o FIPE-ZAP não usa a média de valores, mas a mediana das variações de preços. Não adianta, vocês não sabem nada sobre o índice e ficam chutando um monte de baboseiras.

      Excluir
    2. Que seja média ou mediana, mesmo assim vale o que falei, "existe um amontoado de anúncios para o mesmo imóvel, cada um com valor diferente. Isso invalida a tentativa de usar uma taxa de variação no tempo". Se ainda estiver duvidando diga que eu posto aqui um exemplo numérico que até você entende.

      Excluir
    3. Querido, a mandioquinha, a banana, o mamão, também tem um amontoado de anúncios com preços diferentes, e mesmo assim o índice de inflação é calculado.
      Agora, se vc não acredita no FIPE-ZAP, não tem problema. O BC acredita. A arrecadação do ITBI vem evoluindo na mesma intensidade do FiPE-ZAP e o IBG-R do BC também. Então arruma desculpinha para todos esses outros índices tb.

      Excluir
    4. Que seja média ou mediana, mesmo assim vale o que falei, "existe um amontoado de anúncios para o mesmo imóvel, cada um com valor diferente. Isso invalida a tentativa de usar uma taxa de variação no tempo".

      Estou com paciência, então vou desenhar para você.

      Apto 1: Preço em julho: R$ 100 / Preço em agosto: R$ 110 : Variação: 10%
      Apto 2: Preço em julho: R$ 200 / Preço em agosto: R$ 210 : Variação: 5%
      Apto 3: Preço em julho: R$ 300 / Preço em agosto: R$ 340 : variação: 13,33%

      FIPE-ZAP: Mediana (10%, 5%, 13,33%) = 10%

      Ou seja, não interessa os valores, mas as variações. Isso está na metodologia do FIPE-ZAP que os bolhotas que aqui escrevem desconhecem completamente (na realidade eles não tem competência oara ler e entender a metodologia).

      Excluir
    5. Hahaha, boa Kássia. Não acredito que você não tenha entendido. Um amontoado de anúncios no mesmo supermercado, você já viu?! As diferenças ocorrem entre diferentes vendedores. Neste caso uma média ou mediana poderia ser usada sem problemas, pois estamos estimando um preço médio e sua variação. Mas se há diversos preços do mesmo item e do mesmo vendedor, qual o valor se considera como o representativo para cálculo de qualquer índice? A média? A mediana?, a moda? Não há como.

      Mas sua argumentação é inspiradora. Comparar imóveis com bananas.

      No supermercado, na frente do caixa-corretor, o cliente pergunta:

      - Quanto está esta banana prata?
      - O dono do supermercado está pedindo R$ 6.
      - R$ 6!? Está muito caro!
      - A banana valorizou muito...
      - É, mas tem muita banana no mercado...ele faz por R$ 4?
      - Olha senhor, o preço mínimo é R$ 5,50
      - Não, por este preço eu não vou levar. Obrigado.

      Uma semana depois o cliente recebe um telefonema.

      - Olá senhor, é sobre aquela banana que o senhor viu. Entrou uma promoção aí...

      ----
      Kássia, fecha a aprovação automática das postagens, como você fazia antes. Assim você pode ficar com a última palavra e não deixar jogarem teus argumentos furados por terra.

      Excluir
    6. Querido, é que você desconhece completamente como funciona o FIPE-ZAP e fica falando baboseiras.
      Primeiro, antes de mais nada, o FIPE-ZAP é um índice de Laspeyres, isso significa que ele é um índice de preços RELATIVOS! Repetindo: RELATIVOS.
      Como você não sabe o que é um preço relativo, então você insiste nos valores absolutos, quando eles não interessam.

      Excluir
    7. Kássia, fecha a aprovação automática das postagens, como você fazia antes. Assim você pode ficar com a última palavra e não deixar jogarem teus argumentos furados por terra.

      Você está louquinha para que eu faça isso, né? Assim você não precisará mais inventar uma historinha sem graça para postar por último e se achar a grande vencedora do debate. Oh! como você é boa! kkk

      Excluir
    8. Tem um artigo de um blog denominado "dr. Money" que trata indiretamente do índice fipe-zap.
      Assim como explanado aqui, lá muitos não entenderam ou se recusam a entender que o que interessa é a VARIAÇÃO de preços e não o NÍVEL de preços.
      Mas acho que não adianta dialogar. Teve até um aí em cima que acha que há um conluio entre grupo Globo e Cirela para manipulação do índice. Piada.

      Excluir
    9. Faça uma experiência: pergunte aos corretores que você tem contato se eles conhecem o FIPE ZAP. Nenhum até hoje que falei sequer tinha ouvido falar. Esse índice e acompanhado milimétrica e religiosamente pelos bolhotas. E só. Eles que dão uma importância elevada ao índice.

      Excluir
    10. Essa choradeira sobre o FIPE-ZAP só não é mais velha que a própria torcida pela bolha. Em qualquer caso é fruto de ignorância, sobre o mercado imobiliário, no caso da bolha, e de estatística, no caso do índice.

      Para quem não sabe, a FGV também tem um índice de imóveis, que é o IGMI-C, que só trata de imóveis comerciais, e a série não difere muito do FIPE-ZAP.
      O post do Dr.Money é o seguinte: http://www.drmoney.com.br/investimentos/imoveis-um-bom-investimento/

      É até engraçado o outro inventar uma teoria de conspiração de um conluio entre FIPE-USP, o ZAP, o Globo e a Cyrella (rs...rs), mas nada é mais engraçado do que aquela piada de que viver pagando aluguel é o melhor negócio do mundo...kkkkkkk, essa ainda é a imbatível, na minha opinião.

      Excluir
    11. kkkkk, isso porque deve ser uma maravilha quando o proprietário pede a casa. Ter de procurar outro imóvel deve ser uma delícia... Com prazo contado então... ohhh

      Essas antas não sabem fazer conta, vivem em realidade paralela e não conseguem pensar por conta própria. Precisam de um guru e o guru está desde 2010 pregando o apocalipse kkkkk

      Cuidado bolhotas vcs podem se decepcionar com a realidade, os fatos...

      Mas uma coisa devemos admitir: eles se adptam muito bem com o tempo... Onde estão as quedas de 80%? Cadê os preços pré 2008? Huhuahuahuha

      Excluir
    12. E quando o proprietário vê que o aluguel está defasado e pede reajuste acima do IGP-M, algo que tem sido comum ultimamente? Não é uma delícia a sensação que o inquilino tem estar sendo abusado, sendo cobrado acima da lei, e não poder fazer nada?
      Realmente, viver pagando aluguel é ótemo, ó! M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-0! Não tem nada melhor...kkkkk

      Excluir
    13. É verdade. Quem está com toda a vantagem é o inquilino, que tem as seguintes opções quando o proprietário resolve aumentar o aluguel muito acima do IGP-M:
      - pagar e ficar quieto;
      - colocar o rabo entre as pernas;
      - procurar outro imóvel para alugar (em geral pior e mais caro);

      Mas, enfim, eu acho que os proprietários de imóveis alugados ficam muito sensibilizados com essa campanha dos bolhotas que tentam conscientizar os inquilinos que eles estão fazendo o melhor negócio do mundo ao alugar! Realmente não poderia ter propaganda de aluguel melhor do que essa: os próprios inquilinos falando das maravilhas que é viver pagando aluguel!
      Eu, como proprietária de imóvel alugado, agradeço a contribuição dos bolhotas nesse sentido! É realmente um trabalho de pacificação social!!!!
      Não tenho palavras para agradecê-los!!!

      Excluir
    14. Ou alugar outro e pagar 0,25% a 0,3% do valor de venda, como eu estou fazendo...

      Excluir
  27. Mais uma vez a Kassia se utiliza de escaramuças para tentar explicar o tal índice. Veja bem o índice FIPE-ZAP, como explicitado no site, é calculado através do valor do m², para isso é utilizado o preço do imóvel anunciado dividido pela área útil do mesmo, agrupa-se os valores do m² por bairros e retira-se uma mediana ou média (o site não explicita a metodologia), deste valor é calculado o valor do m² na cidade, levando-se em conta o peso de cada bairro de acordo com o senso do IBGE. A variação nada mais é a diferença do valor m² em meses diferentes.

    Em relação a média ou mediana, isso de forma alguma explica vieses contidos neste tipo de amostra, como quer se fazer acreditar nossa amiga Kassia. Note que média e mediana são duas medidas de tendência central, a mediana é simplesmente o valor que se encontra no meio da distribuição e a média é o soma de todos os valores dividido pelo número de valores.

    No caso de distribuições assimétricas a tendência é se usar a mediana pois neste caso a média estaria muito afetada. EX: Hipótese de preço do m²: 2000, 5000, 10000, 12000, 15000, neste caso a mediana seria 10000 e a média 8800, percebe-se que neste caso a mediana se aproxima mais da tendência central pois o valores mais baixos, que são minoria, jogam a média para baixo.

    Acredito que talvez seja essa medida que usem no FIPE-ZAP, pois realmente percebe-se que os valores de imóveis se concentram nas faixas mais altas. Contudo não é impossível que os preços tenham uma distribuição simétrica (gaussiana) mas não sabemos pois não é divulgado.


    Finalizando, o índice FIPE-ZAP é uma coisa a variação do índice, como esta escrito no site, é outra, que é calcula pela simples comparação com índices anteriores, e que fique bem claro, para o cálculo do índice é sim usado o valor absoluto do imóvel e se existem imóveis com vários anúncios com preços maiores que os demais a tendência é sim que o índice se eleve, independente se usado média ou mediana para o cálculo do mesmo.

    Gostaria de deixar bem claro que a variação positiva do índice, que é o fato que a Kássia se apega, realmente não tem muito a ver com o fato resultado do índice ser alto ou baixo, mas sim pela própria valorização dos imóveis, que se é real ou não é outra discussão. O que se pode afirmar, com boa chance de acerto, é de que ao colocar um valor no imóvel baseado no índice FIPE-ZAP existe grande chance de você estar supervalorizando ele e aí que que entra mais uma escaramuça da nossa amiga, ao afirmar que nenhum corretor conhece o índice, ou seja, a internet não chegou a alcance dos corretores, comicamente ela tenta eliminar o fato de que os preços estão sendo baseados num índice errado, que claramente esta supervalorizado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo, é que você é um ignorante completo no mercado imobiliário e em FIPE-ZAP também.
      TODOS os imóveis que eu vendi ultimamente foram feitos em valores ligeiramente acima do que estabelece o FIPE-ZAP para a região, mostrando que os valores de metro quadrado para as diferentes células é bastante aderente à realidade, porém um pouco pessimistas em relação ao mercado real, que, repito, em geral, paga valores superiores aos medidos pelo FIPE-ZAP.
      Quanto ao fato de os corretores conhecerem o FIPE-ZAP, já disse: basta fazer pesquisa com os corretores que você tem contato. Pergunte para eles se eles conhecem o FIPE-ZAP. Adianto que a chace de 100% deles falarem que não conhece é bastante elevada. No meu caso, que conheço muitos corretores, todos que eu perguntei até agora, de SP, DF, RJ, NENHUM conhecida o FIPE-ZAP.
      É importante destacar que isso não é demérito nenhum ao corretor e tampouco ao índice. O índice FIPE_ZAP apenas é um termômetro do mercado.

      Excluir
    2. Aliás, os investidores, proprietários e especuladores podem usar o FIPE-ZAP como piso de preço para seus imóveis.
      E os compradores que estejam interessados em adquirir, podem usar os valores indicados de metro quadrado do FIPE-ZAP para saber se estão pagando valores abusivos ou não.
      Ou seja, o FIPE-ZAP tem uma importante função social!

      Excluir
    3. Veja bem o índice FIPE-ZAP, como explicitado no site, é calculado através do valor do m²,

      Errado. O FIPE-ZAP é um índice de Laspeyres, portanto, de preços relativos.

      para isso é utilizado o preço do imóvel anunciado dividido pela área útil do mesmo, agrupa-se os valores do m² por bairros e retira-se uma mediana ou média (o site não explicita a metodologia), deste valor é calculado o valor do m² na cidade, levando-se em conta o peso de cada bairro de acordo com o senso do IBGE.

      Errado. A metodologia é explícita: os preços médios de cada região são calculados com base na mediana dos valores estratificados por quantidade de dormitórios, e não por metro quadrado.

      Em relação a média ou mediana, isso de forma alguma explica vieses contidos neste tipo de amostra, como quer se fazer acreditar nossa amiga Kassia.

      Errado. Primeiro que há limites para a determinação da validade dos anúncios que fazem parte da estratificação. Superiores e Inferiores. E, ainda, ao adotar a mediana para o estabelecimento dos valores das células de estratificação, obtém-se um estimador mais robusto do que a primeira.

      Acredito que talvez seja essa medida que usem no FIPE-ZAP, pois realmente percebe-se que os valores de imóveis se concentram nas faixas mais altas.

      Errado. A distribuição de preços tende aos valores mais baixos, e não aos mais altos, o que faz com que a mediana seja inferior à média em distribuições concorrenciais de preços.

      O que se pode afirmar, com boa chance de acerto, é de que ao colocar um valor no imóvel baseado no índice FIPE-ZAP existe grande chance de você estar supervalorizando ele

      Erradíssmo. Afirmação de quem é completamente IGNORANTE no mercado imobiliário. Eu afirmo, com base na minha experiência, que a precificação de um imóvel com base no FIPE-ZAP CERTAMENTE o está subvalorizando-o, já que, como disse acima, há uma maior concentração de preços mais baixos na amostra - o que é natural, já que os imóveis mais baratos são a maioria, enquanto os mais caros, a minoria. Como se trata de mediana, então ao precificar seu imóvel pelo valor do FIPE-ZAP, você o está SUB-VALORIZANDO-O, ou seja, o valor do imóvel, em geral, é mais elevado que o apontado pelo FIPE-ZAP com base no metro quadrado da região na qual está inserido.

      Excluir
    4. Simples assim, entrem neste endereço: http://www.zap.com.br/imoveis/fipe-zap/ , cliquem na aba "como é feito o cálculo" e confiram como este é feito, é bem simples, não tem nada de derivada ou qualquer complicação.

      Novamente, o cálculo é feito através do valor absoluto pela área útil, o número de quartos é usado apanas para comparar o valor do metro quadrado entre os apartamentos de 1,2,3,4 e etc quartos, mas no final todos entram em conjunto para o calculo do valor do m² no bairro, independente se colocado um peso para o numero de quartos.

      Agora essa história de que há um limite de anúncios para o cálculo, que a distribuição tende aos valores mais baixos, tudo isso é coisa da cabeça dela, não esta lá para conferirmos.

      Veja bem, alguém acha que eles vão ficar procurando entre os milhares de imóveis anunciados aqueles que já foram anunciados mais de uma vez e ainda por imobiliárias diferente, para com isso. Em relação a distribuição tende aos valores mais baixos, preciso contra argumentar?

      Agora, nos mostre aí um link oficial do site ZAP onde possamos conferir essas a distribuição e a metodologia de cálculo do índice.

      Excluir
    5. kkkkk..Os bolhotas não sabem nem pesquisar uma metodologia de cálculo do FIPE-ZAP....kkkk
      Com esse atraso informacional não me admira que sejam bolhotas...kkkkkkk

      http://www.fipe.org.br/web/indices/fipezap/metodologia/%C3%8Dndice%20FipeZAP%20-%20Notas%20Metodol%C3%B3gicas%20v20110216.pdf

      Excluir
    6. Vixe... queria ver o anônimo rebater essa, mas ele não vai nem COMPREENDER o documento. Fica pra próxima... rs...

      Excluir
    7. kkkkk, até o link que o bolhota mandou não contraria a explicação dela... Esses caras estão surpreendendo a cada dia kkkkkkk

      Brasileiro(alguns) é muito carente mesmo, basta um psicopata falar bonito que ele acredita... nem verifica e ainda sai repetindo!!!

      O outro ainda fala que não paga acima do IGP-M, é claro que quando o reajuste é feito acima do IP-M é porque o contrato está vencido!!!

      De onde sai esses caras?????? Da sainha da mamãe

      Excluir
  28. Eu concordo com você plenamente em relação ao índice, até porque ele reflete apenas a vontade do mercado, se essa vontade é expressa na realidade isso é outra história, pois este índice não serve para aferir isso, como já explicado anteriormente não dá para comparar o que é vendido com o que é anunciado.

    O índice esta muito super valorizado, de tal forma que eu acredito que deva ser difícil para quem é corretor avaliar um imóvel hoje em dia, pois o proprietário já tem um preço de FIPE-ZAP que o próprio corretor deve saber que não condiz com a realidade.

    Agora, querer inferir que o mercado imobiliário esta muito bem porque houve variação positiva do índice, não tem absolutamente fundamento algum, apenas mostra a pretensão de quem esta vendendo e não os resultados do mercado em si e essa é a grande crítica em si.

    Nos EUA por exemplo, também eram utilizados índices semelhantes antes da crise imobiliária, o fato é que após a crise passou-se a utilizar além destes índices de anúncios, aqueles que inferem o valor pelo qual os imóveis são negociados e o número de imóveis vendidos, de maneira tal que hoje é possível o consumidor saber o preço real pelo qual os imóveis estão sendo vendidos e comparar ao que esta sendo anunciado.

    Sendo assim, cabe ao comprador decidir se aquele imóvel vale mais ou não do que ele esta sendo anunciado e mais importante ainda, se existem imóveis sendo vendidos ou não, porque mesmo em um mercado inflacionado que ocorram poucas vendas, se 1 um imóvel apenas é vendido a um preço absurdo, o índice de venda também será elevado.

    É aí que esta o problema dessa porcaria do índice FIPE-ZAP, ele mede apenas a vontade dos vendedores no mercado imobiliário, a outra metade, tão importante quanto, a vontade dos compradores, não é avaliada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu repito e afirmo: Proprietário que estabelece o valor do seu imóvel com base no FIPE-ZAP o está precificando ABAIXO de seu valor de mercado. Isso acontece pois o calculo do valor do metro quadrado com base na estratificação e por mediana tende e jogar o preço mediano para baixo. Logo, ao precificar um imóvel, o proprietário deve colocar um valor SEMPRE superior ao indicado pelo FIPE-ZAP para a célula. Um bom valor é colocar 10% acima do FIPE-ZAP, para imóveis prontos e usados. Para imóveis de categoria mais elevada dentro da célula, e novos, pode-se usar até 20% acima do FIPE-ZAP.

      Excluir
    2. Ah, detalhe: IGNORE qualquer proposta que seja inferior ao FIPE-ZAP + 5% na região do seu imóvel. Não responda a e-mails que ofereçam valores abaixo disso (FIPE-ZAP mais 5%), pois em geral são propostas de aventureiros que não tem dinheiro para comprar, e estão apenas bisbilhotando. Esses tipinhos não merecem sequer o tempo dispensando na redação de um e-mail de resposta. Simplesmente delete.

      Excluir
    3. Está dando de instrutora para corretores agora?

      Acabou a fase de esnobar os clientes Dona Kássia. Se você esnobar, o cliente vai procurar outra imobiliária e outro apartamento para comprar. E nem tente mandar o cliente se fo...(como você fez num comentário acima).

      Mamãe não te falou que é feio usar estas expressões?

      Vai levar palmadinha no bumbum.

      Excluir
  29. Brasil tá ótimo! Todo mundo tá rico! Qualquer um compra imóvel de 1.000.000,00 + uma Captiva (no mínimo). Pra que viver de aluguel gente!!! O Brasil MUDOU!!

    E esses protestos são apenas uma forma da população se divertir, deixar o Face com uma cara mais real! Afinal, uma população rica e feliz não tem porque protestar por nada.

    Não me venham falar que a economia está ruim porque é MENTIRA! Comércio bombando!!!

    Até 2016 seremos a 3ª maior economia mundial com certeza!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PO, não faz isso não... do jeito que vcs erram as previsões que escrevem, vai ser tudo ao contrário kkkkkk

      Sou o anônimo dos 5 "k"
      kkkkk

      Excluir
  30. Kássia,
    DO LADO DE BAIXO:
    Acho que existe uma BOLHA DO SALÁRIO MÍNIMO!!!
    Em 2002 era de R$ 180,00 e hoje é de R$ 678,00
    Aumento de 276%, sendo que a inflação acumulada no período (IPCA) foi de 68%
    O salário mínimo precisa acompanhar a inflação e baixar!!!!
    Está fora de realidade esse valor de R$ 678,00!!!!
    O salário mínimo está bolhudo e precisa baixar para R$ 302,40!!!
    --------------------------------------
    DO LADO DE CIMA:
    Também acho que existe uma BOLHA DO TETO DO FUNCIONALISMO PÚBLICO!!!
    Em 2002, o teto dos ministros do STF era de R$ 12.720,00.
    Hoje passou a ser de R$ 28.059,29.
    Aumento superior a 120%, sendo que a inflação foi de 68%
    Salário bolhudo, tem que baixar!!!!!
    rsrsrsrsrsrrsrsrsrrsrsrsrsrrs
    Joaquino

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato Joaquino!kkkkkkkkkk
      Tá tudo bolhudo!

      Excluir
    2. Kkkkk pq lá só tem idiota que não aguenta ser contrariado. Não tem argumento que resista à censura de lá... Só começar e chama a moderação. Pede para o seu boss(ta) liberar os comentários que vamos para lá.

      Ou então fazemos igual a vocês: trocados de nicks umas 20 vezes e ficamos postando anonimamente por aí. ..

      Enquanto isso vamos esperando as quedas de 80% e preços pré 2008.


      Kkkkk

      Excluir
    3. Aff...como esses bolhotas são carentes. Ficam implorando para eu comentar no site dos profetas, pipoqueiros, donas-de-casa falidas e losers em geral...kk

      Excluir
  31. R$ 678,00 é grana pra caramba! Dá pra financiar uns 3 imóveis. Juros baixíssimos com tendência de queda e ainda por cima TR zerada!! Tá fácil viver no Brasil. Pobre povinho da Noruega e Canadá...

    AAIII UIIII... SERÁ que SINTO VERGONHA ALHEIA POR ELES???

    ResponderExcluir
  32. Só me expliquem uma coisa.... peraí... deixa eu ver se entendi....

    Um imóvel foi comprado por R$ 50.000 em 2001.... daí em 2008 em diante o governo entra forte nos estímulos ao mercado. O mesmo imóvel "passa" a valer R$ 185.646,5 (valorização de 30%aa), sendo que agora é 12 anos mais velho e a cidade ao seu redor pouco mudou.

    Aí mais 10 anos e o imóvel valerá 2,5 milhões mais 10 anos, 35,2 milhões, mais 10, 486 milhões (fim dos 35 anos de financiamento),

    Uau! Vooaa Telex Kássia

    pessoal, a Kássia está certa. Vamos comprar juntos vários imóveis agora e, quando pagarmos o financiamento, nossos netos poderão juntos vendê-los e compraremos a Europa!!

    Voooooaaa Telex Kássia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkk

      é isso aí, vai pensando assim que quem sabe vive não compra pelo preço de 2001 tb

      Kkkkk

      Excluir
  33. Subprime brasileiro?
    "www.estadao.com.br/noticias/impresso,duvida-agora-e-se-ha-um-subprime-brasileiro-,1058105,0.htm"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkk

      Vamos aguardando... Será que agora vai? Ou vamos ter de esperar mais 4 anos???

      Enquanto isso vamos pagando aluguel ou morando na casa da vovó

      Kkkkk

      Excluir
    2. Respeito quem acha que morar de aluguel é uma opção melhor.
      No entanto, eu particularmente acho muito melhor ter um teto próprio, pois minha experiência com aluguel não foi das melhores...
      Vim pra SP já faz mais de 10 anos e lembro que na época foi um trabalho para achar um que atendesse satisfatoriamente as necessidades e que coubesse no bolso. Fora gastos para compra de uma mobília básica [cama, fogão, geladeira e sofá). Disse básica, pois não comprei um mobiliário dos meus sonhos e acho que em geral quem mora de aluguel não compra móveis top de linha.
      Depois de um tempo, já acostumada com o meu cantinho, simplesmente fui convidada a me retirar pois o proprietário pediu de volta, segundo ele para acomodar um parente...
      Volto eu procurar de novo um imóvel, sendo que desta vez o escolhido já tinha fogão e geladeira... Adeus para esses dois eletrodomésticos semi-novos....
      Depois de um tempo, já acostumada com o bairro e estabilizada financeiramente comprei meu querido apartamento. É pequenininho, cerca de 70m, mas é todo meu, já quitado.
      E o melhor de tudo, ao contrário do aluguel, o meu eu decorei do jeito que eu quis, Pinto e repinto ele a hora que eu quiser. Também mobiliado com aquela geladeira e o fogão dos meus sonhos.
      Tudo isso aqui relatado pode ser besteira para muitos, coisa de mulher, blá, blá, blá, mas o importante para mim é que estou muito bem e ponto.
      Respeito quem prefere o aluguel e longe de mim querer ser a dona da verdade, mas pra mim não deu certo.
      Não bastasse a grana já acordada, ter que pagar IPTU e seguro de incêndio de um imóvel que não é seu..... é f....


      Excluir
    3. Mas por que será que essa história soa muito mais verdadeira do que a falácia de dizer que morar de aluguel é um conto de fadas?

      Só ouço história de gente correndo para achar outro apt pq o proprietário botou para correr. Ou então sempre tem aquela surpresinha na renovação do contrato...

      Essas histórias felizes só ouço pela boca dos bolhistas. A realidade é bem diferente. ..

      Kkkkk

      Excluir
    4. é verdade. comigo também já ocorreu de proprietário não querer renovar, de me "expulsar", enfim, ficar empacotando, jogar fora um monte de coisa...infelizmente é algo normal para quem mora em apartamento alugado, com raras exceções...Já ouvi de um bolhota que ele paga menos que 0,01% do valor de um imóvel alugado a anos na região da avenida Paulista. Ou é um mentiroso, ou o dono está fazendo só lavagem de dinheiro, ou o dono é é imbecil ou "já está morto, sem herdeiros e o contrato está se renovando automaticamente"...sem explicações plausíveis. óbvio neste caso que se vangloriar que morar em apartamento alugado é melhor...mas a realdade um dia bate a porta

      Excluir
  34. Trecho de uma matéria da Exame já um pouco antiga, mas pertinente para o assunto: "Por mais que um imóvel não quitado ainda não seja efetivamente seu, ele será mais seu do que um imóvel alugado jamais será. Enquanto paga as prestações você já pode reformá-lo ou decorá-lo a seu bel-prazer, além de consertar qualquer problema tão logo ele apareça. Não haverá a burocracia de se pedir a autorização de um proprietário – que pode, ainda por cima, ser irredutível nas exigências. Além disso, os imóveis disponíveis para alugar, principalmente aqueles bem localizados nos grandes centros, costumam ser de má qualidade, tamanha a disposição dos inquilinos de morar “perto de tudo”, ainda que o imóvel não esteja nas melhores condições. Outro problema são os imóveis que os proprietários querem alugar já mobiliados. Para quem tem mobília, só resta ser desapegado e se desfazer dela, ou desistir do apartamento, mesmo que ele pareça perfeito. É na casa própria que a pessoa tem a sensação de construir um lar. É onde ela vê a recompensa pelo esforço do seu trabalho”, diz Luiz Krempel, CFP, planejador financeiro certificado pelo Instituto Brasileiro de Certificação de Profissionais Financeiros (IBCPF)."

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Outro trecho da mesma matéria: "Parece óbvio, mas a decisão de comprar um imóvel deve levar em consideração não só questões financeiras, como questões práticas da vida. “Fazer contas para saber se é mais vantajoso comprar ou alugar é bom para uma empresa, mas não para uma família. Independentemente do que acontecer, a família vai precisar de um teto todo santo dia”, diz o consultor financeiro Mauro Calil. O aluguel carrega em si um risco que pode ser alto, principalmente para quem tem filhos em idade escolar. Contratos de aluguel valem por 30 meses, e após este período, o proprietário pode pedir o imóvel de volta a qualquer momento, a menos que seja feito um novo contrato. Nesta última possibilidade, o aluguel provavelmente será revisto, em geral com reajuste acima da inflação.
      No caso de o proprietário pedir o imóvel de volta, ele pode dar apenas um mês para você e sua família saírem. Ou seja, todos terão que sair da casa com a qual já estão acostumados, e talvez até mudar de estilo de vida, pois nem sempre há imóveis de qualidade perto de onde a sua vida acontece: a escola das crianças ou o trabalho dos pais, entre outras atividades.
      Por isso, é possível que você tenha que se contentar com uma moradia mais cara ou de má qualidade. Fora a dor de cabeça do processo e os gastos que envolvem a mudança, como a possível compra de novos móveis, reconhecimentos de firma, e retirada de matrícula atualizada do imóvel do fiador, se for o caso.
      De posse de um imóvel quitado, essa preocupação deixa de existir, e as mudanças normalmente poderão ser mais planejadas, pois envolvem a venda e a compra de um novo bem. Ainda que o imóvel seja financiado, as parcelas podem diminuir com o tempo, ficando, portanto, mais leves para o bolso."

      Excluir

Observação: comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões) ou conteúdo ofensivo, racista, homofóbico ou de teor neonazista ou fascista (e outras aberrações do tipo) serão apagados sem prévio aviso.