sexta-feira, 14 de setembro de 2018

Votar em Amoêdo, Meirelles ou Álvaro é colocar o PT no poder

As pessoas que estão inclinadas a votar em João Amoêdo, Henrique Meirelles, Álvaro Dias e Cabo Daciolo são os chamados "inocentes úteis" que estão fazendo o jogo do PT, e são os responsáveis diretos pela possível volta do PT ao Palácio do Planalto em 2019.


Ao votar nesses candidatos, o eleitor "inocente útil", parceiro involuntário do PT, divide o voto da Direita, e garante que o Fernando Haddad, com cerca de 15% ou 16%, vá para o segundo turno e vença a eleição no segundo turno. O PT quer enfrentar o Bolsonaro no segundo turno como fica claro no texto da jornalista petista Helena Chagas (veja aqui). O PT quer enfrentar o Bolsonaro no segundo turno, pois sabe que é o único que eles podem vencer.

Agora, se quem estiver votando em João Amoêdo, Henrique Meirelles, Álvaro Dias e Cabo Daciolo, despejar o voto no Alkmin (que é o segundo mais competitivo da Direita), teríamos a seguinte configuração:

CandidatoIPOPE 8-11/9
Jair Bolsonaro26,00%
Ciro Gomes11,00%
Marina Silva9,00%
Geraldo Alckmin9,00%19,00%
Fernando Haddad8,00%
Alvaro Dias3,00%
João Amoêdo3,00%
Henrique Meirelles3,00%
Vera1,00%
Cabo Daciolo1,00%


Ou seja, se esse povo do Amoêdo-Meirelles-Alvao despejar o voto no Alckmin, ele pula para 19% e coloca o Alckmin no segundo turno com o Bolsonaro, e tira o PT. Então, eleitores de Amoêdo, Meirelles e Alvaro Dias é que estão fazendo o jogo do PT e serão os responsáveis pela volta do PT em 2019.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões) ou conteúdo ofensivo, racista, homofóbico ou de teor neonazista ou fascista (e outras aberrações do tipo) serão apagados sem prévio aviso.