sábado, 9 de novembro de 2019

Lula solto e Bolsonaro re-eleito no 1º turno em 2022

O fato de Lula ter sido solto tem potencial de ajudar a reeleição de Bolsonaro em 2022. Até mesmo porque a liberdade de Lula pode ser provisória. Vejamo: em outubro de 2020, o Fux (apoiador da Lava Jato) será o presidente do STF, e no lugar do Celso de Melo (garantista), haverá um ministro indicado pelo Bolsoraro, provavelmente o Andre Mendonça (atual AGU), que é evangélico, conservador, linha dura e aliado do Moro. Ou seja, o placar vira para 6x5 para lava Jato daqui a 1 ano. Em junho de 2021, sai o Marco Aurélio e entra no lugar o Moro. E aí o placar altera para 7x4 a favor da Lava Jato.

Lula solto e Bolsonaro re-eleito no 1º turno em 2022

Na economia, em 2020 o Brasil estará crescendo 3% (segundo previsão do presidente do Bradesco). Isso vai ajudar aliados do Bolsonaro nas eleições municipais, elegendo vereadores e prefeitos aliados, que são os cabos eleitorais da eleição de 2022.


Em 2021 e 2022, o Brasil estará crescendo a 4,5%. Em 2022, a taxa de desemprego pode vir abaixo de 9%. E o governo estará com muito dinheiro para torrar em muitos programas sociais.

A popularidade do Bolsonaro já está subindo novamente. E tende a crescer cada vez mais quanto mais cai o desemprego.

Além disso, o Lula solto tende a tornar o governo Bolsonaro mais sóbrio e o presidente menos verborrágico. O Lula solto é ótimo para o Brasil e para o governo Bolsonaro.

Esse quadro aponta para uma eleição do Bolsonaro em 1º turno em 2022. Vai se repetir FHC/1998.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões) ou conteúdo ofensivo, racista, homofóbico ou de teor neonazista ou fascista (e outras aberrações do tipo) serão apagados sem prévio aviso.

alert('Olá prazer em conhecê-lo!'); alert('Olá ' + comment.authorUrl + ', prazer em conhecê-lo!');