sexta-feira, 16 de novembro de 2007

Cuba é um típico estado FASCISTA

Este artigo mostrará que a verdadeira natureza do estado cubano é FASCISTA, e não socialista, como apregoam os esquerdistas. O caráter fascista do estado CUBANO fica claro quando analisamos o que é o fascismo.

Cuba, Estado Fascista

Repressão à oposição política

A palavra fascismo é usada para definir sistemas de governo que, tal qual o governo de Benito Mussolini, exalta a nação e o Estado, e onde se usa intensa propaganda política estatal e censura para suprimir pela força a oposição política. Ora, sabemos que o estado cubano não permite a existência de rádios ou televisões privadas, e que os meios de comunicação estatais fazem propaganda sistemática do regime fascista de Fidel Castro. As correspondências não param por aí: o regime fascista cubano também emprega violência política contra a oposição, inclusive assassinando – por questões meramente políticas – e em tribunais de exceção, opositores do regime.


Coletivismo

O coletivismo é outra característica fascista presente no regime cubano. O estado cubano, por sua natureza fascista, procura mobilizar as massas com propaganda vulgar e violência, e é clara sua oposição às idéias liberais, como as que vigoram nos Estados Unidos da América. O fascismo é historicamente ant-liberal, por isso a aversão de líderes cubanos ao regime liberal que vige nos Estados Unidos da América.

O líder messiânico

Hugo Chavez e Fidel Castro: Lideres messiânicos

Todas as formas de fascismo, e nisso o regime cubano é exemplar, não prescindem de um ator político no qual são depositadas todas as esperanças e também as responsabilidades. No regime fascista de Cuba, Fidel Castro é esse ator, é esse líder messiânico. Não é por outro motivo que o establishment cubano tenha imenso medo da morte do ditador fascista Fidel Castro: sabem que sua presença messiânica é fundamental para a manutenção do regime. Sem Fidel, o regime fascista pode ruir.

O Estado fascista é onipresente

O fascismo também é descrito como um sistema no qual "o Estado não apenas é autoridade que governa e molda as vontades individuais com leis e valores da vida espiritual, mas também poder que faz com que a sua vontade no estrangeiro prevaleça”. Ora, o Estado fascista cubano tenta controlar todos os aspectos da vida dos cidadãos, estabelecendo, inclusive, o que, quanto cada cidadão deve comer. Esse controle alimentar se dá por meio da famosa libreta de racionamento.

Tutto nello Stato, niente al di fuori dello Stato, nulla contro lo Stat" (Tudo no Estado, nada fora do Estado, nada contra o Estado")

Essa é uma máxima da filosofia fascista que é um dos componentes fundamentais do regime fascista cubano. Em Cuba, todas as empresas são do Estado. Todos os cidadãos trabalham para o Estado. Todas as propriedades são do Estado. Ninguém pode sair de Cuba sem autorização do Estado. As pessoas se alimentam conforme o estabelecido pelo Estado. O Estado define tudo na vida das pessoas, dos esportes, da cultura, da literatura. Os livros que os cidadãos são autorizados a ler são apenas os autorizados pelo Estado. Tudo na Cuba fascista está dentro do Estado e ... nem indivíduos ou grupos estão fora do Estado... No Fascismo cubano, o Estado é absoluto, perante o qual os indivíduos ou grupos são apenas instrumentos de perpetuação de poder.

Conclusões

O estado cubano proclama-se como “socialista” ou “comunista”. Entretanto, essa auto-proclamação é incorreta e não se sustenta perante aos fatos. A natureza do estado cubano, como mostramos é essencialmente fascista, pois suas estruturas de controle, de poder, e políticas são formatadas com base em conceitos que chocam-se violentamente com as concepções socialistas. O papel do Estado é emblemático. O tipo de atuação do estado cubano não pode ser considerado socialista, pois, na ideologia socialista o Estado é visto como "mal necessário", sendo que algumas formas de socialismo, como o socialismo libertário, rejeitam completamente o estado. O estado fascista cubano, porém, fiel a sua natureza FASCISTA, crê no Estado como um fim em si mesmo, e digno de obediência e subserviência por parte do povo.

O povo cubano serve para obedecer ao Estado. E só. Nada mais fascista do que isso.

5 comentários:

Conde Loppeux de la Villanueva disse...

Vc é um analfabeto funcional. Será preciso lembrar ao sumo ignorante que quem governo Cuba é o Partido Comunista?

///////////////////////////////////////////////////////////////////////

Oi querido, leia minha réplica do comentário acima.

O Estado cubano é fascista e comunista, pois fascismo e comunismo são duas faces da mesma moeda: estatismo, autoritarismo e totalitarismo.

Té mais ver:)
Kássia Tavares

Conde Loppeux de la Villanueva disse...

Seu texto é uma farsa. O que vc faz é inverter a lógica dos comunistas, acusando em fascistas inexistentes, o que é obra de comunistas. No fundo, vc colabora com eles e vem com essa pantomima de afirmar que essa comunidade aqui é liberal. Liberal é o cacete. Nenhum liberal falaria que Cuba não é socialista. Até o fascismo é socialista, pq preconiza, junto com os comunistas, a onipotência do Estado. A diferença é que o Estado totalitário cubano é pior do que um Estado fascista, pq ele controla tudo. Nem o Estado fascista chegou ao nivel de controle de um Estado comunista. Vá ler e pare de escrever bobagens na internetQ!

//////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

Oi querido, vc está muito extremando.

Apenas quero mostrar, com meu artigo, que o "Fascismo" - tão condenado pelos esquerdinhas - nada mais é que uma versão branda do socialismo ou do comunismo. Nesse sentido, o estado Cubano é fascista sim, pois estão nele presentes todos os parâmetros teóricos do Fascismo.

Enfim, pretendo mostrar, com meu artigo, que a esquerda, mais uma vez, se usa de métodos diversionistas para enganar as pessoas.

Kássia Tavares

facista disse...

o facismo e capitalista e respeita ate certo ponto liberdades individuais seu ignorante

Daniel lima Prado disse...

Socialismo é Utopia Marxista! cuba é comunismo absolutista assim como facismo tambem é Absolutista.

Dayher Gimenez disse...

O Conde Loppeux de la Villanueva está certo...

Estás misturando tudo, querida. Não sei se com ou sem intenção. Mas, que está, está.

Postar um comentário

Observação: comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões) ou conteúdo ofensivo, racista, homofóbico ou de teor neonazista ou fascista (e outras aberrações do tipo) serão apagados sem prévio aviso.

alert('Olá prazer em conhecê-lo!'); alert('Olá ' + comment.authorUrl + ', prazer em conhecê-lo!');