sábado, 2 de fevereiro de 2008

Os liberais precisam estar no ESTADO

Estive pensando em uma estratégia para derrotarmos os esquerdistas definitivamente. Acho que é uma estratégia que pode dar ótimos resultados, porém, precisamos tomar alguns cuidados. Ficar discutindo nesses fóruns eletrônicos, detonando os esquerdinhas pode ser divertido, mas nos trás poucos resultados práticos.

Liberais no Estado Brasileiro

Então, o que, nós, anti-esquerdistas e alinhados com o pensamento liberal devemos fazer?

Simples: adotar uma estratégia gramasciana, só que para nossos propósitos.

Os fatos:

1. Sabemos que somos superiores intelectualmente. As discussões, em qualquer forum (blogs, Orkut, Facebook, Twitter, entre outros) deixam claríssima essa questão.

2. Sabemos que somos mais inteligentes e capazes que qualquer esquerdista, pois, do contrário, não seríamos liberais.

3. Os esquerdinhas, por outro lado, apesar de mais limitados intelectualmente, procuram empregos públicos, onde, após obterem estabilidade, ficam fazendo proselitismo político.

A estratégia:

1. Os liberais devem se esforçar e colocar como meta, PASSAR EM CONCURSOS PÚBLICOS, desde os cargos mais baixos, até os mais elevados.

2. Uma vez dentro do Estado, começarmos a disseminar a ideologia liberal, e pautar sua atuação em função de sua ideologia! Exemplo: tratar bem os cidadãos, trabalhar sempre pensando em melhorar a eficiência, e ir fazendo a cabeça dos demais com a ideologia LIBERAL.

3. NÃO SE SINDICALIZAR EM HIPÓTESE ALGUMA! Pois, do contrário, poderemos ser atingidos pela doença esquerdista.

4. Reservar uma parte do salário e aplicar REGULARMENTE na Bolsa. Pois quem aplica em Bolsa de Valores está sempre em contato com os valores liberais de mercados livres, e torcendo por privatizações, e menos tributação.

Os resultados de longo prazo:

Se o Estado brasileiro for tomado por LIBERAIS - e isso é perfeitamente possível - e sabemos que quem manda é do TERCEIRO escalão para baixo, o Brasil entrará numa rota inexoravel em direção a um capitalismo lassaiz-fair em na acepção da palavra, e não esse simulacro de capitalismo que temos no Brasil.

Eu já estou colocando em prática essa estratégia.

Além disso, estive observando, os salários em cargos bons do estado estão muito elevados, então, uma estratégia como essa pode até nos fazer bem financeiramente.

Mas todo o cuidado é pouco: NÂO PODEMOS NOS DEIXAR INFLUENCIAR PELAS IDÉIAS ESQUERDISTAS que permeiam o estado, e por isso são importantes não se sindicalizar e investir na Bolsa.

Eu, confesso, já estou com minha estratégia em prática. Saí do meu emprego em Banco e passei no concurso da Receita Federal, como auditora fiscal. Estou concluindo um curso de Direito e vou, depois, partir para Procuradoria Geral da República.

Mas, enquanto na SRF acho que tenho muito trabalho.

- Sou uma das poucas a comemorar o fim da CPMF. Mas estou convencendo mais e mais pessoas que foi a melhor coisa que aconteceu.

- Estou difundindo dentre os meus colegas a importância da aprovação do Código de Defesa do Contribuinte. Muitos eram contrários, mas, agora, já estão olhando com outros olhos.

- Pouco a pouco vou difundindo valores LIBERAIS - como a importância das privatizações.

- Sempre pauto minha atuação como pró-contribuinte, e não pró-estado. É claro que não vou fazer nada fora da legalidade, pois isso pode me custar o emprego, mas, quando existe espaço para interpretações, ou decisões, procuro sempre pensar em como beneficiar os contribuintes - sejam empresários, pessoas físicas e etc.

Garanto que a estratégia tem dado certo. É pouco, se formos muitos liberais no estado brasileiro podermos mudar o Brasil no médio, longo prazo, conseguirmos as privatizações, a diminuição da carga tributária, a proteção dos direitos de propriedade, o fim das regulamentações.

Além disso, precisamos em todos os poderes! Liberais no Judiciário são fundamentais, pois juízes, promotores de desembargadores liberais poderão proteger a propriedade privada.

Enfim, essa estratégia é viável e pode dar certo.

4 comentários:

Lucas Gonçalves disse...

Muito bom seu artigo. mas não acho que os esquerdistas levem muitas vantagens profissionais. Já que estes se formam só em curso de humanas "de fachada". Pelo menos em rendimento o direitista leva muito mais vantagem, falando na média. O problema maior é que, mesmo o grosso do povo trabalhador sendo direitista, ele não se importa com o avanço comunista, já que nossa formação primária é inteiramente formada por comunas. Logo, o cidadão entra em um estado de sentir-se invunerável a qualquer investida socialista, uma vez que as teorias conspiratórias desses "professorzinhos" nos fazem pensar que o neoliberalismo é unanime na política nacional, sendo exatamente o contrário disso.
Tomei conhecimento agora de seu blog (através de seu profile no orkut). Achei-o excelente. Irei até adicioná-lo entre meus favoritos! Parabéns!

Edson E Jesus disse...

Olá, tive acesso ao seu blog no Google e apesar de seguir o liberalismo, não só econômico, não gosto do termo "neoliberal" pois este deturba os valores Liberais e acabou virando sinômimo de bagunça econômica, eu acredito que exista apenas o Liberalismo seus valores e seu grandes pensadores, ser liberal não é apenas aplicar nas bolsas é um modod de vida.
Achar que as pessoas que são socialistas são "inferiores" é totalmente contra o que prega o liberalismo e está longe dos ideias Liberais, afinal ser tolerânte é uma das máximas Liberiais, como disse Kant, "ningém poderá obrigar-me a ser feliz a sua maneira", se quisermos trazer a Luz para a sociedade brasileira temos que trazer pelo que o Liberalismo é, uma doutrina que prega o respeito ao próximo, suas idéias e principalmente seus direitos.

Abraços

Edson E Jesus

Maurício E. disse...

A estratégia pode ser ótima mas tem um probleminha. O "ser" liberal é pela própria natureza avesso ao Estado. É anti-Estado. Sabe que o Estado é o problema, o inimigo, o Leviatã. Já o ser liberal só funciona bem na iniciativa privada. Fiz três faculdades, tive cinco empresas e mesmo nos meus momentos de maior dificuldade financeira, tive três oportunidades de trabalhar no Estado ou com o Estado e recusei. Ser liberal é também uma condição genética! "A águia voa sózinha enquanto os corvos voam em bando". Abraços.

MCA disse...

Meus Deus, se o ridículo matasse!!!

Postar um comentário

Observação: comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões) ou conteúdo ofensivo, racista, homofóbico ou de teor neonazista ou fascista (e outras aberrações do tipo) serão apagados sem prévio aviso.

alert('Olá prazer em conhecê-lo!'); alert('Olá ' + comment.authorUrl + ', prazer em conhecê-lo!');