sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Blog Bolha Imobiliária falsifica matéria do jornal O Globo

O site Bolha Imobiliária novamente adota a prática de falsificar o título de uma matéria de um grande jornal.  Eles já tinham falsificado matéria do Valor Econômico, e agora procuram enganar seus leitores com nova falsificação. A matéria original, publicada na edição impressa do jornal "O Globo" tem o seguinte título: "Prazo: o outro vilão do crédito", mas, no site Bolha Imobiliária, ele se transforma em "O Globo: Financiamento Imobiliário pode ser péssimo negócio".

Liar no face

Além disso, em nenhum momento da matéria original se fala que "Financiamento Imobiliário pode ser péssimo negócio", motivo pelo qual o título do post no site bolha imobiliária é uma mentira, uma publicação falsa e grotesca, que engana seus leitores, ao invés de informá-los.


Matéria falsificada no Blog Bolha Imobiliária
 A matéria original segue abaixo.

-------------------------------------------------------------------------------------------
Prazo: o outro vilão do credito
Fonte: O Globo - 21/01/2013

É sabido que dar o maior valor possível de entrada e optar por prazo menor faz com que se pague menos por um financiamento. Mas, quando se vê isso em números, a diferença assusta. A redução dos juros pela Caixa Econômica para imóveis que custam acima de R$ 500 mil foi, sim, um empurrãozinho para a classe média, que hoje se vê sem muitas opções de imóveis compatíveis com esse teto. Mas, observe-se, ao tomar um crédito por prazo de 30 anos, paga-se duas vezes o valor que se pegou emprestado (ou mais, dependendo do banco), enquanto em 15 anos paga-se 50% a mais.

É o que mostra simulação feita pelos professores do Ibmec-RJ, Gilberto Braga e Marcos Heringer. No caso do financiamento de imóveis que se enquadram no Sistema Financeiro de Habitação (SFH), com valor máximo de R$ 500 mil, por exemplo. Pela Caixa Econômica, tomando-se um empréstimo de R$ 400 mil, com juros a 8,3%, o mutuário terá pago, ao fim de 30 anos, o total de R$ 881,3 mil - mais que o dobro. Já em 15 anos, R$ 641,3 mil. A prestação inicial será de R$ 3,77 mil e de R$ 4,88 mil, respectivamente.

Da mesma forma, ao adquirir um imóvel de R$ 1 milhão pela Caixa - já dentro das novas regras -, tomando um empréstimo de R$ 800 mil, com juros a 8,6%, o mutuário terá pago, em 30 anos, R$ 1,79 milhão. No prazo de 15 anos, ele pagará R$ 1,28 milhão. A prestação aumenta, é claro, mas não na mesma proporção: em 30 anos, a inicial será R$ 7,74 mil, e, em 15 , de R$ 9,77 mil.

Como a Caixa oferece taxas de juros mais atraentes - ao menos de balcão, já que a maioria dos bancos divulga uma taxa, mas a negocia de acordo com o perfil do cliente -, a diferença nos demais bancos é ainda mais gritante. No caso de um empréstimo de R$ 800 mil, o total pago ao longo de 30 anos será de R$ 2,10 milhões no Banco do Brasil (juros de 10%) e de R$ 2,32 milhões no Bradesco e no Santander (juros de 11%). Em 15 anos, o mutuário pagaria R$ 1,34 milhão no BB (8,9%); R$ 1,52 milhão no Bradesco (10,5%) e R$ 1,58 milhão no Santander (11%). O Itaú não informou suas taxas de juros.

Para os especialistas, a redução dos juros impulsiona ainda mais a portabilidade, facilitada ano passado, quando o Conselho Monetário Nacional (CMN) determinou que a migração da dívida não exigisse mais registro novo no cartório, o que pode custar até 3% do valor do bem. Segundo o economista Gilberto Braga, entre a prestação do banco com a maior taxa de juros do mercado e a do que oferece a menor, a diferença é de aproximadamente 15%.

No exemplo de um imóvel de R$ 1 milhão, financiado com 20% de entrada, em 15 anos, a prestação inicial é de R$ 11.432 no Santander e de R$ 9.777 na Caixa - menos R$ 1.655 ou 14,48%.

- Se o mutuário tiver um orçamento mais folgado, ele vai poder manter a prestação mais alta e reduzir o prazo, quitando o empréstimo mais rapidamente - sugere Braga.

A participação no mercado de crédito imobiliário dos imóveis com valor acima de R$ 500 mil ainda é bem pequena - em número de unidades financiadas, de 7,58%, contra 94,42% do SFH, segundo a Abecip.

Fonte: O Globo, edição impressa de 20/01/2013
-------------------------------------------------------------------------------------------

Nota: Será que o editor do site Bolha Imobiliária considera que seus leitores são idiotas, ou analfabetos? Pois só considerando isso para produzir sistematicamente falsificações de matérias jornalísticas e achar que isso não será confrontado com os fatos.

62 comentários:

  1. Mas o contexto da matéria mudou?
    Financeiramente, o negócio continua sendo ruim, certo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ruim é apelido, é um péssimo negócio comprar qualquer coisa financiada, ainda mais com os juros cobrados no Brasil.

      Excluir
  2. Ah, vá Kássia.

    O cara colocou a "fonte" de onde ele tirou a notícia. Foi do "observador do mercado" que é bem mais radical que o bolha imobiliária.

    Parece pinimba tua!!!!

    Kássia, tive em brasília ontem. Sabe o que vi em frente ao Hotel Nacional, perto do Conic? Um outdoor daqueles grandões de um corretor oferecendo seus serviços dizendo que vende com rapidez o meu apartamento, casa, lote ou whatever. Tá tudo bombando, que o pessoal já paga até outdoor para oferecer os serviços. rsss

    Esse teu índice de ligações em fim de janeiro está parecendo nosso índice de "plaquinhas vendem-se e alugam-se". rssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, concordo que meu índice de ligações é similar ao das plaquinhas...mas é um fato. Aumentou e muito. Se tem relevãncia ou não não sei.

      Excluir
    2. Você tem recebido mais ligações de compradores Kássia?

      Excluir
    3. as pessoas vao ligar porque inicio do ano existe naturalmente mai procura. ma se voce esta.recebendo.mais ligacoes e porque esta anunciando. mas voce mesma.falou que seus imoveis nao.estao em.ponto de venda. vc trabalha em imobiliaria nao e? qual delas?

      Excluir
  3. AAAFFFFFEEE!!! De novo esse assunto de Bolha Imobiliária!!!! Que coisa mais chata e sem graça!! Ninguém tá preocupado com isso não Kássia! Tanta coisa mais importante pra postar....

    ResponderExcluir
  4. Kássia, seus bolhudos em SP não estão aqui não né?

    Imóveis disparam e vendas travam ao redor da Ponte Estaiada

    http://invertia.terra.com.br/imoveis/noticias/0,,OI6429483-EI11434,00-Imoveis+disparam+e+vendas+travam+ao+redor+da+Ponte+Estaiada.html

    ResponderExcluir
  5. Tive o saco de comparar ambos os textos no Word. O cerne da questão não muda.
    Quem financia paga muito mais pelo bem, especialmente se for um imóvel financiado em 30/35 anos. Cá entre nós - coisa pra maluco! Sem noção mesmo.
    Observando melhor, vi que a origem foi no blog do "Observador do Mercado" e não no Bolha Imobiliária.
    Aliás, outros blogs já replicaram a matéria.

    ResponderExcluir
  6. Ao que parece vc não entende nada de jornalismo. O título da matéria, além de ser uma das coisas mais importantes da reportagem, tem que condensar o que a matéria fala. E, no caso, a matéria do Globo não fala que o financiamento é péssimo negócio. Nem como inferência isso poderia ser atribuído à matéria.
    A matéria apenas compara o montante de juros pagos é maior com o prazo maior.
    Agora, para falar que é mau negócio, teria que ver se depois de quitado o financiamento o imóvel vale menos do que foi pago.
    Atá agora isso nunca aconteceu. logo, o financiamento imobiliário atual, com juros baixos, é bom negócio. Mas isso é minha opinião, e não está na matéria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca na história deste país os imóveis valorizaram tanto em tão pouco tempo com tamanha falta de qualidade para povinho sem dinheiro "comprar". Logo, há bolha.

      Excluir
    2. e voce.entende de jornalismo?

      Excluir
  7. Você viu um comentário de um usuário chamado Ispião nessa mesma matéria?
    Observe ele pois acredito que vale a pena.

    Ispião disse:
    1 de fevereiro de 2013 às 11:24
    A conta que não vai fechar – e a solução

    ResponderExcluir
  8. Podem colocar o titulo que quiser , só doido para entrar num financiamento de 30 anos e pagar 500 mil num apto que vale no maximo 250 mil e ainda por cima te entregam sem piso , tanque de plastico e pias de metal rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você pode colocar o título que vc quiser na SUA matéria. Você não pode dizer que o outro jornalista relatou que "financiamento imobiliário é mau negócio" se ele não falou isso nunca na matéria dele.
      Então, quando vc fala que "O GLOBO" diz que "financiamento imobiliário é mau negócio", mas "O Globo" não disse isso em momento algum, então vc mente, e publica uma informação FALSA.

      Excluir
    2. O texto foi copiado do Observador do Mercado.
      Inclusive isso está detalhado no título do próprio texto

      Excluir
    3. Bom eu não minto e nem publico nada pois não tenho blog e muito menos algum jornal de circulação rs
      Apenas li a reportagem e vamos ser honestos o autor não disse com todas as letras mas deixa bem claro nas entrelinhas que é um mal negócio sim rs
      Comprar imovel no atual momento é um mico enorme isso é rs (minha opinião) rs rs
      Um beijão Kassia rs rs é apenas um debate ta não leve para o lado pessoal rs rs

      Excluir
    4. Também te mando um beijo Kássia (mas só se for bonita, se for baranga, só um tchau de longe)

      Excluir
    5. kkkkkkkkkk. tomou!

      Excluir
  9. Gostei do debate.

    Meus alunos na escola estão todos comentando sobre isso.
    Porém, uma das coisas que mais comentam é a crise brasileira para inicio desse ano e do próximo, mesmo com eventos como Copa das Confederações e Copa do Mundo.

    Sinto em informar aos leitores de ambos os blogs que grande percentual de alunos graduados não esperam muito do atual governo e por isso, o lema até então na faculdade onde lecionamos é "Estude, trabalhe e poupe"...pelo que vemos atualmente esse deve ser o lema para todos mas parece que não esta havendo esta conscientização...

    Abraços.
    Prof. Marcelo Augusto


    ResponderExcluir
  10. Na verdade mesmo é que, mudando título ou não, o que vale mesmo é a mensagem passada no texto, para os bons entendedores pelo menos. A mensagem é: financiamento imobiliário é um péssimo negócio.

    ResponderExcluir
  11. Pessoal, esse é o primeiro sintoma dos corretores... Desespero!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas a Kássia não é corretora, ela é investidora. E fica horas e horas perdendo tempo postando notícias sobre a inexistência de bolha.

      Investidor que está ganhando dinheiro não perde tempo com lendas.

      Ou será que a Kássia é corretora?

      Será?

      Excluir
  12. Prezada Kassia,

    não conhecia o site Bolha Imobiliária, depois que vc divulgou esta matéria visitei o site e acabei abrindo os olhos para o q eles discutem ali, parece bem provável o q está por vir.
    Obrigado....
    Parabéns SITE BOLHA IMOBILIARIA

    ResponderExcluir
  13. Kassiahhhhhhhh!!!!!

    Voce nao respondeu. Quero comprar seus dois apartamentos no NW.
    Assim como vc, tb quero ganhar com a valorizaçao. Compro de voce, daqui a uns tres anos eu revendo. O que comprou de mim RErevende e assim sucessivamente. Ate o fim dos tempos...Alias, eu acho que vou deixa-los valorizando e meus tataranetos venderao esses Ap's pelo valor de R$1.000.000.000,00.

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, não diz isso, já esqueceu dos planos anteriores ao Real... quem sabe daqui a 5 anos depois dos grandes eventos Copa/Olimpíadas R$ 1.000.000.000,00 não dê para comprar um chiclete.

      Imagina comprar um imóvel de 30m2 com 3 quartos por 415 Bi. No play vai ter roda gigante, churrascaria, parque aquático... financiado em 70 séculos.
      ahahah!

      Excluir
  14. Li a reportagem no blog e a que está aqui e é a mesma. E concordo. É um péssimo negócio. Os imóveis estão muito caros e o financiamento se torna um fardo. Qualquer espirro do mercado e o baque financeiro será enorme. Não vale a pena arriscar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esses bolhotas vivem em uma realidade completamente paralela. Aprendam: qualquer pessoa, até hoje, que pegou financiamento imobiliário jamais se arrependeu e hoje conta com imóveis que valem muito mais do que poderiam pagar.

      Quem pega financiamento imobiliário de 30 anos tem parcelas corrigidas pela "TR" - que é o índice mais baixo que existe - em torno de 2% ao ano.

      Além disso, nas modalidades atuais, as parcelas ficam DECRESCENTES, e com a inflação do jeito que está, em coisa de 5 ou 10 anos não deve nem mais ser representativa.

      Pior: quem aluga, paga valores CRESCENTES corrigidos pelo IGP-M! que é o índice que mais SOBE no mercado. Só isso.

      Então, eu não me admiro que os bolhotas delírem com sonhos utópicos nos quais os imóveis cairão de preços! Não. Eles acham que pagar um valor CRESCENTE para uma coisa que Não É SUA é melhor que pagar um valor DECRESCENTE por algo que é SEU! kkkkkkkkkkkkkkk

      Com essa capacidade de avaliação dos bolhotas, é evidente que eles vão ficar esperando bolhas estourarem por mais uns 30 anos. 4 aninhos sentados (com 60% de valorização dos imóveis no período) não foi o suficiente para eles aprenderem.

      É o que eu sempre digo: quando a cabeça não ajuda, o bolso sofre....

      Isso bolhotas, continuem no alguel mesmo. Excelente negócio...kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    2. Kássia, acho que seu raciocínio está quase perfeito.

      O problema é que os imóveis estão hoje com valores irreais e absurdos, graças à imensa especulação dos investidores contando com o suposto aumento de renda da população está sendo corroído pela inflação. Lembre-se que para se considerar algo realmente valorizado, o lucro tem que ser realizado, ou seja, tem que RECEBER pelo bem.

      Então, fica fácil fazer as contas. Mesmo com parcelas decrescentes, etc, o que vale no final de tudo é que quem entrar em um financiamento com estes preços vai pagar uns 3-4 imóveis pelo preço de 1. Isso para morar mal!

      Excluir
    3. Kássia, as parcelas são decrescentes mesmo, mas você esqueceu do principal, mais da metade da parcela é para pagar os juros, e não o abatimento no saldo devedor.

      Exemplo:

      Financiamento de Imóvel de R$ 600.000
      Valor a financiar 50% - R$ 300.000

      Prazo - 360 meses

      Primeira prestação 2.931,65
      Abatimento do saldo devedor 833,33
      Juros 1.989,84

      Somente 28% do valor pago é para abater a dívida, e mais de 60% é pagamento de juros.

      Vamos agora para a 60a prestação - daqui a 5 anos

      60a prestação 2.789,75
      Abatimento do saldo devedor 833,33
      Juros 1.842,64

      Daqui a 5 anos, a parcela não terá reduzido nem R$ 200, e os juros do mesmo tanto.

      Excelente negócio comprar imóvel financiado.

      Excelente negócio para:

      1. os bancos, que ficam mais ricos

      2. os donos de construtoras, que desovam imóveis ruins e pequenos no mercado

      3. corretores de imóveis, que pegam sua comissão e não estarão nem aí para você

      Excluir
    4. Ah, complementando, somente na parcela de número 221 (daqui a 18 anos):

      221a Prestação 1.811,86
      Abatimento do saldo devedor 833,33
      Juros 829,30

      Somente daqui a 18 anos que passará a pagar a metade da parcela de juros.

      De hoje 2013 até 2031, a maior parte da prestação será para pagamento de juros e não para o pagamento da dívida em si.

      Portanto, cuidado.

      É melhor morar de aluguel hoje, e juntar dinheiro com o restante, do que comprar um imóvel financiado, a preços exorbitantes, e gastar a maior parte da prestação com pagamento de juros para os bancos.

      Excluir
    5. Kassia,

      Voce nao acha que esta valorização dos imoveis em todo o pais é algo
      ocasional? Principalmente pela liberação de credito (MCMV)?

      O fato de haver pessoas contra isso e crendo que o ciclo vai inverter
      nao deveria ser um problema certo?

      Se voce esta aproveitando pra ganhar dinheiro, otimo! So se lembre que,
      a nao ser em cenarios especificos a renda não é 'pura' (valorização
      pontual, ganhos de produtividade), o teu lucro significa que alguém
      está se ...

      Alem disso, tem gente se.... por nao saber explorar o cenario de valorização dos imoveis (ignorancia, timing ruim, etc).

      Entao teve comprador se dando bem, teve vendedor se dando bem, tem futuro comprador que vai se dar bem (como os q vc chama bolhota) e tem um monte de gente que comprou imovel e se estrepou.

      A menos q vc ache q pagar R$2100 de parcela e descontando só R$ 50 do saldo devedor é bom negócio. Vc está pagando aluguel do mesmo jeito, só
      que fidelizado a um banco, por meio de um contrato em que a vantagem
      está sempre do outro lado. E o montante que vc deu de entrada fica la
      (custo de oportunidade) e só vale a pena neste cenario (valorização).

      Este cenario de comprar imovel na planta pra revenda não se sustenta no
      medio longo prazo. Oferta inelastica, vai dar m... na la frente! Economia
      é ciclica sempre. Nao cresce de forma linear!



      Excluir
    6. Há 20 anos atrás, a TR acumulada durante 1992 deu 1156,22%. Em 1993 foi 2474,73%. Basta o governo corrigir os salários por menos que a TR numa época destas para o financiado se lascar.

      Ou seja, em 20 anos já tivemos uma TR elevada. Se a prestação for R$2000 num ano, nada impede de ser mais de R$25000 no ano seguinte. São 35 anos e isso pode sim ocorrer, como foi no passado. Pergunta para quem financiou carro naquela época em 12 meses para ver como foi. Imagina em 360 meses!

      Excluir
  15. Kássia, obrigado por recomendar o site bolhaimobiliaria e observadordomercado, depois de dar uma boa lida em ambos acabei de chegar a conclusão que não devo comprar meu imóvel no momento. A economia do Brasil não vai bem e não quero me endividar por tantos anos para morar em um imóvel que nem fica no bairro dos meus sonhos nem tem o tamanho que desejo.

    Mudei de idéia. Vou comprar um lote e construir aos poucos. Assim eu não me endivido e faço uma casa do tamanho que quero, com o acabamento que eu quero, e não com acabamentos ruins de construtoras, que só trazem problemas para os compradores.

    E ainda evito pagar taxas indevidas, como taxas SATI e de corretagem, atrasos de obras, cláusulas abusivas nos contratos de financiamento bancários e outros problemas mais.

    Obrigado pelos sites recomendados.

    Minha família e meus herdeiros agradecerão por 35 anos este dia.

    ResponderExcluir
  16. no site bolha só é possivel fazer comentários pró bolha. se vc é contra a bolha eles não postam ridiculo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mentira. A surra que vc vai levar de argumentos será acasionada por afirmações já rebatidas como índice de cimento, juros baixos e endividamento/PIB

      Excluir
    2. Mentira é a sua e de todos que falam que os argumentos já foram rebatidos. Não foram rebatidos coisa nenhuma.
      Ninguém naquele site explica como bolha imobiliaria pode acontecer com relação crédito/PIB de 6%
      Ninguém naquele site conseque explicar como pode ter bolha se os preços dos imóveis no Brasil está mais barato que seus congêneres emergentes.
      Ninguém rebate no bolha (porque não tem como rebater) o fato de os preços subirem refletindo melhores condições de crédito.

      A única coisa que se faz no Bolha é dizer "isso já foi rebatido inúmeras vezes aqui, só procurar." E eu digo: MENTIRA. Não foi rebatido coisa nenhuma.

      E falo mais, quando colocam argumentos para os quais não há como rebater, eles simplesmente apagam o post, ou apagam o artigo, como fizeram com o post abaixo do Caturra.

      http://www.politicaeconomia.com/2013/01/bolha-imobiliaria-credito-facilitado-e.html

      O que acontece no Bolha não é uma discussão econômica. É uma seita perfeita, com dogmas ("preços vão cair 50%"), crenças ("imóveis vão ficar baratinhos em breve"), promessas de salvação ("Só esperar que vc vai se dar bem, acredite em nós"), profetas (Miguel Jacó, entre outros), santos ("Samy Dana"), doutrinadores (Mrk), e temas que uma vez proferidos são considerados "heresia" (como dizer que não há bolha").

      E quem proferiu a "heresia" é tratado como "herege" e é expulso de emitir opiniões na "seita".

      Então lá não há discussão nenhuma. Ninguém rebateu nada. Eles apenas falam que rebateram e não rebateram coisíssima nenhuma. E quando a coisa fica muito evidente, eles apagam e fica tudo por isso mesmo.

      Excluir
    3. Quanta inveja você tem deste site bolhaimobiliaria, hein dona Kássia Tavares?

      Excluir
  17. apesar de tudo , este espaço é democrático , embora não concorde com tudo escrito pela autora.

    ResponderExcluir
  18. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  19. dorme cedo que amanhã tem plantão no stand de vendas Kássia.

    Aposto que vai vir com aquela conversa pra boi dormir: segunda feira a tabela será reajustada.

    Segunda feira você me conta quantos bolhudinhos vendeu este mês de janeiro, já que está todo mundo ligando para você. Deve ser engano, ou então seu telefone é parecido com o telefone de mãe de santo.

    ResponderExcluir
  20. É sério gente. frequento o bolhaimobiliaria , mas quando coloco alguma postagem contra a bolha sou censurado.
    Acreditem em mim , não chamarei vocês de bolhotas pois quero um dialogo com as mentes brilhantes daquele site(sem ironia , brilhantes mesmo) .
    E até a Sra. Kássia é inteigente , talvez não tenha acertado 100¢ em seus investimentos , mas pode ter a chance de lucrar.
    Não concordo com 60% do que a Kássia escreve , mas respeito a opinião dela.
    Não concordo com 20% do que é escrito no site bolha , mas sou censurado e meu comentário não vai ao ar , e isso é errado.
    o bolhaimobiliaria tem que ser um espaço democrático , mas o moderador do site filtra e impede qualquer comentário que tenha argumentos plausiveis anti-boha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A imprensa vive uma ditadura velada, ela só publica o que lhe interessa, não se fala em bolha justamente para que mais pessoas comprem imóveis a preços altos. Quando a bolha estourar, irão falar, eu já sabia...

      Excluir
    2. Se o seu plausível é índice de cimento, juros baixos e endividamento/PIB tem que ser censurado mesmo. Estes argumentos já foram rebatidos lá dezenas de vezes, procure os tópicos anteriores e leia.

      Excluir
  21. Estranho...

    Bem quando começam a aparecer argumentos "pró-bolha" a Kássia simplesmente some dos comentários... por que será?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei. Deve ter aparecido algum cliente no stand de vendas.

      Excluir
  22. Eu não concordo com nada do que a Kássia escreve, ela é muito arrogante. Falar que é incompetente quem não tem dinheiro para comprar imóvel é demais.

    DOMINGO, 26 DE AGOSTO DE 2012

    "Bolha Imobiliária" é desculpa para a incompetência em comprar um imóvel

    http://www.politicaeconomia.com/2012/08/bolha-imobiliaria-e-desculpa-para.html

    Não precisa comentar mais nada.

    As palavras falam respondem.

    ResponderExcluir
  23. Tambem frequentei o blog bolha imobiliaria, pois acredito que o Brasil esta vivenciando uma das piores bolhas imobiliarias da historia. Hoje nao frequento
    nem leio mais o blog bolha imobiliaria, porque o infeliz que e dono do blog, censura qualquer opiniao discordante, junto com um grupelho de ze-manes bitolados, que acham que sao donos da verdade.Nao percam vosso tempo lendo essa porcaria, que so
    fala em motumbo, xoxoteca,vai subir mais,e outras bobajadas e baixarias do genero. Nao concordo com as opinioes da Kassia, mas ela tem o carater e moral de nao censurar ninguem.
    Quem gostar de ser censurado,desrespeitado e xingado, que va para o blog do bolha imobiliaria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Kássia ofende as pessoas aqui, com argumentos do tipo "incompetência para comprar imóveis", fica chamando os outros de "mané".

      Excluir
    2. concordo plenamente com vocÊ. tem pessoas muito inteligentes lá , mas bitoladas na ideia da bolha , que realmente existe e vai demorar a estourar, e só sabem escrever yeahh , casos(inventados) da vida real , motumbos e etc.
      sõa( e fui também até pouco tempo) uns bolhas , e preconceituosos. a kássia também é bem terrível e inescrupulosa , mas no bolha tem muita gente realmente bitolada.
      yeahhh

      Excluir
  24. hehehhe...

    Censurar? nunca tive problema algum. Questão de foco. Se eu sou cristão e abro um blog de cristo, deixo umbandistas e ateus falarem mal de Cristo?

    ResponderExcluir
  25. Tá virando bagunça!

    O blog bolha imobiliária alem de censurar participantes, agora deu tambem para falsificar textos. Que baixaria!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, este site aqui é o melhor sobre o assunto. Eu vou seguir os conselhos da Kássia, vou já correndo no stand de vendas onde ela está e comprar um imóvel.

      Pensando bem, vou comprar três imóveis.

      Um eu compro para morar.

      O segundo eu vendo perto da entrega das chaves, e ganho lucro de 100%, afinal de contas, imóvel está valorizando 20%, e até a Copa, eu vou ganhar muiiiiiiiiiiiiito dinheiro.

      E o terceiro eu alugo, e ganho excelentes rendimentos de 0,25% ao mês.

      Excluir
    2. Hilário ver a Kássia comentando seus próprios posts pra falar mal da concorrência kkkkkkkk

      Excluir
  26. Resposta do Mrk à Senhora Kássia Tavares, autora deste blog e que falou mal dos participantes do fórum bolhaimobiliaria.com:

    MrK disse:
    1 de fevereiro de 2013 às 20:36

    Lamentável o tópico do blog entitulado “política e economia” atacando nosso espaço, que atitude sórdida e antiética, em primeiro lugar, se o objetivo do blog em questão é debater política e economia, não há sentido em se atacar um outro site que trata exclusivamente do tema imobiliário, fica claro assim que a intenção de Kassia não é discutir nem política, muito menos economia, é apenas a de ganhar audiência de forma desesperada, nem que para isso use de maledicência.

    Quando não se pode vencer um debate um debate pelas idéias, algumas pessoas apelam para o “argumentum ad hominem”, isso não demonstra maturidade e certamente não irá funcionar num blog repleto de cabeças pensantes.

    Em segundo lugar devemos diferenciar as ações dos usuários, que livremente postam, das atitudes do dono do blog, os comentaristas, exercendo essa liberdade, comentaram da Kassia (afinal, é uma figura polêmica), mas o dono do blog jamais abriu frente atancando-a nas reportagens principais, pelo contrário, manteve-se fiel em fomentar o debate com notícias unicamente do ramo imobiliário.

    Por último, essa tentativa pífia de crescer em cima da audiência alheia, demonstra o perfil e a falta de seriedade da blogueira Kassia, comentários assim que lhe renderam o apelido de “Carminha do ramo imobiliário”, parece-me que ficou indignada por ter perdido dinheiro nos seus imóveis, segundo palavras da própria, e partiu para o ataque estilo criança inconformada.

    Não adianta Kassia, escabujar na internet não irá valorizar seus investimentos em Brasília. Demonstre maturidade e honestidade intelectual, mude o nome do seu blog para “mercado imobiliário” e assuma sua posição como nós aqui assumimos. Aproveite e melhore seus argumentos, eles já foram repetidos a exaustão de forma que até um portador de microencefalia poderia usa-los.

    Melhor sorte na próxima tentativa,

    Sinceramente,

    MrK

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deplorável o dono do blog do bolha, fazer tantas bandalheiras. Atitude covarde e sórdida censurar os melhores participantes, que eram os unicos que elevavam o nivel desse reles blog. Apagar textos é de uma
      desonestidade indecente e burra. Para quê essa maldade toda?
      Que vexame!

      Excluir
    2. Por que toda esta disputa com o blog do bolha?
      É inveja?
      Não adianta comparar os blogs, veja só o nível das notícias e comentários da dona deste blog, ela ainda vive no mundo encantado onde todos são cegos e pagam preços absurdos nos imóveis.

      http://www.youtube.com/watch?v=PICnlUz9mZk

      Sonho meu...sonho meu...os imóveis irão valorizar eternamente.

      Excluir
  27. vc trabalha em qual imobiliaria?

    ResponderExcluir
  28. Olha, eu também costumo acompanhar os dois blogs (Bolha Imobiliária e Observador do Mercado). Na minha opinião, eles têm pequenas diferenças: enquanto o Bolha Imobiliária apenas reproduz qualquer notícia referente ao mercado imobiliário, o Observador do Mercado parece selecionar e analisar as informações de forma mais criteriosa e, talvez por isso, em alguns casos, adota títulos mais próximos do conteúdo, mas sempre citando a referência. Ou seja, não há má-fé. Nesse caso, por exemplo, li várias vezes a reportagem e ela claramente afirma que o financiamento imobiliário é um péssimo negócio (só não diz com estas palavras). Eu mesmo já critiquei uma postagem no blog do Observador e, além de publicarem minha crítica, responderam-me de forma muito educada, sem nenhum tipo de agressão. Sou a favor da liberdade de expressão e de opinião, por isso acho que a Kássia também tem todo o direito de se manisfestar e de se posicionar, desde que não parta para agressões pessoais.

    ResponderExcluir
  29. Cadê o baygon? Tem muito zé bolhudo se alastrando. Enquanto continuar aumentando, não faz ploc!

    ResponderExcluir
  30. http://oglobo.globo.com/economia/com-vendas-em-baixa-setor-imobiliario-sofre-com-queda-de-precos-15535022

    ResponderExcluir

Observação: comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões) ou conteúdo ofensivo, racista, homofóbico ou de teor neonazista ou fascista (e outras aberrações do tipo) serão apagados sem prévio aviso.