quinta-feira, 2 de maio de 2013

Venda de imóvel usado tem alta de 26% em São Paulo

O DCI - Diário do Comércio e Indústria - de hoje traz a informação de que o número de imóveis residenciais usados (prontos para morar) vendidos na cidade de São Paulo teve alta de 26% no primeiro trimestre de 2013 ante a 2012.


O levantamento aponta ainda que o valor médio dos imóveis comercializados entre janeiro e março deste ano ficou em R$ 500 mil, mesmo preço constatado em 2012 mas acima das médias de 2011 (R$ 450 mil) e 2010 (R$ 350 mil).


De acordo com o balanço da empresa, os imóveis mais procurados foram apartamentos de dois e três dormitórios com vaga na garagem. "Percebe-se, no mercado, um movimento mais consistente de pessoas que estão comprando imóveis para investir, garantindo não somente a renda extra com o aluguel, mas também o lucro imobiliário com a valorização do patrimônio", afirma Roseli Hernandes, diretora comercial da Lello Imóveis.

Bolha Imobiliária - Profecias
 
É interessante constatar como estamos já quase no meio de 2013 e nada de preços de imóveis caírem, para desespero de certos "especialistas" em mercado imobiliário que nunca fizeram um negócio. Tais espécimes, em 2011, garantiam que "no máximo no segundo semestre de 2012 os preços dos imóveis no Brasil despencariam". Confira alguma das muitas previsões furadas sobre Bolha Imobiliária abaixo:

25/07/2011 - profecia de estouro da bolha "no máximo" na metade de 2012


25/07/2011 - profecia de estouro de bolha em 2012


21/11/2012 - Profecia de que bolha já estourou



9/11/2011 - O profeta abaixo acha que a bolha imobiliária estoura como fogos de artifício, talvez dando até para ouvir um "pum......" . Rá...Rá...
10/11/2011 - Profecia de que consumo cairá e desemprego aumentará. Detalhe: estamos em maio de 2013 e a taxa de desemprego é a mais baixa da história.


13/4/2011 - Profeta da Bolha garantiu que em setembro de 2012 a bolha faria "pum...", observe:
 14/4/2011 - Profecia de que preços dos imóveis cairiam 25% em 2012. Detalhe: os preços dos imóveis no Brasil subiram mais de 20% desde então.

26/11/2012 - Profecia de que a bolha fez pum! em novembro de 2012. Eita bolha esquisita esta brasileira, não? Ela faz pum! e os preços e as vendas continuam a subir!

12/4/2011 - Profeta da bolha delirando completamente abaixo....Rá...Rá...Rá...

27/10/2011 - Grito de guerra: Profetas das bolha e bolhotas unidos jamais serão vencidos!

19/11/2011 - O caso abaixo é clássico. A data precisa de pum da bolha é profetizada: março de 2012.

Bom, enquanto os profetas acima iludiam as pessoas falando que os preços de imóveis cairiam, nós, aqui, garantíamos o contrário, visto que não há qualquer fundamento técnico que sustente a hipótese de bolha imobiliária no Brasil. Ou seja, quem acreditou nessas profecias, desde 2011 até hoje, e adiou compra de imóveis, paga mais caro hoje.

49 comentários:

  1. Tia,

    Comecou a sair na Globo. O fim esta' proximo.

    Acabou de sair a notícia completa sobre a desaceleração da construção civil: “http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/noticia/2013/05/desaceleracao-no-setor-de-construcao-civil-e-maior-nos-ultimos-tres-anos.html"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, sim, em 2011 todos garantiam que a bolha fariam pum em 2012....kkkk

      Excluir
    2. 2012 não foi aquele ano que a construção civil pediu ajuda ao governo?

      http://www.politicaeconomia.com/2012/11/setor-de-construcao-civil-pede.html

      Que os preços cairam em BSB?

      http://www.politicaeconomia.com/2012/11/o-que-explica-queda-dos-precos-de.html

      A "retomada" de 2013 (já começou?) significa que 2012 foi um ano bom ou rum para as vendas?

      http://www.politicaeconomia.com/2013/03/estadao-retoma-lentamente-o-mercado.html

      Mas valeu a tentativa!

      Excluir
    3. Mas, afinal, a bolha fez pum ou não? Ah, já sei: a bolha estourou mas os preços continuam a subir, e as vendas também....

      Excluir
    4. "O fim está próximo"??? O Mrk jurou que o fim era no MÁXIMO no 2º semestre de 2012...

      Excluir
    5. E o Miguél Jacó jurou que o fim seria no dia 27 de julho, às 11 horas, 13 minutos e 14 segundos! Infelizmente, "o fim" não rolou...kkk

      Excluir
  2. Acho que esse movimento de compra de imóvel usado para investir só pode estar acontecendo nas áreas mais periféricas. Em regiões mais centrais, tenho notado valor de aluguel representando cerca de 0,3% do preço do imóvel. Uma informação que corrobora essa minha hipótese é o valor médio constante nos 2 últimos anos em R$500mil, o teto do SFH.

    ResponderExcluir
  3. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK.

    Kássia, por favor, para!!!! To chorando de rir.

    Todas previsões colocadas aí são dos Phds do blog. A do Jô Soares foi a melhor!!!

    Mas eles não param por aí não! Miguel Jacó, sumiu após errar a data da previsão do estouro, mas está de volta! Veja o que ele postou esses dias:

    "Miguel Jacó 30 de abril de 2013 at 20:47

    Imagino que, caso quebre um grande banco, a correria para tirar dinheiro dos outros bancos seria grande, o que seria outra catástrofe para eles, gerando um efeito dominó, com sucessivas quebras.

    É apenas uma intuição: ainda quebrará um médio ou grande banco nos próximos 12 meses…"

    Meu Deus!!!! Será que vai ser a CEF que vai quebrar??? kkkkkkkkkk

    SERÁ QUE SÓ EU SINTO VERGONHA ALHEIA POR ELES?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, esse site bolhaimobiliaria.com é folclórico. O mais engreaçado é que os caras acreditarem mesmo que são relevantes...
      Eu racho o bico de dar risada dos bravinhos e indignados, em geral machões de comentários...tipo aquele André Luiz ZS/Rio..cada dia aparece um idiota mais folclórico que outro. É uma fauna de baboseiras e besteiradas, mas esse Miguel Jacó é, de fato, uma figura antológica e simbólica do site mesmo. Acho que é o "muso", pois representa com maestria a essência da discussão que ocorre lá.kkkkk

      Excluir
    2. Esse André Luiz ZS/Rio jura que serão comprados imóveis na Zn. Sul do Rio por R$ 80 mil. Esse é o valor justo. Ele sentou na sua mesa em casa, fez os cálculos e chegou nesses números.

      Lembrando que R$ 80 mil = preço de um automóvel de médio/bom no Brasil (Corolla, Civic, Cruze, Jetta, etc.) kkkkkk

      SERÁ QUE SÓ EU SINTO VERGONHA ALHEIA POR ELES?

      Excluir
    3. Talvez esteja falando de Vidigal, Rocinha, Dona Marta, etc...

      Excluir
    4. Eu só fui entender pq esse André Luiz ZS/RJ é tão revoltadinho depois que vi o perfil dele no facebook. Que bicho feio!!! Pior que a mina dele tem cara de cavalo! Por isso que ele sai dando coice em quem não acredita em apto no leblon por 80 mil!

      Excluir
    5. E aquele GB (Grande bobalhão)?
      Mongolóide demais!

      Excluir
    6. Esse tal de GB tem uns 30 perfis fakes . Todos escrevendo aquela idiotice de que vai armazenar toddynho e pipoca . Que mané. Fora que o sujeito tem 20k na poupança e fica achando que corretor ta desesperado para vender para ele. Ate parece que com essa mixaria eke compra alga coisa kkkk. Torra tudo em toddyinho mesmo. Toddy e pipoca. Imagina o gordo que não deve ser esse GB .....kkkk

      Excluir
    7. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Meu Deus!!!!Eu odeio o Andre Luiz ZS/RJ. Cara babaca, pobre e se acha "a última bolacha do pacote". Deve estar desesperado, já que mora de aluguel em Copacabana e provavelmente vai dar no pé qdo vier o reajuste do contrato. Ainda mais em Copa, berço dos turistas no Rio. Sempre imaginei ele como um gordo, bem mongolóide. Ele tem umas 'verdades' que nem os bolhotas concordam, mas aceitam pra não serem xingados por ele. rsrs

      SERÁ QUE SÓ EU SINTO VERGONHA ALHEIA POR ELES?

      Excluir
    8. o Andre Luiz ZS/RJ. Cara babaca, pobre e se acha "a última bolacha do pacote"

      Você tem que entender a psicologia do sujeito. O que acontece é que esse André ZS/RJ tá com o cú na mão com o tamanho da tolha que ele vai levar no momento do reajuste do aluguel, e sabe que terá que sair do apto e do bairro que ele já está acostumado, ou então vai ter que colocar a mão no bolso.
      Isso acontece pois ele é apenas mais um bolhota que caiu na história da carochinha que alugar é o melhor negócio do mundo (é mesmo, só que para o proprietário, e não para o inquilino). Agora, como ele se fodeu, ou está em vias de se foder (tendo que abandonar o barco), ele vai para o site afogar as mágoas, dando uma de superior e falando mal de proprietários, investidores, e sonhando com aptos em Copa a preço de Corolla usado...kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    9. A pior é a Rosinha! Aposto que é homem! E pobre!

      Excluir
    10. não, ela é uma gorda míope escrota decrépita

      Excluir
    11. Tem um carinha também que nunca comprou imóvel na vida, vive no aluguel e com certeza vai morrer com dívida para os filhos e fala na bolha certa.

      Excluir
  4. Alguns malucos dizem que a bolha estourou há meses e outros malucos dizem que os preços do Noroeste subirão até atingir os R$20.000,00. O fato é que em Águas Claras e no Noroeste os preços estão caindo simplesmente porque a oferta é muito maior que a capacidade das pessoas de pagarem o valor que estão pedindo. Quem comprou nos últimos dois anos querendo ganhar dinheiro já quebrou a cara e agora só adianta chorar, e aqueles que compraram para morar é torcer para que o governo melhore estes bairros, porque os mesmos estão muito ruins ainda, levando em consideração o que se paga nestes lugares.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem comprou no Noreste querendo ganhar dinheiro, nos últimos 2 anos, ainda não ganhou, mas vai ganhar. O GDF vai acelerar a implantação da infra lá e ocorrerá uma valorização natural.
      E quem comprou para morar vai ficar muito satisfeito, pois o bairro em seu nascimento está em estágio de desenvolvimento superior ao do Sudoeste quando foi lançado.

      Excluir
    2. As coisas estão realmente mudando, e até os jornais estão falando do estouro da bolha. O famoso Setor Noroeste, que teve os preços superinflados pelas construtoras e imobiliárias associadas, está se readequando ao mercado. Acharam que todo mundo seria idiota de comprar por 12 mil o metro no meio do mato. Esqueceram de algumas coisas:

      1. primeiro que o bairro é um mato, logo o preço tem que ser mais baixo, mas não, querem cobrar preço de bairro bacana no bairro que só tem mato. O resultado é um só: encalhe total.

      2. segundo que se pode morar melhor do que no mato, por menos, e comprar um imóvel já pronto com armários e tudo o mais, padarias, comércios, árvores, calçadas, iluminação pública (coisas que lá ainda não tem). Está curioso, procure por Setor Noroeste em Brasília.

      3. não precisa pagar INCC nem juros. é financiar e ponto final

      4. não precisa assinar contratos leoninos, nem pagar corretagem (estranho comprador pagar corretagem né? mas tem umas imobiliárias que cobram...mesmo depois de ações na justiça, de Termos de Ajustamento de Conduta do Ministério Público), mas enfim, querem queimar o filme com o consumidor.

      Pois é, até o Jornal da Comunidade, que sempre fala muito bem do mercado imobiliário resolveu abrir a boca, com a seguinte reportagem:

      comunidade.maiscomunidade.com/conteudo/2013-03-23/economia/6153/BRASILIA:-UMA-CIDADE-TRAVADA-PELO-EXCESSO-DE-BUROCRACIA.pnhtml

      Mas vou trazer somente uma frase da reportagem:

      A não implantação da infra-estrutura fez o preço do metro quadrado cair de R$ 12 mil para R$ 7,6 mil. Além disso, o problema de licenciamento para construção de novos prédios está emperrada na burocracia do GDF.

      Caíram os preços? Sim, caíram, mas para mim isto tem outro nome. Bolha. E mais, não é somente bolha, é uma readequação, pois como é um bairro que surgiu do zero, os preços iniciais deveriam ser bem menores que outros bairros, mas já começaram inflados. Portanto, além da bolha, era necessário uma readequação à uma lei natural do mercado imobiliário: os preços só podem subir se o bairro é bom, mas lá, antes do bairro ser bom (hoje ele é um nada imobiliário), os preços já estavam nas alturas.

      Excluir
  5. O problema é que o preço do Sudoeste quando foi lançado não era proporcionalmente tão alto quanto é o Noroeste. Eu acho que voce esta em maus lençóis se:
    Primeiro: Acreditar que em um curto período de tempo o bairro vai ter uma boa infraestrutura, no mínimo, sendo otimista, espere uns 5 anos para que isso aconteça.
    Segundo: Acreditar que os preços melhorarão quando a infraestrutura melhorar, os preços foram lançados muito alto, não será a infraestutura que irá permitir que os preços subam ainda mais.

    ResponderExcluir
  6. O maior erro daquele blog é que eles enxergam a bolha imobiliária como obrigatória porque já aconteceu em outros países, mesmo que em cenários bem diferentes. Vendo o mercado de Porto Alegre e com base no que é publicado em diferentes meios, acredito que os imóveis estavam baratos até 2008 (diante do crescimento economico do pais) e hoje estão caros demais em algumas regiões e já com preço sendo corrigido. Acho tão improvável os preços voltarem a subir 20% ao ano quanto caírem 50%.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo em tudo o que vc disse. Tivemos excessos de ambos os lados, mas a maioria dos especialistas disse exatamente o que vem ocorrendo: um ritmo de valorização menor. Se pensarmos no valor dos imóveis em 2006, por exemplo, eles estavam ridiculamente baratos para os padrões de salário e de CRÉDITO atuais. Não vai mais subir 30% aa como os imbecilóides bolhotas ficam tirando sarro, muito menos cair 50%. Atingimos um novo patamar de preços e os bolhotas perderam o bonde.

      SERÁ QUE SÓ EU SINTO VERGONHA ALHEIA POR ELES?

      Excluir
    2. Os bolhotas perderam o bonde e agora nutrem ódio mortal de quem pegou o bonde antes que eles e se deu bem. No fundo eles sabem que não tem jeito e que, se quiserem um imóvel, terão que morrer na mão de um investidor ou de uma construtora/incorporadora, e terão que pegar o financiamento por 35 anos. A gritaria é apenas jus sperniandi e tentativa de imputar a outrem o erro deles: eles erraram, acreditaram em "consultores" que falavam que alugar era o melhor negócio do mundo (e se achavam muito ixpertos), e agora que eles se foderam, ficam tentando achar bodes expiatórios (investidores, construtoras e governos).

      Excluir
    3. Da mesma forma que quem em 2008, 2009 ou 2010, esperou a bolha estourar para comprar mais barato se deu mal, quem em 2011, 2012 e nesse ano comprou imóvel porque não acredita em bolha e acha que os preços continuarão subindo também se deu mal.
      Portanto, antes de tripudiar com aqueles que acreditaram em bolha e, usando suas palavras, se foderam, lembre-se que quem comprou depois por não acreditar na bolha também se fodeu, entre essas pessoas está você com o Noroeste.

      Excluir
    4. Meu querido, quem compra apto na planta para investir, tem q ter bala para bancar o ap depois das chaves. Se precisar vender antes, vai tomar preju mesmo, como sempre tomou. Mas quem segura e vende depois, vai se dar bem e lucrar . O problema de vcs bolotas e que não entendem nada desse mercado e ficam falando bobagens por aí.
      Em tempo: eu tenho fluxo para segurar meu apto no noroeste quanto tempo for necessario, portanto estou tranqulissiima.

      Excluir
    5. quem em 2011, 2012 e nesse ano comprou imóvel porque não acredita em bolha e acha que os preços continuarão subindo também se deu mal."

      Os bolhotas se foderam. Isso é fato. Eles tentam se consolar buscando desesperadamente indícios de quem comprou imóvel e se fodeu. Sonham que quem comprou em 2011 e 2012 se deu mal. Como são manés! Eu, mesma, comprei em 2012, vendi em 2012 mesmo, e lucrei bem. Este ano comprei outro no NW, andar alto, 3 vagas de garagem, nascente, e paguei menos de 9k/m2 (e não foi à vista não, foi nesses planos normais das construtoras). Hoje aptos prontos no NW estão sendo vendidos a, no mínimo, 10,5k/m2.
      Aí os imbecis me vêm com 9k/m2 em imóveis para entregar em depois de 2015 e pagamento à vista. Que manés...não entenderam da missa a metade ainda. Mas, claro, se entendessem, não seriam bolhotas, né? E não estariam nessa vidinha medíocre de torcer pelo prejuízo alheio, como forma de auto-consolo.

      Excluir
    6. Acho que outro erro comum é projetar renda de hoje e crédito de hoje em preços de 5 anos atrás e não aceitar diferenças regionais óbvias em procura. Mesmo com insegurança e problemas estruturais, a zona sul do Rio de Janeiro é procurada tanto nacionalmente quanto internacionalmente. Quem ganha, sei lá, 3 - 5 mil dólares por mês nunca vai ter dinheiro para comprar um bom imóvel lá, mesmo essa renda sendo bem acima da média brasileira. A mesma coisa acontece em Londres e NY onde os imóveis são muito caros até para quem ganha relativamente bem nestes países. Eu não estou comparando diretamente o Rio de Janeiro com estas cidades, mas acho natural que nos locais mais procurados do país sejam muito caros.

      Excluir
  7. Kássia, taí uma prova de que alugar apto não é lá essas maravilhas!!1 Peguei o link no próprio bolhaimobiliaria.com.

    Acho que vale criar um tópico com essa reportagem. Aluguel tb tá subindo. Pra onde os bolhotas vão correr agora???

    http://globotv.globo.com/rede-globo/jornal-hoje/t/edicoes/v/valor-do-aluguel-sobe-mais-do-que-a-inflacao/2550758/

    SERÁ QUE SÓ EU SINTO VERGONHA ALHEIA POR ELES?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, viver de aluguel é uma desgraça. Eu sei o que é isso, pois morei de aluguel um bom tempo antes de conseguir comprar meu apto.
      Quando o aluguel tá barato (para os padrões do apto), vc fica morrendo de medo do reajuste, ou se o proprietário vai pedir o imóvel de volta.
      Depois de uns 2 anos que mora em um lugar, vc se apega a ele, gosta, e etc, e se o proprietário pede o imóvel é um trauma. Vc se sente expulsa do seu lar. Dá uma baixa auto-estima.
      Fora que quando ta barato o aluguel, o proprietário sempre manda reajustar acima do IGP-M, e vc não tem outra alternativa a não ser aceitar, pois se não aceitar, vc terá que sair fora do apto.
      Enfim: desgraça total. Não recomendo a ninguém.
      E falo mais: as condições de financiamento imóbiliário, hoje, estão excelentes e não há perspectiva de melhora nessas condições no curto/médio prazo. Na realidade, há, sim, perspectiva de piora.
      Ou seja: o bonde dos imóveis baratos já passou. E não tem volta.
      Agora temos o bonde do financiamento imobiliário barato. Não vai durar muito. Quem pegar, pegou. Quem não pegar, vai chorar depois. E a única coisa que restará é falar mal de quem pegou.
      Fala sério: financiamento imobiliário, hoje, corrigido pela TR (que está quase 0%), e inflação a 7% ano ano. Depois de uns 10 anos o saldo devedor vai ser ridículo. É outro FVCS que está se formando, e eu quero embarcar nele, pois o preju será socializado depois...kkkkk

      Excluir
    2. Primeiro que para o reajuste de aluguel ser maior que a inflação o cara tem que ser muito otário! Basta negociar. Eu mesmo estou sempre negociando para valores ABAIXO da inflação. Estranho né?

      Segundo, de que adianta boas condições de financiamento se os valores dos imóveis estão irreais?

      Difícil entender raciocínio lógico não?

      Excluir
    3. Negocia abaixo da inflação? Então deve morar em uma pocilga, já que os aluguéis estão subindo além do IGP-M. Conheço várias pessoas que tiveram que entregar os imóveis pois não tinham condições de pagar o que os proprietários estavam pedindo. E, eles saíram e os imóveis foram alugados por 2 ou 3x o valor rapidamente.

      O que acontece é que estamos em um ótimo momento para comprar imóveis financiados. Os preços estão estáveis, e o financiamento está com taxa de juros de 8% a.a com correção nula, ou seja, a taxa de juros é de 0,5% ao ano. Nem nos EUA existe isso.
      Ou seja, quem não comprar agora, além de pagar imóveis mais caros no futuro, ainda terá que arcar com condições de financiamento piores.

      Excluir
    4. Kassia, não moro em pocilga nenhuma. Alugo um apto. razoavelmente bem localizado em relação à cidade e ainda fico a 4km de distância do trabalho.

      Acontece que a proprietária,já se tocou que é melhor alugar para quem paga em dia (e por um valor justo) do que arriscar a ficar com o imóvel parado, ou pior, ter que fazer negócio com inadimplentes para tentar ganhar mais. Inadimplência já é fato no condomínio, isto porque é uma cidade do interior de SP com um "BOOM" de "crescimento" devido a várias Universidades, inclusive federal.

      Condomínio bem ao lado, empreendimento novo, suce$$o de vendas, começaram a vender apartamentos por R$ 230.000. Após um ano já está em R$ 188.000. resultado, a maioria está sendo alugado R$ 900,00 mais ou menos. Isso sem contar a unidades vazias. Ô demanda lenta essa...

      Os preços podem até ter começado a ficarem estáveis (já que não há mais como subir tanto né) mas ainda assim estão fora da realidade.

      Excluir
    5. Vivendo na Bolha4 de maio de 2013 00:33

      Vc não ter gostado de viver de aluguel não significa que seja ruim pra todo mundo. Eu por exemplo não tenho essas frescuras de apego ao lar e dou muito mais valor a ter o dinheiro em aplicações, com fluxo de caixa do que ter um imobilizado que, até que eu o venda, só me gera custos. Pra quem tem o valor total de compra de um imóvel, se fizer as contas rendimento X aluguel, não compra é nunca!
      E só tem medo de reajuste quem não se programa financeiramente. E vamos falar de vida real: Inquilino bom, o proprietário abre as pernas e reajusta abaixo do IGPM. Se não reajustar é só pular pra outro. Sempre tem alguém querendo alugar rápido.

      Excluir
    6. Esse vivendo na bolha deve ter só um puff no sofá, uma tv preto e branco no tubo e deve roubar wi fi do vizinho

      Excluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ô meu querido, quem te pediu para contar a história da sua vida aqui? Não estou interessada em saber porra nenhuma da sua vida....

      Excluir
    2. Regra simples: fiquem com os imóveis depreciando e gerando gastos, eu fico com minha renda, com um terrível e penoso aluguér, pois não sou alucinado, não vou cometer a insanidade de travar minha vida por 35 anos por conta da ganãncia alheia. POSSO esperar. Cada um sabe de sua vida, mas alguns pagarão um preço maior do que outros por seus erros. :X

      Excluir
    3. Primeiro que imóveis não depreciam. Eles se valorizam, na maioria dos casos (claro que há exceções, mas são raríssimas) e especialmente em bairros nobres, como ZS do Rio e PP de BSB.
      Você vai esperar? Pode esperar, mas saiba desde já que você não encontrará no futuro imóveis mais baratos que nos preços atuais, e, ainda, arcará com condições de crédito piores (leia-se taxas de juros maiores).
      A coisa mais correta a se fazer neste momento é pegar um financiamento bancário e adquirir um imóvel. As condições estão muito favoráveis e não permanecerão assim por muito tempo. Quem viver verá!

      Excluir
    4. Você já ouviu falar de flats? Pesquisa para ver como foi a bolhinha dos flats, se eles valorizaram ou depreciaram. Depois posta aqui, hahaha Duvido!

      Excluir
    5. Nem morto eu pego empréstimo para pagar em 30 anos por um bem que vale o que tenho para pagar à vista.

      De que adianta "aproveitar" o crédito fácil e comprar por preço bolhudo? É a mesma coisa de entrar em uma loja e comprar uma blusa simples por R$ 1.000,00 só por que o dono prometeu parcelá-la em 200 parcelas

      Não é melhor esperar a blusa voltar à realidade e comprá-la por R$ 20,00 à vista ?

      Eu espero que as condições favoráveis acabem logo.

      Só compra por esses preços quem não tem dinheiro, pois quem tem, quem ganhou de fato o dinheiro (não está usando grana do banco, se alavancando todo) sabe o valor dele.

      Quem realmente tem dinheiro entende o mercado e sabe que não se deve nunca comprar qualquer coisa na alta.

      Só quem compra na alta é sardinha que não tem dinheiro e fica arrotando riqueza com a grana dos outros (banqueiros). Depois vão ter que pagar a conta e irão chorar rios de sangue.

      Excluir
    6. vocês ficam falando em almoço grátis e me deu uma fome....hum.... falando em comida, sempre vejo os preços dos alimentos in natura variarem, mas os preços das refeições sempre aumentam....devo morrer de fome e esperar os preços abaixarem?

      Excluir
  9. Olá, olha só o que foi escrito pela Roseta do fórum bolheta imobiliária. Note que o exercício de futurologia foi feito no final do ano passado: quer dizer, acertou muito até o momento em que ela escreveu. Que piada!


    Minha estória de como enxergo o mercado: Esse sim saiu da minha cuca.

    De 2001 a 2010 os imóveis começaram a escalada de preços como foguetes, primeiro o lançamento um pouco lento, pois ainda não possuem nenhuma inércia, depois pega a grande força, subindo com alta velocidade, logo após permaneçe com sua velocidade em mesmo ritmo e começa a desaceleração. Sol se estiver errado essa é sua área física.

    Em 2007, 2008, 2009 com os dados da primeira crise Americana a bolsa despenca e os grandes investidores correm para um porto seguro o da alta valorização os imóveis, acho que mesmo que parte da população que perdeu em investimentos nesse período, voltou seus olhos para o setor, só que com taxas de corretagem que nos imóveis chegam a 6% e na bolsa 0,1% , começaram a colocar na conta esses números, e cada vez o aumento foi sendo maior, sem contar que a liquidez é muito pior, e o risco para mim depedendo do imóvel chega a ser o mesmo. O mais engraçado é que coincide 2008 com os aumentos expressivos que começaram por aqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo visto acompanhas o fórum HT, não é?
      Pelos termos, vossa senhoria me parece o usuário PH, vulgo piloto de colheitadeira, o barão da soja, o Ayrton Senna do cerrado, entupido até o reto de terrenos agrícolas. rssssss

      Excluir
    2. Úúia, a cafetina dos imóveis de Santo André apareceu por aqui. Fala só em prostituição e lixões de imóveis e tem uma dezena deles. Não quer vender na alta e espera pela bolha para que seus imóveis fiquem sem valor. Coerente não?
      TENHO DÓ DESSE POVO QUE >>>>ACREDITA<<<<< NA BOLHA. SUCKERS!

      Excluir
  10. Tia,

    Como eu já informei anteriormente, a QUEDA de preços é no país TODO.

    Sao Jose dos campos, queda 25% no preco imoveis
    "http://g1.globo.com/sp/vale-do-paraiba-regiao/noticia/2013/05/preco-dos-imoveis-cai-25-em-sao-jose-em-dois-anos-revela-creci.html"

    Valor máximo de apartamento de luxo caiu de R$ 530 mil para R$ 400 mil.
    Pesquisa leva em consideração os negócios fechados no mercado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hãhã, são josé dos campos representa o país todo

      Nem um bairro de São Paulo representa a cidade inteira. Coitado.....

      E espere para ver o que vai acontecer com o mercado com a Embraer fechando outros contratos....

      Excluir

Observação: comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões) ou conteúdo ofensivo, racista, homofóbico ou de teor neonazista ou fascista (e outras aberrações do tipo) serão apagados sem prévio aviso.