quinta-feira, 31 de março de 2011

Deputado Jair Bolsonaro é vítima de histeria midiática comuno-fascista

O Deputado Jair Bolsonaro (PR-RJ) é um parlamentar experiente e de opiniões e convicções firmes. Trata-se de um deputado já em seu sexto mandato, que exerce com excelência a função de Deputado, representando, de forma legítima, um segmento da sociedade que aprecia suas idéias.

Deputado Jair Bolsonaro

Além disso, o Deputado Jair Bolsonaro é um dos raros parlamentares do Congresso Nacional que não tem medo das caretas esquerdistas, e usa com propriedade o seu direito constitucional à opinião e de livre manifestação do pensamento.

Nos últimos dias o Deputado Jair Bolsonaro está sendo vítima de uma histeria midiática contra ele, acusando-o de racista e também de homofóbico. A realidade dos fatos é que Bolsonaro não é nem racista e nem homofóbico - apenas não compactua com a apologia ao homossexualismo.

Em uma entrevista para o programa CQC, a cantora Preta Gil perguntou a Bolsonaro se o filho dele resolvesse namorar uma negra. Bolsonaro entendeu a pergunta como se o filho fosse namorar um gay e respondeu que não compactua com esse tipo de promiscuidade.

Preta Gil x Deputado Jair Bolsonaro

Basta ver o vídeo da reposta de Bolsonaro para verificar que ele, de fato, respondeu a pergunta sobre o suposto relacionamento do filho com um gay e não com uma negra. Todo o encadeamento da resposta foi nesse sentido, o que é confirmado, inclusive, pelo apresentador Marcelo Tas. Confira abaixo o vídeo.



Entretanto, como Bolsonaro usa seu direito de livre manifestação do pensamento e de opinião para colocar seus questionamentos sobre o movimento gay, a militânica comuno-fascista da Internet não para de tentar colocar nele o rótulo de racista.



Entretanto, é importante apontar que existe também o movimento contrário ao comuno-fascismo esquerdista, favorável à Bolsonaro, com inúmeras pessoas dando apoio ao Deputado Jair Bolsonaro, com reflexos no Twitter e também através de uma petição on-line de apoio ao Deputado Jair Bolsonaro

Aliás, com relação ao movimento gay, o que o Deputado Jair Bolsonaro coloca é bastante pertinente: quais as propostas do movimento gay? Liberar a adoção de filhos por casais homossexuais? O fato é que os homossexuais são minoria na sociedade, e, sim, devem ser respeitados, mas, falando francamente, o que a sociedade se beneficia desse tipo de proposta do movimento gay?

A realidade é que por mais barulho que façam, a sociedade não ganha nada com as propostas do Movimento Gay. Ao contrário, uma grande parte da sociedade é contra esse tipo de liberação, e é por isso que Parlamentares como Bolsonaro estão no Congresso Nacional, eleitos por pessoas que têm o direito de pensar de forma contrária às propostas do Movimento Gay.

E é por isso também que o Deputado Bolsonaro está se lixando para o Movimento Gay. Bolsonaro não foi eleito - seis vezes consecutivas - para defender gays. Sua plataforma é outra, e ele está excercendo seu mandato com maestria, defendendo seus pontos de vista, e representado um grande contingente de eleitores que apoia suas idéias e suas propostas.

Um comentário:

Anônimo disse...

Cada um faz o que quiser da sua vida, se querem ser pessoas que seguem o caminho oposto ao curso natural da natureza, então sejam, cada um é responsável por si mesmo. Agora, querer que a população em geral aceite a prática homossexual, de forma a dizer "eu apóio o ato homossexual", é uma agressão violenta a liberdade de pensamento e expressão. Da mesma forma que eles fazem o que quiserem da vida o povo também tem o direito de ter liberdade de pensamento e expressão. Racismo é um ato contra o ser-humano, a própria origem da palavra denota isso, e não contra as práticas de um ser humano. Querem dar um novo sentido a palavra racismo, "o de quem reprova a conduta/atos de uma pessoa". Quem é leigo, logo, acredita que reprovar a prática de alguém é racismo. Afinal de contas, não apoiar a prática do consumo de drógas, de beber bebidas alcólicas, de pichar as ruas, de lançar pedra na casa do vizinho é algum tipo de racismo? O homossexualismo é uma prática e não uma "raça", então eu tenho o direito de não apoiá-la e não apóio. Quem quiser ser homossuxual seja! Mas não me obriguem a aprovar essa prática. Não existe cromossomo homossexual, isso é uma realidade comprovada pela ciência. Quem é leigo acredita ao contrário porque nunca assistiu a aulas de biologia!

Postar um comentário

Observação: comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões) ou conteúdo ofensivo, racista, homofóbico ou de teor neonazista ou fascista (e outras aberrações do tipo) serão apagados sem prévio aviso.

alert('Olá prazer em conhecê-lo!'); alert('Olá ' + comment.authorUrl + ', prazer em conhecê-lo!');