quinta-feira, 12 de julho de 2007

Fidel Castro não sabe nada de Economia!

Já se falou que todo autoritarismo deriva da ignorância. Pois bem: olhem só como a completa ignorância de Fidel em assuntos econômicos é exposta em seu último artigo - Autocrítica de Cuba. Incrível que ele não percebe que sua completa ignorância no assunto o faz tentar lutar contra leis econômicas básicas e leva à miséria a população cubana!


Agora, vamos listar todas as bobagens dita por Fidel Castro. 


Fidel Castro: "A direção nacional da União da Juventude Comunista (UJC) anunciou a seguinte medida, ao concluir um relatório: "No sábado, 7 de julho, o escritório nacional da Juventude Comunista decidiu ajustar o plano de forças para a mobilização das Brigadas Estudantis de Trabalho (BET), seguindo o princípio de empregar os estudantes em tarefas de ordem social e recreativa, em número ajustado ao mínimo necessário e em seus municípios de residência, para evitar a necessidade de transporte". 

Em Cuba sempre é assim: um grupelho de burocratas se reúne e define a vida do resto. Vê-se que aprendem desde cedo.

Fidel Castro: "A decisão foi discutida no mesmo dia com o estado-maior nacional das BET, formado por organizações estudantis e órgãos da Administração Central do Estado, e também com as direções da Juventude Comunista nas províncias."

Que coisa mais ridícula! Seria a mesma coisa que a nossa ridícula e irrelevante UNE tivesse a prerrogativa de ditar os rumos de qualquer coisa relevante no Brasil.

Fidel Castro:  "Foi dada ênfase à idéia de um uso mais racional da força a ser mobilizada, com economia de recursos materiais, fundamentalmente o combustível, e tendo em vista o propósito de permitir que os estudantes utilizem o tempo para ampliar seus conhecimentos, incorporar hábitos de leitura e debater temas de grande importância."

Que grande novidade? Uso racional de recursos é coisa que Cuba e os cubanos, e, especificamente, Castro, não tem a mais vaga idéia do que seja, tendo em vista que o povo cubano é obrigado a conviver com racionamentos até de papel higiênico! Que triste.

Fidel Castro:  "Como resultado das decisões adotadas, só 200 mil estudantes terão de ser transportados, em julho e agosto, ante os 600 mil que constavam do plano original. Não foram realizadas mobilizações para acampamentos agrícolas ou escolas localizadas no campo cuja localização requeresse o uso de meios de transporte e outros recursos logísticos."

Vê-se que a coisa está feia por lá! Então antes precisava transportar 600 mil estudantes, e, agora, num passe de mágica, com a decisão de meia dúzia de burocratas, só precisa de 1/3 disso!?

Fidel Castro:  "Este ano, a convocação durará apenas sete dias, para trabalho relacionado a tarefas da Revolução Energética, em companhia de trabalhadores sociais, tais como a capacitação de comunidades para uma melhor cultura de economia, a entrega de equipamentos eletrodomésticos cuja distribuição está pendente e visitas a alguns núcleos familiares que receberam os eletrodomésticos, assumiram as obrigações a eles relacionadas e não realizaram os pagamentos."

Olha só que ridículo! O Estado cubano se mete até na decisão sobre que tipo de eletrodoméstico as pessoas devem comprar. Pior! Os “estudantes” escolhem os eletrodomésticos, e os enfiam na casa das pessoas, obrigando-as a pagar! E, se não pagam, vão lá cobrar depois! Completamente surreal! Já pensou se um burocrata resolvesse qual geladeira você deveria ter na sua casa, fosse na loja, a escolhesse para você, colocasse na sua casa, e te obrigasse a pagar? Então: isso é SOCIALISMO!

Fidel Castro: "O trabalho físico não gera, por si, uma consciência. Cada trabalhador é diferente. Seu temperamento, seu organismo, seus nervos, o tipo de trabalho que ele realiza, o rigor das tarefas, as condições em que investe sua força sob o sol ardente ou em área climatizada, se está sendo pago por tarefa ou por tempo de trabalho, se tem hábitos disciplinados ou não, se dispõe ou não de todas as suas faculdades mentais ou padece de alguma deficiência, a escola em que estudou, os professores que teve, se sua atividade é ou não profissional, se a origem do trabalhador é rural ou urbana. E, um ponto muito importante: se ele produz ou distribui bens ou serviços de qualquer tipo, quem são seus chefes, que imagem eles projetam, como falam, que aparência têm. Eu poderia ocupar muitas páginas falando sobre as diferenças individuais entre os trabalhadores. Por isso, o que requer mais cuidado aos cidadãos do nosso país são os conhecimentos, caso ele deseje criar uma consciência."

O ditador gasta um parágrafo e o nosso tempo para constatar o óbvio: que as pessoas são diferentes! Interessante que ele não percebe que ele tenta, a todo o custo, com seu regime ridículo, acabar com a humanidade das pessoas, transformando-as em animais irracionais que não pensam e apenas executam as ordens dos burocratas! ISSO É SOCIALISMO!

Fidel Castro:  "O preceito proposto por José Martí sobre a importância de vincular estudo e trabalho para a formação do homem nos levou, no passado, a promover a participação dos estudantes universitários, e até mesmo de alunos do segundo grau, em trabalhos físicos. Essa era, em primeiro lugar, uma necessidade inevitável. Precisávamos substituir o vazio deixado, então, pelo abandono maciço dos campos de cana, quando surgiam outras oportunidades de emprego para os trabalhadores rurais. O nível médio de conhecimentos era baixo demais, mesmo depois da campanha de alfabetização, do auge da campanha de educação primária em massa ou, posteriormente, da campanha de educação secundária básica. Nossos jovens compreenderam a necessidade e colaboraram com disciplina e entusiasmo."

Isso mesmo! E quem não “compreendeu com disciplina e entusiasmo” levou chumbo, ou foi preso, acusado de ser contra-revolucionário! Interessante como o regime ridículo de Fidel Castro consegue transformar trabalhos forçados no campo em “processos reeducativos”, e seus áulicos compram a baboseira sem pestanejar.

Fidel Castro:  “Quanto aos assuntos econômicos concretos, acredito que em quase todos os países os cidadãos os ignorem de todo.”

Em todos os outros países, ignoram-se os assuntos econômicos quem os quer, pois a disponibilidade de informação é grande, e, inclusive, não existe, como em Cuba, a proibição legal de se reunir para discutir sobre Economia! (sim! No SOCIALISMO CUBANO é crime se reunir para discutir sobre Economia). Em Cuba, porém, a ignorância da população é forçada! As pessoas são mantidas deliberadamente ignorantes em Economia, assim como Fidel Castro, que mostra toda sua ignorância no assunto, ao escrever este revelador artigo.

Fidel Castro: "É imprescindível compreender por que sobem os preços do petróleo, que na semana passada atingiu a cotação de US$ 77 por barril; por que sobem os preços dos alimentos, como o trigo e outros, que por motivos climáticos precisam ser importados; se a causa da elevação é permanente ou conjuntural. “

Sobem os preços para equilibrar as demandas e ofertas de tais bens e serviços! É para isso que servem preços, fio! Não sabe ainda! Incrível como o ídolo dos esquerdinhas, o ditador perpétuo da América Latina, não tem o conhecimento mais básico sobre o funcionamento de um sistema de preços. Coisa básica em Economia.

Fidel Castro: “Nem todos os trabalhadores recebem estímulos em pesos conversíveis, uma prática que se generalizou em grande número de empresas durante o período especial, sem que, em numerosas ocasiões, cumprisse os requisitos mínimos prometidos. Nem todos os cidadãos recebem do exterior moeda conversível, algo que não é ilegal mas que ocasionalmente cria desigualdades e privilégios irritantes em um país que se esforça por prover gratuitamente os serviços essenciais à sua população. Não vou mencionar os lucros suculentos auferidos por aqueles que transportavam moeda estrangeira clandestinamente, nem os truques que usaram para combater nossas medidas de repressão ao dólar por meio da conversão do dinheiro em outras moedas. “

Rá...Rá...Rá....!! É incrivelmente engraçado ver como um ditador completamente ignorante em economia reage quando as pessoas de seu próprio país reagem de forma instintiva a estímulos econômicos, cosia que qualquer primeiro anista de economia sabe! O ditador de Cuba, pelo jeito, em 50 anos de regime totalitário, ainda não conseguiu criar o tal “novo homem”, pelo jeito, né? E também não conseguiu revogar as leis da economia! Socialismo é isso: UMA LUTA INGLÓRIA contra os mais básicos comportamentos humanos.

Fidel Castro: “A falta real e visível de igualdade e a escassez de informações pertinentes gera opiniões críticas, especialmente nos setores mais necessitados. “

E a culpa é dele, pois até nisso é incompetente: informar corretamente a população.

Rá...Rá...Rá....!! É incrivelmente engraçado ver como um ditador completamente ignorante em economia reage quando as pessoas de seu próprio país reagem de forma instintiva a estímulos econômicos, cosia que qualquer primeiro anista de economia sabe! O ditador de Cuba, pelo jeito, em 50 anos de regime totalitário, ainda não conseguiu criar o tal “novo homem”, pelo jeito, né? E também não conseguiu revogar as leis da economia! Socialismo é isso: UMA LUTA INGLÓRIA contra os mais básicos comportamentos humanos.

Fidel Castro:  “Aqueles que gastam gasolina a torto e a direito com nosso atual parque de veículos de todo tipo; aqueles que esquecem que sobem constantemente os preços dos alimentos e que as matérias-primas para a agricultura e a indústria, muitos de cujos produtos são distribuídos a todos com preços subsidiados, precisam ser adquiridas a preço de mercado; aqueles que se esquecem de que o país tem o dever sagrado de combater até a última gota de sangue e precisa gastar com matérias-primas e material de defesa diante de um inimigo que monta guarda permanente --todos eles podem comprometer a independência e a vida de Cuba, e com isso não se brinca! “

Rá...Rá...Rá...O ditador de Cuba congela preços, retirando a funcionalidade sua funcionalidade básica que é a de equilibrar a oferta e a demanda nos diversos mercados mercados: combustíveis, alimentos, moedas e etc. Então, fixa demagogicamente, a níveis ridículos os preços de gasolina e depois critica que as pessoas usam com desperdício! Isso mostra o quanto é ridículo o regime cubano! O sujeito cria um problema: retira a funcionalidade dos preços, que gera imensos outros problemas, como escassez e desperdícios, e aí, surpreendentemente, culpa as pessoas por isso! Ah! E lógico, culpa os EUA! ISSO é SOCIALISMO

Fidel Castro:  “Em Cuba, o período especial se aliviou, mas o mundo recaiu em um período muito especial, e ainda não se sabe como poderá sair dele. Desperdiçamos bilhões de dólares em combustíveis.”

Só agora que o ditador descobriu que desperdiça bilhões de dólares em combustíveis? Não percebeu ainda que esse desperdício é gerado pela sua insistência em manter os preços internos de combustíveis artificialmente baixos? Não percebe, também, que o desperdício em Cuba não é só em combustíveis? É em tudo, e é exatamente e precisamente esta a causa de sua desgraça e dos racionamentos?

Fidel Castro: “Não só por necessidades profissionais, o que seria uma tendência natural, mas também devido à necessidade de substituir dezenas de milhares de antigos motores soviéticos, de uma era em que nos sobrava gasolina, por motores chineses muito econômicos, com facilidades razoáveis de pagamento. Esse programa está atrasado. “

Tudo está atrasado em Cuba! Cuba está no século XIX ainda, fio. O mundo está no século XXI!

Fidel Castro:  "Na economia mundial, os metais, como o petróleo, vêm subindo acima de seus padrões históricos, mas sofrem quedas bruscas."

Rá...Rá...Rá....que ridículo! Ele olha gráficos de preços de comodities e se assusta!!! Contrata um economista de Chicago, Ô VELHOTE GAGÁ!!!!!

Fidel Castro:  “No entanto, nada poderá remediar, em curto prazo, a necessidade de combustível para o transporte pessoal e público e as equipes agrícolas e de construção. Tudo é mecanizado, nos países desenvolvidos. Os viajantes nos contam que edifícios de todos os tipos são erguidos continuamente, e que as obras não param, dia e noite. As cidades se agigantam. Há cada vez mais milhões de pessoas que precisam de água potável, legumes, frutas e alimentos protéicos, que outros devem produzir e entregar, ocasionalmente depois de percorrer grandes distância.”

É claro, e o sistema de preços ajusta tudo isso, sozinho! O problema é que um burocrata, como esse Fidel, acha que tem condições de definir a vida de todo mundo, definir todos os preços! É um louco!

Fidel Castro:  “O pior é que existem mais de 500 automóveis particulares para cada mil pessoas. Nos Estados Unidos, o total chega a quase mil por mil. As pessoas vivem longe de seus locais de trabalho. Cada uma delas tem uma garagem. Cada local de trabalho tem um estacionamento. “

Criticando a vida alheia. Típico de esquerdinhas!

Fidel Castro: "As refinarias não dão conta. Muitas precisam de ampliação, e novas usinas devem ser construídas."

Sim! Para isso que existe acumulação de capital e investimento! Para ampliar parques produtivos, refinarias e etc, para atender os desejos de consumo das pessoas!

Fidel Castro:  “A matéria-prima das refinarias é o petróleo, e quanto mais pesado ele for, maior volume é necessário para refino. Há muito tempo não surgem grandes descobertas de petróleo leve.”

Ele está se ferrando pois o petróleo venezuelano, que ele recebe de graça de Chavez, é pesado, e só os EUA tem a tecnologia de refino de petróleo pesado! Rá...Rá...Rá...

Fidel Castro:  “Greve na Nigéria, guerra no Iraque, ameaças ao Irã, os velhos conflitos políticos na Europa, um maremoto, um ciclone causam disparada dos preços. Os velhos e os novos consumidores em larga escala demandam milhões e milhões de barris adicionais ao dia. Ao mesmo tempo, também avançam os planos de construir novas usinas nucleares. Não discutirei aqui os perigos ambientais e climáticos, mas as incertezas que tudo isso causa na economia real. “

Ainda bem que ele se furtou a discutir os efeitos na economia real, pois seria mais uma auto-ridicularização, tendo em vista que ele não sabe nada de economia. Nada!!!!!!

Fidel Castro: “Depois de gastar uma montanha de ouro destruindo o Vietnã, o presidente Richard Nixon substituiu o ouro por cédulas de papel, sem que as pessoas se inteirassem das conseqüências. O desenvolvimento tecnológico dos Estados Unidos era tamanho, sua capacidade de produzir bens agrícolas e industriais era tão grande e, especialmente, o poderio militar do país era tão imenso que a substituição do ouro por cédulas não resultou em tragédia. Surgiu uma inflação de mais de 10%, que terminou controlada. Depois, veio o rearmamento dos Estados Unidos, financiado com dinheiro de papel, ao final da Guerra Fria, e a vitória da sociedade de consumo, que deslumbrava as nações com sua orgia de aparente bem-estar. Com papéis o império adquiriu boa parte das riquezas do mundo, e impôs suas leis a esses lugares, menosprezando a soberania das nações.“

Aqui ele demonstra sua monumental ignorância em Economia Monetária, também. Não percebe que a coisa mais ridícula do padrão ouro, que Fidel, pelo jeito, quer de volta, é atrelar a economia de um país à disponibilidade de um metal, como o ouro! O ditador da AL tem uma mente tão rudimentar que ainda não percebeu que o mundo moderno já superou essa fase nas administrações monetárias, e que, hoje, as moedas são sustentadas por políticas monetárias, que, por sua vez, fundamentam-se em seus respectivos PIB! Isso é complicado demais para a mente dos esquerdinhas e de seu ídolo.

Fidel Castro:  “O dólar foi perdendo progressivamente o valor, até seu valor chegar a menos de 6% do que era na década de 70. Os especialistas estão desconcertados diante dos novos fenômenos. Ninguém está seguro quanto ao que vá ocorrer. Existe ou não razão para aprofundar a discussão desses temas?"

Com certeza precisa se discutir, mas não com você, velhote, que não sabe nada!

10 comentários:

  1. Pode ser que esse "velhote" não saiba muita coisa mas penso que deve saber um pouquinho mais do que vc que só sabe esbravejar o tempo todo. Não sabe fazer uma crítica sem bufar de raiva? Deplorável!!!!

    ResponderExcluir
  2. Bom tópico, o Anônimo esqueceu de citar que com loucos não se discute.

    Anyway. Se os comunistas soubessem economia, não seriam comunistas.

    ResponderExcluir
  3. Se o país dependesse de pessoas com cabeças pensante feito a sua, o país seria uma verdadeira merda. Mas tudo bem: é preciso que exista pessoas assim para ocupar um lugar a mais e desperdiçar o tempo no espaço... Pq o espaço ja está perdido mesmo.

    ResponderExcluir
  4. HIGOR SANTOS ALVES
    LUCAS DOS SANTOS
    MAIKI PERERA

    ResponderExcluir
  5. "Ele está se ferrando pois o petróleo venezuelano, que ele recebe de graça de Chavez, é pesado, e só os EUA tem a tecnologia de refino de petróleo pesado! Rá…Rá…Rá…"

    Você, minha amiga, sorrindo por outra pessoa passar dificuldades?
    O que é isso, Companheira?!
    Pensei que o Neoliberalismo fosse uma corrente filosófica que preza pelo bem estar de qualquer ser humano.
    Você não deveria se compadecer do "Senil" Fidel Castro?

    Obrigado.

    //////////////////////////

    Sim, o neoliberalismo busca o bem-estar de todos os seres-humanos, e por isso combate tiranias genocidas como as de Fidel Castro e a ditadura de Hugo Chavez.

    Obrigada pela visita.
    Kássia Tavares

    ResponderExcluir
  6. Fidel é uma lenda viva que triunfou contra o império mais poderoso da terra, esse imperio que espalha morte ,exploração ,fome e degradação pelo mundo.
    E voce quem é? no mínimo mal-educado, sem respeito, e invejoso, por ser um nada.

    ResponderExcluir
  7. Sub-Comandante Marcos8 de abril de 2008 12:09

    Em primeiro lugar este seu blog, mostra que é uma pessoa sem qualquer imparcialidade, mostra a sua admiração pelo sistema neoliberal...


    Existe propaganda em cuba, é certo, como em qualquer sistema politico, porque essa é a base para sustentar, os regimes politicos, sejam de esquerda sejam de direita...

    Agora gostava-lhe de colocar 5 Questões:

    -Porque os E.U.A nao assinaram o Tratado de Quioto?
    -Existe Racionalidade economica dos E.U.A?
    -Não existe violações de direitos nos E.U.A?
    -Sistema de Saude Americano, é eficaz?
    -Sistema Neoliberal é justo para todos?

    ResponderExcluir
  8. sistema neoliberal concerteza é mais justo que sistema socialista ou absolutista! não sei qual a diferença? pra mim é tudo igual!

    ResponderExcluir
  9. quem não votou no tratado de kioto foi o presidente george w bush pra mim ele não presta
    mas entre George W Bush e fidel quem pra mim tá tudo na merda acho menos fedido é o george W Bush.
    se voces amam tanto fidel porque não muda pra cuba e vai morar em cuba! e acha que ele é justo vai morar lá em cuba pra ver como é
    eu não sei porque tanta gente foge dele lá pelo mar enfrentando barcos hiper lotados correndo risco de cair no mar infestado de tubarões.

    e coitado dos que são pegos! execução né! matar pessoas por quer buscar uma condição de vida melhor.

    ResponderExcluir
  10. realmente tenho que dar o braço a torcer. não sou 100% a favor dos estados unidos. Tem muitos pontos nos estados unidos que me agrada mas a questão ambiental peca muito
    mas a necessidade faz a mudança e a adaptação e os americanos na marra estão procurando ter carros mais economicos. reconhece os erros e procura mudar.
    pior é fidel que erra erra e não muda!

    ResponderExcluir

Observação: comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões) ou conteúdo ofensivo, racista, homofóbico ou de teor neonazista ou fascista (e outras aberrações do tipo) serão apagados sem prévio aviso.