sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Preços dos imóveis sobem mais aceleradamente em dezembro

A divulgação do indicador de preços imobiliários FIPE-ZAP relativo ao mês de dezembro de 2012 confirmou o que estamos falando neste blog desde o início de 2012: que os preços dos imóveis observariam aceleração a partir do final de 2012.


Com efeito, bastava observar o que vinha acontecendo na economia brasileira ao longo de 2012: redução de juros básicos (SELIC caiu a 7% a.a), aceleração gradativa do crescimento econômico e recuperação da BOVESPA. Todas essas trajetórias levam, segundo o modelo de YALE/BIS a preços de imóveis mais elevados em um ponto do futuro.

Bolha Imobiliaria - FIPE-ZAP

E isso é exatamente o que se está observando neste momento, visto que o índice de preços FIPE-ZAP mostra aceleração na valorização dos preços desde novembro, com o indicador nacional de dezembro mostrando uma evolução agregada de 1,1% sobre novembro - fechando o ano com apreciação de 13,7%.

São Paulo

Bolha Imobiliaria - FIPE-ZAP - São Paulo

De todas as capitais analisadas, a cidade de São Paulo foi a única que verificou desaceleração na valorização - com os preços dos imóveis subindo a 0,8% - ritmo inferior ao observado em novembro (1,2%).

Rio de Janeiro

Bolha Imobiliaria - FIPE-ZAP - Rio de Janeiro

A Cidade Maravilhosa continua sua trajetória de valorização de preços de imóveis, com valorização de 1,1% em dezembro.

Brasília

A Capital Federal foi uma das localidades que observou apreciação mais intensa dos preços imobiliários em dezembro, com evolução de 1,5% - mostrando uma recuperação do mercado desde outubro.

Bolha Imobiliaria - FIPE-ZAP - Brasília

Ainda com relação à Brasília, não custa lembrar que publicamos um artigo que sustentava que a redução do índice de Brasília se dava, provavelmente, em decorrência da entrada no mercado de uma quantidade grande de imóveis de quatro quartos no Park Sul e Taguatinga Sul, e que, tão logo a oferta se estabilizasse, o indicador voltaria a se acelerar.

E foi exatamente isso o que aconteceu, ou seja, o indicador relativo aos imóveis de quatro quartos interrompendo sua queda permitiu ao índice agregado de Brasília voltar a se apreciar.

Conclusão

Resolvi interromper minhas férias e publicar esse artigo pois os resultados de dezembro de 2012 insistem em nos dar razão sobre a trajetória dos preços dos imóveis: que não há bolha imobiliária nenhuma e que quem não comprar agora, vai pagar mais caro no futuro.







2013 está começando Feliz (para quem acredita na técnica e na ciência econômica evidentemente, e não  em torcida, falsos profetas e falsificadores de notícias).

72 comentários:

  1. Cadê a alta Kássia? Este seu blog não merece apoio de ninguém, pois você tenta a todo custo deturpar a realidade. Todo mundo que está no mercado imobiliário sabe que a realidade atual é de baixa nos preços.

    A oferta é muito grande e ninguém vende nada.

    É a realidade.

    Aceite-a.

    ResponderExcluir
  2. Corrigindo, preço dos imóveis não. Preço dos imóveis ANUNCIADOS. Todo mundo pode pedir o preço que quiser. Vender é que são elas.

    ResponderExcluir
  3. hahahahaha. Sai o ZAP e a Kássia vai à loucura no seu imóvel em Alto Paraíso. rsss

    ResponderExcluir
  4. EU JÁ SABIA! Está acontecendo exatamente como ela falou que iria acontecer! Começou a arrancada 2013!

    Esta é a diferença deste blog para outros, aqui as análises são bem embasadas, profundas e acertadas. Eu já vou garantir a compra de outro imóvel agora em janeiro para vender daqui uns 6 meses e tirar 10% fácil!

    Sorry, Bolhotas! Quem sabe faz, quem não sabe chora!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que desespero para conseguir a comissão de corretagem. Primeiro que se você comprar, não conseguirá vender daqui a 6 meses, e mesmo que consiga vender será por um valor bem inferior, pois há muitos apartamentos sendo entregues por preços bastante inferiores aos apartamentos lançados no momento.

      Sorry, bolhosa.

      Excluir
    2. Valore inferiores? Eu nunca vi isso, os preços só aumentam. E é lógico que conseguirei vender! Em 6 meses os imóveis estarão 10% mais caros pelo menos. Começou a arrancada dos preços, os dados não mentem. Exatamente como está previsto no Modelo do MIT que a Kássia já publicou.

      Espere e verá!

      Excluir
    3. como vc é babaca, cara! apeende uma coisa: se vc quer ser irônico, vc tem que ser mais sutil. desse jeito vc e apenas um mané babaca.

      Excluir
    4. Uma pessoa que quer exigir respeito em um blog não usa expressões do tipo "mané" ou "babaca". Este blog perdeu a credibilidade para mim.

      Excluir
    5. ah, o cara vem com trollagem barata aqui...

      Excluir
    6. anonimo

      este blog nunca teve credibilidade para ninguem. haja vista essa senhora só leva pedrada na propria casa...

      A kassia é mal intencionada. ela é o que ha de pior na sociedade.

      Excluir
    7. e você trolla a todo momento o skycrapercity.

      Excluir
    8. É interessante como as pessoas gostam de ilusões e mentiras e de quem alimenta suas ilusões e fantasias. Desde há muito tempo que este blog só vem narrando o que está acontecendo no mercado imobiliário: subida de preços. E os bolhotas ficam furiosos com os fatos.

      Seria muito fácil falar bobagens, criar teorias conspiratórias colocando como vilões as construtoras, investidores, governo e etc, e mocinhos aqueles que querem comprar um imóvel "para morar" e sair falando o que esse pessoal quer ouvir: que os preços vão cair.

      Acontece que este blog não se presta a buscar audiência e tampouco falar bobagens e alimentar ilusões. Este blog se presta a narrar fatos, e só.

      E os fatos estão aí a corroborar o que venho falando desde 2011 quando comecei a tratar de bolha imobiliária neste espaço.

      Quem gosta de ilusões, mentiras, notícias falsificadas e etc pode ir nos outros sites que tratam da bolha. Não precisa ficar batendo o pezinho aqui.

      Excluir
    9. kassia veja suas postagens anteriores. sua postagem a respeito da cobranca da corretagem e uma grande mentira. basta procurar sites serios de advogados e ministerios publicos que vera a grande bobagem que afirma. ja sabemos que vc e dona de imobiliaria. nao precisa esconder este fato. mas a mentira tem perna curta minha senhora.

      Excluir
    10. Kassia a sua falta de empatia e respeito são características que chamam a atenção.

      O que você não entende é que não é que as pessoas gostem de ilusões ou mentiras, é que no atual momento é muito mais real acreditar na Bolha Imobiliária do que acreditar na possibilidade de pagar o que é exigido pelo mercado imobiliário.

      Ilusão e fantasia quem vende é você. Ilusão é acreditar que um indivíduo de classe média conseguirá pagar 3 milhões em financiamento de um apartamento de 2 quartos em São Paulo. Fantasia é falar que os preços irão aumentar infinitamente.

      A sua falta de respeito e sarcasmo com quem pretende comprar um imóvel para morar é ultrajante. Qual é o principal fundamento de um imóvel Kássia? Você ignora o papel social que esta incutido no conceito de moradia, ainda mais se considerar o gigantesco deficit habitacional brasileiro. Imóvel pode também ser usado como um bem de mercado, mas quando é usado apenas como uma moeda, influi e muito na dinâmica social.
      Mas eu não gostaria de entrar neste âmbito, para não sofrer falsas alegações.

      Kássia todos nos queremos comprar um imóvel, todos queremos paga-los, ninguém tem a ilusão de que irá, mesmo após uma crise imobiliária, pagar uma ninharia pelo imóvel, mas entre isso e o que está sendo exigindo pelo mercado existe uma diferença gigantesca.

      Finalizando, eu não sei quem esta certo Kassia, se somos nós ou você,contudo, como eu já falei aqui uma vez, se nos estivermos certo, que bom, comprarei um imóvel pelo preço justo e pagarei ele sabendo que tenho totais condições de faze-lo. Agora se você estiver certa, não tem problema, assim como muitos outros continuarei morando de aluguel e irei gastar meu dinheiro com outras coisas que gosto, mas de forma alguma vou assumir uma dívida milionária, para ser pagar pelo resto da minha vida, só para ter um imóvel com o meu nome.

      PS: Por favor, não censure meu comentário, apenas respondi no mesmo tom iniciado por você.

      Excluir
    11. perfeito. diga nao a especulacao imobiliaria. diga nao a financiamentos milionarios a juros extorsivos por 30 anos. diga nao a escravizacao da classe media por construtores que querem lucros rapidos e vendem imoveis de pessima qualidade e tamanhos deploraveis.

      Excluir
    12. sem falar na propaganda enganosa pois o acabamento entregue e muito inferior ao acabamento que esta nos apartamentos decorados. isto merece acao civil publica dos ministeris publicos contra algumas construtoras.

      Excluir
    13. Da Folha de São Paulo

      http://classificados.folha.uol.com.b...pesquisa.shtml

      Preços caem, e venda de imóveis usados sobe em SP, diz pesquisa
      09/01/2013 - 15h15 |DE SÃO PAULO

      As vendas de imóveis usados cresceram 47,2% em relação a setembro, segundo levantamento do Creci-SP (Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo).

      Com o resultado, o maior desde janeiro, o saldo acumulado das vendas no ano atingiu alta de 28,73%. A pesquisa foi feita com 1.430 imobiliárias de 37 cidades do Estado


      O presidente do Creci-SP, José Augusto Viana Neto, diz acreditar que o ano fechará positivo, porque a renda das famílias "engorda em novembro e dezembro".

      "Com os ganhos extras representados pelo 13º salário, bônus de participação em resultados e até adiantamento de férias, parte desse dinheiro costuma se destinar à compra e ou troca da casa própria e à mudança ou locação de casa ou apartamento."

      PREÇOS
      Os preços de imóveis usados recuaram 3,79% em outubro na comparação com setembro, segundo o órgão. Com isso, está negativo em 13,78% no acumulado do ano.

      Pouco mais da metade dos imóveis vendidos custava até R$ 200 mil (53,7%). A maior parte das residências comercializadas foi de apartamentos (64,61%). Casas representaram 35,39% do total.

      Houve crescimento nas vendas na cidade de São Paulo (10,31%), no interior (38,88%), no litoral (6,95% ) e nas cidades de Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Guarulhos e Osasco (143,61%).

      Excluir
  5. Kássia, onde fica esta pousada onde você passou as férias?







    O local parece muito agradável.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em que praia fica? Gostei muito do ambiente familiar.

      Excluir
  6. Que forma diferente de enxergar a economia.

    Se em 2011 os preços dos imóveis subiram 26% e agora 2012 subiram 13% isso aponta desaceleração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. analfabetismo funcional é epidemico mesmo! Tratamos de evolucao intra-anual e o sujeito nao entende e solta uma pérola dessa. depois não sabe porque precisa sonhar com bolhotas imaginarias para comprar um imovel. Rs. Rs.

      Excluir
    2. Esse "por que" é separado, ok? Quem é analfabeto funcional?

      Excluir
    3. Obrigada por corrigir meu erro de digitação.

      Excluir
    4. voce e formada em que curso superior kassia?

      Excluir
    5. eu tambem nasci analfabeto. coincidencia ne? mas estudei e fiz curso superior. e vc fez curso de que?

      Excluir
  7. Eu torcia por um índice menor, mas esperava algo em torno do que foi divulgado. De qualquer forma enxergo um desaquecimento na aceleração.

    Alguns destaques sobre o Rio no mês de dezembro, que é a praça que me interessa:

    - o índice teve uma alta de 1,0451% (acho que a ampliação das casas decimais permitem um pouco mais de apuro na análise dos dados) em relação ao mês anterior, o 1º menor índice de toda a série e o 3º menor desde 2009, o que demonstra pelo menos uma baita falta de fôlego para maiores altas;

    - arrisco mesmo a pensar que essa pequena alta em relação ao mês anterior pode ser uma espécie de cando do cisne ou uma estratégia de precificação elevada tendo em vista a necessidade de oferecer descontos;

    - o índice de dezembro (1,0%, pela aproximação) está abaixo da média mensal de valorização de toda a série (iniciada em 2008), que é 1,7%, movimento observado desde novembro de 2011, uma diferença de 41,2%;

    - a média é puxada pelos apartamentos de 1 quarto, que eu acho que são os que mais servem à especulação;

    - a variação acumulada nos últimos 12 meses sofreu uma pequena diminuição em relação ao período anterior, a 5ª menor de toda a série (as outras 4 são todas de 2009);

    - além disso, destaco que das 20 maiores variações acumuladas em 12 meses, apenas 1 é relativa a 2012 (ainda assim, é do mês de janeiro e é a 18ª da série), o que sugere o fim da loucura em relação variação;

    - a taxa de aluguel (razão entre os preços anunciados e de venda, cujo número “mágico”, que aponta um equilíbrio afirma-se ser 0,5%) está em 0,39% desde setembro de 2012, o menor índice de todo o período e inferior à poupança (que tem mais liquidez e não paga IR);

    - vale destacar que desde 2010 (ano anterior ao ano do pico da bolha para quem gosta de chamar assim ou da maior valorização, para quem prefere) a taxa de aluguel é inferior a 0,5 (desconfio que 2010 foi a última janela para investidores de verdade entrarem nesse carossel; a partir daí, ainda houve acelerações na valorização dos imóveis (que caíram drasticamente no fim de 2011), mas a segurança de se ter um bom rendimento com o aluguel foi por água abaixo.

    Desaquecimento na aceleração não é queda de preços, mas demonstra uma importante tendência. Além disso, vale reiterar que os tais preços são ANUNCIADOS, o que não permite descartar totalmente a tese da diminuição dos preços.

    Seria interessante termos outras variáveis como o tempo médio dos imóveis anunciados.

    Espero ter contribuído um pouco e agradeço se os colegas puderem publicar suas análises.

    O relatório está disponível em http://fipe.org.br/web/indices/fipezap/reseases/Índice%20FipeZAP%20-%20Divulgação%20201212.pdf.

    ResponderExcluir
  8. Para quem acompanha o mercado de imóveis, fica claro que estes aumentos recentes, são na verdade artificiais:

    1º A relação oferta/procura está chegando a níveis críticos. Andando em qualquer cidade grande, deparamos com incontáveis placas de vende-se, já desgastadas pelo tempo.

    2º Descontos de 20-30% sobre os preços anunciados se tornaram padrão no mercado, quem se nega a praticá-los, não vende.

    3º A projeção de médio/longo prazo é de um cenário de desvalorização imobiliária. Pois, com a diminuição das obras de estruturação para Copa do Mundo, haverá menos demanda sobre insumos, incluindo mão-de-obra, que tende a baratear. Além da diminuição do ritmo de crescimento econômico.

    4º O mercado imobiliário se tornou um péssimo investimento, aonde os custos são muitos e contínuos (impostos + condomínios) e o retorno tende a ser negativo, com valores de alugueis em baixa e níveis de ocupação decrescentes.

    ResponderExcluir
  9. Uma pequena historinha que aconteceu comigo: liguei para uma corretora para pedir informações sobre um apartamento em Goiânia. Infelizmente, não me agradou, por ser primeiro andar. Aí ela me ofereceu um outro novo, por 570 mil. Eu disse a ela que o preço estava fora de cogitação, até porque só posso financiar até 500 mil, e não queria nem chegar neste valor. Mesmo assim, ela insistiu em me levar até lá, dizendo que o preço era negociável. Em outras palavras, que poderiam aceitar muito menos do que o pedido. O detalhe é que vi outros anúncios deste prédio com valores de até 700 mil. Decididamente, o mercado ficou louco.

    ResponderExcluir
  10. kassia, vc falou que em 2013 seria o pico e que iria estabilizar. Então, isso significa que não vale mais a pena comprar imóveis para fazer dinheiro.

    Vou esperar outra fase de depressão econômica a la anos 90 depois que o Aécio assumir em 2014 e tiver que consertar as cagadas da gestão Petista pra poder comprar meu imóvel com o preço 50% abaixo do valor real dele. Como era na década de 90. hehehe.

    ResponderExcluir
  11. dois sonhos: aecio 2014 e precos dos imoveis em queda. mais facil o eduardo campos que o aecio. e imoveis vao subir ainda em 2013. quedas de preco estao fora de cogitacao no curto/medio prazo. no longo prazo estaremos todos mortos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha, quando lhe convem vc é keynesianista né? Quando não convem, vc se torna marshalliana a la BIS Yale. kkkk

      Você é uma salsa da afrodescendente mentalmente subdesenvolvida ( samba da crioula doida, rss).

      Eu lembro SEMPRE: econometria é correlação!!! E correlação NÃO é, NUNCA foi, nem NUNCA será causalidade.

      Eu sou econometrista.

      Sabe o que faltou no modelo de Yale?

      1º Definir uma função que capturasse a utilidade dos consumidores. Isso foi jogado pro erro idiossincrático, o que gera endogeneidade com a variável regredida. O erro está correlacionado com Y, logo o modelo não está 100% bem especificado.

      2º A regressão foi calculada apenas nas variáveis em nível e de 1º grau. Não há nenhuma variável quadrática no modelo. A elasticidade preço-variável independente pode ser decrescente, e só variáveis quadráticas poderiam captar isso.

      Exemplo: Uma variação de 1% na taxa de juros pode significar uma variação de 1% nos preços as long as os níveis de preços estejam baixos. A medida que o nível de preços aumente para patamares mais elevador, uma variação de 1% na taxa de juros pode significar apenas 0,2% de variação dos preços.

      Tem diversos outros determinantes.

      Excluir
    2. Bom, se vc é econometrista mesmo, poderia muito bem dar uma melhorada no modelo de BIS/YALE, usado interpolação polinomial, colocando outras variáveis de controle e etc, e, claro, testar seu modelo com os fatos para ver se funciona.
      Enquanto não fizer isso, só temos o modelo de BIS/YALE, que, pelo menos do ponto de vista qualitativo, está funcionando muito bem.

      Excluir
    3. Finalmente temos alguma luz ao final do túnel.
      Então você admite que os preços atuais são insustentáveis no longo prazo.
      Meus parabéns. Nunca é tarde para acordar para a realidade.
      Gostaria de lembrar a todos, também, que imóveis são ativos de baixa liquidez, especialmente em tempos de crise. Portanto, é uma ideia péssima investir em imóveis quando a tendência de longo prazo é estabilização ou até queda. Ainda mais se considerarmos que o investimento inicial é alto e que com esse dinheiro dá para ganhar maravilhas em fundos bastante seguros e rentáveis no mercado financeiro. Fica a dica.

      Excluir
  12. "Especulação imobiliária é a compra ou aquisição de bens imóveis com a finalidade de vendê-los ou alugá-los posteriormente, na expectativa de que seu valor de mercado aumente durante o lapso de tempo decorrido"

    Veja bem Kassia mais uma vez você se utilizou de sua maior ferramenta, senão única, o FIPEZAP para afirmar a não existência de uma Bolha. Contudo você bem sabe e já foi lembrada acima, é que este índice apenas avalia o comportamento dos valores anunciados, não avalia o valor de venda, o número de unidades vendidas e nem mesmo mostra se houve um aumento no número de imóveis anunciados.

    O que esse índice mostra, da forma como foi colocado, é que a progressão de preços tanto pode ser um aumento real dos preços, quanto apenas a manifestação simples e pura do processo especulativo como demonstrado na definição acima.

    Esta matéria que você apresentou não tem qualquer valor estatístico e muito menos científico. Além de desconsiderar as variáveis mais importantes em relação ao tema estudado, que seriam número de vendas, valor destas, crescimento ou diminuição de oferta, ainda apresenta diversos vieses em sua composição. O viés de seleção nesse índice é gritante, considera apenas os imóveis anunciados, não vendidos, de apenas um site e o pior, não relata se foi realizado qualquer tratamento estatístico dos dados.

    Concluindo, pela matéria apresenta a pessoa pode tanto afirmar que o processo especulativa continua sem controle quanto pode afirmar que os imóveis continuam a se valorizar, contudo são duas conclusões erradas e só chegaremos a conclusão certa quando avaliarmos estudos ou índices confiáveis, os quais sabemos que você não gosta muito.

    ResponderExcluir
  13. kassia

    esta na hora de tomar o remedinho fixa preta... nao vai surtar de novo e me fazer passar vexame heim!

    ResponderExcluir
  14. Este FipeZap é um índice inútil visto que não mede nada além da vontade dos proprietários e das imobiliárias (que comandam cerca de 80% dos anúncios e querem sempre dar a noção de que é bom investimento)

    Descartando esse índice ilusório, tenho visto quedas de até 30% principalmente nos imóveis para repasse, onde antes não havia lugar para negociar, hoje existe MUITA negociação, descontos, facilidades etc... mas isso o fipezap não mede, nunca medirá...

    Como mais e mais imóveis estão ficando prontos, 2013 será o auge, o auge das revendas de quem comprou pra investir, o auge da demanda, e portanto dos descontos e queda de preços.

    Querem saber a realidade? Em 2012 houve queda e a tendência está se aprofundando em 2013, vá ao mercado e veja com seus próprios olhos, te garanto!

    ResponderExcluir
  15. uma corretora me manda um e-mail oferencendo um apto (não sei como descobriu meu e-mail), recuso, 2 meses depois (hoje) me manda outro:
    "Bom dia XXXXX Tudo bem? Como foi de festas?Então a proprietária do apto, para não devolver para a incorporadora esta fazendo a seguinte proposta _ isto sem ganhar nada, perdendo inclusiveEntrada de R$ 65.000,00 de entrada e Financiamento = ou- R$ 226.000,00 (houve correção)."

    mas claro que posso comprar por anúncios do FIPEZAP que ofertam o mesmo apto a R$ 350.000 e R$ 370.000


    FIPEZAP, me engana que eu gosto!

    ResponderExcluir
  16. Tenho acompanhado preços de imóveis em Recife, desde janeiro de 2012. Pesquiso no site da construtoras, imóveis que estão na planta. Gabriel Bacelar, Pernambuco Construtora e Rio Ave, entre outras. Neste período, os imóveis tiveram uma variaçao de preço de pouco mais de 15%, em média. Claro, trata-se apenas de anúncios. O preço final, após os descontos, obviamente não sei.

    ResponderExcluir
  17. Especialmente para você. Com carinho.

    http://carodinheiro.blogfolha.uol.com.br/2013/01/10/existe-bolha-imobiliaria-no-brasil/

    ResponderExcluir
  18. http://carodinheiro.blogfolha.uol.com.br/2013/01/10/existe-bolha-imobiliaria-no-brasil/

    Samy Dana Desmentingo este blog MAIS UMA VEZ.

    ResponderExcluir
  19. http://carodinheiro.blogfolha.uol.com.br/2013/01/10/existe-bolha-imobiliaria-no-brasil/

    Samy Dana desmentindo este blog MAIS UMA VEZ. hahaahahahahahahaah

    ResponderExcluir
  20. Aqui na minha cidade, as imobiliárias estão vazias. Acompanho diariamente a carteira de 3 imobiliárias e são os mesmos imóveis oferecidos há vários meses.

    Quem tiver seu imóvel de "investimento" em mãos, venda. Venda logo! antes que a coisa toda exploda.

    Essa é a hora de vender. Depois não diga que não avisei

    ResponderExcluir
  21. Samy Dana desmascarando mais uma vez o blog da tia Kássia:

    carodinheiro.blogfolha.uol.com.br

    ResponderExcluir
  22. Respostas
    1. se nao leu como pode dizer que nao gostou? kassia como vc comprou para morar fique tranquila. mas se vc tem amigos que compraram agios para revender nas chaves. mande eles tomarem muito cuidado porque a coisa esta feia.

      Excluir
    2. Coitado. Nunca leu Paulo Francis.
      Quem é você bolota para me dizer que fazer?
      Está esperando milagres (bolhotas estourarem) há 3 anos para comprar um imóvel e acha que pode me dar conselho?
      Querido, eu compro imóveis para investir e especular.
      eu sei investir em imóveis. Faço isso há tempos.
      Quem não sabe resta esperar bolhotas estourarem, ou darem pulinhos de alegria quando o Samy Dana fala que tem bolha....
      Continuem assim....3 anos já torcendo, enquanto outros estão lucrando...

      Excluir
    3. Primeiro, como se ler Paulo Francis fosse algo digno de atenção, no seu mundo reacionário de Veja e Reinaldo Azevedo até deve valer algo, mas para quem se interessa em literatura não tem valor algum.

      Segundo, Antes se colocava como uma pessoa interessada em informar e ajudar na compra da casa própria, até citava a famigerada professora que perdeu não sei quantos mil reais, mas do dia para noite se tornou uma investidora inescrupulosa e bem sucedida que esta lucrando muito e explorando os idiotas como nos.

      Um dia cita o Prof Samy para justificar a não existência da bolha e no outro o chama de idiota. Pede respeito para os outros mas falta ao respeito com todos.

      Mas tudo bem, isso que é o legal desse Blog, não que valha alguma coisa no que toca ao conteúdo, mas as discussões com essa autora um tanto quanto esquizofrênica valem a leitura.

      Excluir
  23. Você está lucrando? Que ótimo, lucre, mas não faça um blog onde usa da mentira e da falta de respeito para defender seus interesses.

    E querida, lembre-se: a bolha não estoura em 2 ou 3 anos, ela leva muito mais. E lembre-se de outra coisa, o seu imóvel (que você diz estar lucrando) vale o quanto pagam, e não o quanto você pede nos anúncios. Eu tenho dinheiro, e posso comprar o imóvel que quizer, você tem um imóvel, encalhado, e em um bairro que nem luz elétrica tem (Setor Noroeste).

    Quem ri por último, ri melhor, Kássia Tavares e Fullgencio Corretores Imobilários Desesperados pelo Estouro da Bolha Ltda.

    ResponderExcluir
  24. Querida Corretora de Imóveis Kássia Tavares. Você diz que está ganhando muitoooooooooooooo dinheiro. Será?

    Quando meus negócios estão bem, eles estão bem e eu vou aproveitar minha vida. Não perco meu tempo criando blogs na internet.

    Infelizmente, você está sendo muito infantil, pois a sua arrogância em várias passagens deste blog demonstra tamanho o seu desespero em atacar, rebaixar e desmoralizar quem defende a bolha e quem não quer comprar imóveis a preços extorsivos.

    Deixe que cada um tome sua decisão, mas por favor, sem usar da mentira, da arrogância e da falta de respeito.

    As pessoas podem ser muito felizes sem comprar um imóvel. Afinal de contas, os preços dos imóveis estão extorsivos, os imóveis estão sendo construídos com péssima qualidade de acabamento, contratos leoninos com muitas cláusulas que prejudicam os compradores, imobiliárias cobrando comissões de corretagem dos compradores, imobiliárias e corretores de imóveis sonegando impostos por não dar recibo e nota fiscal sobre o valor integral da transação.

    Exemplo disso é a grande quantidade de ações na justiça contra várias construtoras e imobiliárias, reclamações em sites especializados e pessoas desfazendo negócios.

    Enfim, não é uma boa hora de comprar imóveis. Melhor, a hora está péssima.

    A bolha imobiliária está instalada: preços altos + oferta grande + falta de compradores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E ela usa como base "os últimos 3 anos". Imóvel nunca foi investimento de curto prazo. É como alguém defender que day trade na bolsa de valores é um bom negócio.

      Excluir
  25. Pessoal,

    A Tia Kkkassia acha que so ela tem dinheiro pra comprar ou ganhou/ganha dinheiro com imoveis.

    E que ninguem que ganhe/tenha ganho dinheiro com imoveis acredita que exista algo errado com este mercado (chame-se de bolha, irracionalidade o que quer que seja).

    Varios de nós sairam/estao saindo do mercado porque acham que algo está errado. Como vc descobriu uma forma segura e infalivel de investir em imoveis sem risco, nao ha razao pra mudar certo?

    Alias, qual o segredo, conta pra gente?

    ResponderExcluir
  26. bolhotas , queridos, mais cedo ou mais tarde - preferencialmente cedo - vocês vāo acabar comprando um imóvel pronto da mão de um investidor (a). E isso é o que interessa. Essa gritaria toda é só manifestação do direito de espernear... que não vai resolver nada. voces erraram. perderam o timming. agora ja era. os precos vao subir ainda mais. e vcs vao pagar mais caro. Pobre paga caro. Rico compra barato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

      Tia Kássia, acorda!

      Ninguém está conseguindo vender nos preços atuais. Portanto, você não está lucrando. O que está subindo é o saldo devedor do seu imóvel.

      Excluir
  27. Crescer até pênis de idoso cresce. A dúvida é: por quanto tempo e até quando?
    Tem que ser muito toupeira para acreditar que um ativo físico possa se valorizar eternamente. Ainda mais quando no mundo todo, após séculos, já ficou provado o contrário.

    ResponderExcluir
  28. Tia Kkkassia,

    Comprar caro ou barato nao tem a ver com ser pobre ou rico. Mas com informação, poder aproveitar uma oportunidade!

    Quem compra a preço mais baixo é aquele sabe e pode aproveitar a oportunidade!

    Por exemplo, um corretor pode saber da oportunidade e nao ter dinheiro pra tanto! So vai restar a vontade de xingar outros pobres (como ele), vendo os ricos entrarem num negocio promissor!

    So que imovel também tem riscos não?

    Ah, boa sorte com teu imovel comprado em 2012 (espero que fique pronto logo)!! Já estamos na praia te esperando (desconfiamos do tamanho da onda), boa sorte com esta onda de moto perpetuo!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que comprei em 2012 estava pronto. E, inclusive, já o vendi.

      Excluir
  29. Hahahaha, comprou pronto e vendeu no mesmo ano?! Lógico, valorizou muito você estava cansada de ganhar dinheiro! Não tem pressa de vender o do Noroeste não, viu? Vai subir ainda mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. comprei. reformei. vendi. lucrei. sorri. comemorei. e os bolhotas ainda torcendo. eu já disse: quando a cabeça não ajuda, o bolso esvazia...rs..rs...amo os lucros.

      Excluir
  30. Para quê tanta pressa de vender? Investir em outra coisa que não seja imóvel não vale a pena, vai dar 10% de aumento até julho/2013, esqueceu? Já subiu quase 1% do Reveillon para cá. Ah, já sei, vendeu para aplicar em outro imóvel no Noroeste! Hahahaha, Vai subir ainda mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu precisava vender para pagar as chaves de outros que tenho na planta e vai entregar este ano. Se pudesse ficaria com ele e alugaria. Mas eu lucrei bastante, então estou super feliz.

      Excluir
    2. Um pouco só. Já estive bem mais alavancada...

      Excluir
    3. Ahahahaha

      Mais sorridente que a Kkkassia (alavancada) so o banco dela!

      Tem gente alavancada que perde o sono... Compra pra vender antes das chaves e depois a venda nao vem, fica no sufoco!!

      Ao menos agora já sabemos o porque da revolta com uma futura queda de preços! O dindin da tia Kassia viraria pó...

      Cuidado tia, é como diz um famoso livro de investimento 'nao se case com os teus investimentos', 'eles nao devem nada a voce'!

      Excluir
    4. Eu não estou nessa situação. Minha alavancagem é bastante leve. Se não vender até as chaves estou preparada para segurar quanto for necessário (posso quitar um ou dois) e pegar financiamento de outro, caso seja necessário. Ocorre que só tenho unidades bem posicionadas e bem localizadas. Portanto, uma vez prontas, imagino que ocorrerá um leilão de ávidos compradores por elas, de tão boas que são...
      Logo, estou super-tranquila.

      Excluir
    5. Bem posiconada no Noroeste!?!?! Hahahaha

      Excluir
    6. Querido bolhota, "posicionada" refere-se à posição do apto dentro do empreendimento (andar elevado, sol da manha, etc). Localização diz respeito ao bairro. Logo se ve que é completamente newbie no mercado...

      Excluir
  31. Kassia, você esta voraz em especular, acho que o brasileiro deveria produzir e não ficar correndo atraz de dinheiro facil e especulações... o brasileiro não aprendeu com a pirâmide, com avestruz master, com a fazenda boi gordo. Kassia, se voce acha certo comprar por x e querer enfiar na goela do coitado a 4x tudo bem...mas deixo um aviso...quem vai pagar essa conta vai ser seu futuro filho. Pensa !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mas quem é que disse que é 4x mais caro? No meu caso está dando 1.5 x em termos nominais. É que tem a alavancagem, então multiplica a rentabilidade por 4x. Mas, para o consumidor final, a diferença de preço é de 50% a mais do que eu paguei. Ocorre que eu comprei um papel (apto na planta) e estou vendendo um imóvel. Assumi o risco, e é daí que deriva o lucro.

      Excluir
  32. Saiu na globonews:

    http://g1.globo.com/globo-news/noticia/2013/01/nao-tenha-pressa-na-compra-precos-dos-imoveis-foram-supervalorizados.html

    ResponderExcluir

Observação: comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões) ou conteúdo ofensivo, racista, homofóbico ou de teor neonazista ou fascista (e outras aberrações do tipo) serão apagados sem prévio aviso.