quarta-feira, 23 de março de 2011

Economia socialista na Venezuela: pobreza, desemprego e dependência do petróleo

O ditador venezuelano Hugo Chavez já está no poder há quase quinze anos. Desde sua posse ele vem sistematicamente destruindo a Venezuela, sem qualquer avanço em termos econômicos para o país sul-americano que é um dos maiores produtores mundiais de petróleo.

Economia Venezuela

O socialismo de Chavez na Venezuela não alterou em nada a situação da economia venezuela. Na realidade, sob Chavez a economia da Venezuela se deteriorou. O petróleo responde hoje por 95% das receitas de exportação do País, por 55% do orçamento federal e por e cerca de 30% do PIB, configurando-se em uma economia primária e pouco desenvolvida, que importa a maior parte de seus bens e serviços.

Todas as bravatas do coronel ditador Chavez não foram suficientes para fazer PIB da Venezuela se desprender da curva de preços do petróleo. A queda do preço da commodity em 2002 e fevereiro de 2003 teve consequências desastrosas para a Venezuela, com queda do PIB de 9% em 2002 e 8% em 2003. Com a recuperação dos preços após esse período a economia disparou, mas nos últimos três anos está novamente em recessão.

Taxa de crescimento econômico da Economia Venezuela - 2003 a 2010

Além do problema de contração da economia, a política populista de expansão do crédito criou um boom de consumo interno, resultando em uma inflação elevada - cerca de 32% em 2008, e desacelerando ligeiramente para 30% em 2010, apesar da recessão prolongada. Ou seja, sob Chavez, a Venezuela se encontra no pior dos mundos: estagflação.

Taxa de inflação da Economia Venezuela - 2003 a 2010

Na sequencia de destruição da Venezuela, a economia sob Chavez continua a elevar ainda mais a importação de produtos manu-faturados, tendo em vista que o processo socialista de elevação do controle estatal sobre a economia, nacionalizando as empresas do agro-negócio, construção, financeiro, petróleo e da siderurgia, fez com que o setor privado diminuísse consideravelmente, reduzindo a capacidade produtiva, elevando o desemprego, e a pobreza.

Taxa de desemprego da Economia Venezuela - 2003 a 2010

Miss VenezuelaComo se não bastasse, a Venezuela, desde 2009 vem sofrendo com apagões sistemáticos, tendo em vista que o governo não investe em infra-estrutura, fazendo com que as suas principais usinas hidrelétricas - que fornece mais de 35% da eletricidade do país - estejam quase fechando. É evidente que a ocorrência de apagões em um dos países mais ricos em energia do mundo é o retrato fiel da decadência e da incompetência de Hugo Chavez e seu sistema socialista.

Entre as "mágicas" econômicas usadas por Chavez para tentar domar a inflação, o governo criou, em junho de 2010, a Operação do Sistema para denominados em moeda estrangeira de valores Mobiliários (SITME), com o intuito de substituir o "mercado" paralelo de câmbio.

Com isso, Chavez pode, em janeiro de 2011, fazer a segunda desvalorização do bolívar no prazo de doze meses. Em dezembro de 2010, a Assembléia Nacional aprovou um pacote de cinco leis orgânicas destinadas a completar a transformação da economia venezuelana em Alinhado com a visão de Chávez de "socialismo do século 21.

O caminho da Venezuela rumo ao desastre continua firme, com os planos do governo de estatização da economia em curso, ao mesmo tempo em que os desequilíbrios macroeconômicos resultantes da desastrosa política econômica continuam a se intensificar, gerando mais pobreza, mais desemprego, e mais recessão.

5 comentários:

Anônimo disse...

fiz um trabalho e vou arrazar vlw pwlas informaçoes

Unknown disse...

É completamente conflitante com o que está aqui:

http://altamiroborges.blogspot.com.br/2012/06/reducao-da-pobreza-na-venezuela.html

Anônimo disse...

ganhou premio por enradicaçao da pobreza de uma tal onu. o salario minimo é so 1600 reais. uma miseria

Arildo Junior disse...

Cadê o indice de desenvolvimento da desconcentração de renda?

Anônimo disse...

Ficou faltando algumas informações neste estudo.. Vamos lá..A reforma agraria desastrada, fez com que desestruturasse toda a agricultura, e hoje eles importam todos os alimentos, arroz, trigo, batata, feijão, etc..A politica industrial esta tão estatizada, que eles estão importando de tudo, o Brasil esta se dando bem, importam da gente de tudo, celular, carro, geladeira, papel higiênico, que estava em falta.. etc... A Petróleo Venezuela teve a maioria de seus funcionários que eram contrários ao Chaves demitidos, faltam técnicos, Há 10 anos, não se faz novos investimentos, esta totalmente descapitalizada, estão produzindo o mesmo há anos.. Se os Estados Unidos não comprasse seu Petróleo, a Venezuela já tinham falido, mas, cuidado, em 2020 os EUA se tornam autossuficientes, e aí a Venezuela acaba.. hehhehe... Sistema financeiro quebrado, inflação, subvenções, populismo, agricultura e indústria quebrados... Coitados, quando tudo tiver quebrado, a oposição finalmente vai ganhar as eleições..e aí vão dizer que o pais chegou a este ponto por causa dos EUA... hhehhehheh.. Coitado do povo Venezuela, governado por estas BESTAS...É isso, aguardem.. O populismo no começo, é uma maravilha.. depois quebra o pais..

Postar um comentário

Observação: comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões) ou conteúdo ofensivo, racista, homofóbico ou de teor neonazista ou fascista (e outras aberrações do tipo) serão apagados sem prévio aviso.

alert('Olá prazer em conhecê-lo!'); alert('Olá ' + comment.authorUrl + ', prazer em conhecê-lo!');