quarta-feira, 4 de julho de 2012

Membros do site Bolha Imobiliária em entrevista na TV

Frequentadores do site Bolha Imobiliária em entrevista na televisão. Muito ilustrativa.


Veja também a repercussão da bolha brasileira na imprensa internacional no vídeo abaixo.

16 comentários:

Unknown disse...

Muito bom o vídeo. Sua capacidade criativa é fenomenal.

Mas, mudando um pouco de assunto, como vão as vendas dos imóveis?

Kássia Tavares disse...

Pelo que ando acompanhando, por dados do ITBI e SECOVI, as vendas em 2012 estão abaixo do verificado em 2010 e acima do observado em 2012. E, neste momento, parece estar ocorrendo uma elevação da intenção de compra em imóveis, como mostramos em nosso artigo http://www.politicaeconomia.com/2012/07/imoveis-o-momento-de-comprar-e-agora-e.html
Se a tendência de crescimento da intenção de compra permanecer, os preços dos imóveis observarão uma aceleração.

Uma coisa é fato: os preços dos imóveis vão entrar em 2013 subindo em termos reais, e isso significa que quem não comprar agora, tem elevada probabilidade de pagar bem mais caro mais à frente.

Unknown disse...

Kássia, mas a oferta está muito grande. Em alguns bairros como Águas Claras, tem apartamentos demais para vender.

Como os preços irão subir se atualmente já não tem compradores?

A oferta é muito maior do que a procura.

Kássia Tavares disse...

O mercado de Brasília é um caso particular, pois o seu principal driver são os rendimentos dos funcionários públicos. Como estão congelados, acredito que há pouco espaço para valorizações adicionais, sobretudo em bairros com muita concorrência como Águas Claras.

Entretanto, na minha opinião, há bairros no DF que sofrerão uma valorização em decorrência da melhoria de sua infraestrutura. No caso de bairros de alto padrão, destaco Park Sul e Noroeste, que devem se valorizar com a entrega das primeiras unidades e também com o avanço da conclusão do urbanismo e parques.

Além disso, temos Samambaia e Ceilândia que estão se valorizando em função de estações de metrô e obras de valorização.

De qualquer forma, nos demais mercados menos influenciados pelo setor público, como SP, RJ, BH, acredito que o processo de valorização se acelerará a partir do último trimestre de de 2012, pois tais mercados respondem ao estado geral da economia.

Unknown disse...

O Setor Noroeste dificilmente irá ser valorizar nos próximos anos, pois, como você mesma sabe, existe uma hierarquia entre os bairros em qualquer cidade, e os bairros de edificações verticais mais nobres de Brasília são a Asa Sul, o Sudoeste e a Asa Norte, onde há apartamentos amplos e espaçosos, além de um comércio muito bem diversificado, escolas e órgãos públicos, parques e muito verde por preços entre R$ 8.000 a R$ 10.000 o metro quadrado.

Enquanto isto, o Setor Noroeste é um bairro que ainda está em construção, local onde não há nenhum comércio, nenhuma escola, o seu parque ainda é um cerrado, portanto, um local totalmente ermo. Portanto, um canteiro de obras que ainda levará uns 10 anos para se tornar um bairro de verdade.

Por estes motivos, os preços no Setor Noroeste estão maiores do que deveriam, pois é um local ainda ermo e com muitos problemas, como poeira, obras, falta de comércio, falta de escolas, muito barulho de obras, enfim, é um grande canteiro de obras.

Apesar de todos estes problemas, os preços no Setor Noroeste são iguais ou até maiores do que os bairros já nobres, portanto, não compensa pagar mais caro hoje para morar em um bairro que não tem infraestrutura alguma.

Com as facilidades do financiamento bancário, é muito melhor comprar um apartamento já pronto em bairros nobres e consolidados.

Unknown disse...

Kássia, você considera o Park Sul de alto padrão?

O Park Sul na verdade é uma zona industrial do Guará, apelidada como Park Sul para dar um ar de nobre, a um local que não tem nada de nobre.

Vejamos se o local é nobre:

1. fica ao lado da Rodoviária

2. é vizinho de várias oficinas, de garagens de empresas de ônibus e de grandes supermercados.

3. local que não tem parques, não tem vastas áreas verdes, o comércio é restrito a shoppings centers, onde tudo é mais caro.

4. não tem escolas nem hospitais.

Sem falar no acesso, que é feito por uma rodovia de difícil acesso, em virtude dos constantes congestionamentos.

Eu não recomendaria um amigo a comprar imóvel ali, pois os preços estão muito altos pelo pouco que o local oferece.

Nélio Oliveira disse...

"Além disso, temos Samambaia e Ceilândia que estão se valorizando em função de estações de metrô e obras de valorização."

MEU DEUS, QUANTA BESTEIRA!

Quer dizer que vão inaugurar novas estações de metrô em Samambaia e Ceilândia? De onde você tirou isso? Sim, porque as que já estão em funcionamento já estão há ANOS...

Decline sua fonte, por favor...

Kássia Tavares disse...

Hum, temos um petralha por aqui! Meu querido, no quesito besteiras, os petralhas são imbatíveis, como mostra o que você acabou de falar, evidenciando que vc é apenas mais um petralha mal informado.

Se você se desse ao trabalho de visitar a página de expansão do metro df

http://www.metro.df.gov.br/005/00502001.asp?ttCD_CHAVE=11461

Obteria a seguinte informação:

"Atualmente, os técnicos da Companhia trabalham nos projetos de complementação do traçado inicial da linha, incrementando o trecho de Ceilândia com duas estações e o de Samambaia com mais duas. Além disso, o METRÔ-DF também chegará à Asa Norte. A primeira estação será localizada nas proximidades do Setor Comercial Norte."

É claro que não podemos esperar nada desse desgoverno petralha do AGNULO, que se notabiliza por ser o pior avaliado em anos no DF. Mas 2014 está aí e o DF poderá mandar esse Agnulu para o lixo e eleger alguém que de fato faça algo pelo DF, inclusive novas estações de metro.

Nélio Oliveira disse...

Então deixa eu ver... não se pode esperar nada do "Agnulo", mas MESMO ASSIM esses PROJETOS (e não OBRAS, sequer CONTRATOS, nem mesmo LICITAÇÕES) JÁ IMPACTAM na valorização dos imóveis em Ceilândia e Samambaia...

Hum, muito coerente sua linha de pensamento...

Kássia Tavares disse...

Querido, o mercado imobiliário é incompetente como os petralhas: uma informação relevante como essa de construção de mais 4 estações de metrô em Ceilândia e Samambaia já é conhecida antes mesmo de ser publicada, e inclusive já passa a influenciar os preços, pois os agentes se movimentam para adquirir imóveis e projeções nas áreas que serão beneficiadas.

Nélio Oliveira disse...

Hum... OK, então você está dizendo que o mesmo mercado imobiliário que se "autorregula" pra evitar a bolha imobiliária é, ao mesmo tempo, um incompetente capaz de vivenciar valorização de TERRENOS baseada em BOATOS com EVENTUAL horizonte de concretização em mais de uma década?

S-E-N-S-A-C-I-O-N-A-L! Ou, usando seu português, C-E-N-Ç-A-S-S-I-O-N-A-U!

Kássia Tavares disse...

O problema é que você é um petralha e não percebeu o meu erro de digitação. Eu esqueci de escrever o "não" entre o sujeito e o verbo de ligação.

O texto correto é o seguinte:

"Querido, o mercado imobiliário NÃO é incompetente como os petralhas: uma informação relevante como essa de construção de mais 4 estações de metrô em Ceilândia e Samambaia já é conhecida antes mesmo de ser publicada, e inclusive já passa a influenciar os preços, pois os agentes se movimentam para adquirir imóveis e projeções nas áreas que serão beneficiadas."

Como se vê, para os petralhas entenderem uma frase, são necessárias todas as palavras. Para todos os demais [bons entendedores], bastam meias palavras.

Nélio Oliveira disse...

Oh, sim, desculpe, é CLARO que o que você quis escrever tem o sentido OPOSTO ao que você efetivamente escreveu... rs...

O problema OBVIAMENTE está com o leitor, qualquer um com o mínimo de inteligência seria capaz de perceber que quando Kássia Tavares escreve "o mercado imobiliário é incompetente" ela quer dizer "o mercado imobiliário NÃO é incompetente".

Kássia Tavares é coerente. Kássia Tavares é inteligente. Para bom entendedor...

Kássia Tavares disse...

O sentido da frase está claro: se o mercado imobiliário "é" incompetente, então como ele saberia antecipadamente sobre as novas estações de metrô?

Os petralhas, ao contrário, não sabem delas nem mesmo quando publicadas na página de expansão do próprio metro (DF).

Nélio Oliveira disse...

"Se os fatos são contra mim, pior para os fatos." - Kássia Tavares (apud Nelson Rodrigues)

Unknown disse...

O mercado imobiliário não é incompetente? Então porque há tanto desrespeito com os compradores de imóveis, tanto atraso nas obras, tanta omissão de informação?

Postar um comentário

Observação: comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões) ou conteúdo ofensivo, racista, homofóbico ou de teor neonazista ou fascista (e outras aberrações do tipo) serão apagados sem prévio aviso.

alert('Olá prazer em conhecê-lo!'); alert('Olá ' + comment.authorUrl + ', prazer em conhecê-lo!');